Mesmo com ameaças, pastor não abandona Igreja










A cada domingo, 72 pessoas adoram a Deus junto ao missionário Chander Veer, que foi instrumento para guiá-los a Cristo. Mas agora, extremistas de seu povoado estão tentando fazer com que o Pastor Chander pare de cuidar da sua congregação – e desista, também, do seu ministério.


Chander trabalha na região do sul da Ásia há oito anos, perseverando ainda quando encontra oposição ou corações endurecidos. Certa vez, alguns moradores uniram-se e negaram a ele um lugar para alugar, então, ele foi forçado a viver junto com sua família no prédio da igreja.


Com uma sólida fé, que Deus operaria através do seu ministério, Chander não desistiu quando tudo parecia impossível. Ele continuou a distribuir panfletos, conversando e orando pelos moradores. Logo, muitos deles estavam conhecendo o Senhor.


Algumas vezes, o Pastor recebe ameaças de seus opositores, que tentam fazê-lo desistir do ministério. Mas, no último mês, a hostilidade cresceu e, de acordo com um correspondente, começaram a “opor-se a ele de maneira veemente”.


Pastor Chander não está disposto a desistir. Determinação é uma característica que ele tem mostrado desde a sua juventude, buscando, incansavelmente, conhecer o Deus verdadeiro. Em um encontro com certo missionário, Chander finalmente teve respostas para as suas perguntas. Além disso, recebeu a cura para uma enfermidade crônica. Sua fé se fortaleceu e Veer decidiu ingressar em uma escola bíblica e continuar a servir a Deus depois de graduado.


Crendo, sem dúvidas, que Deus é capaz de fazer o impossível, Pastor Chander pede orações para que os opositores do seu ministério conheçam o amor de Jesus Cristo.


Portas Abertas / Portal Padom

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.