Pastor orienta fiéis a não irem ao cinema, para reduzir o “impacto” dos filmes “sobre a mente humana” Publicado por Tiago Chagas








O pastor adventista Erton Kohler publicou um vídeo no Youtube em que critica a ida de cristãos ao cinema.

No vídeo, ele responde a uma pergunta de um espectador, sobre a diferença de assistir filmes na igreja, em casa ou no cinema.

O pastor afirma que um filme apresentado na igreja é avaliado antes: “Você tem a segurança de estar vendo um filme que não terá um impacto negativo na sua mente”.

Sobre frequentar o cinema, o pastor faz referência à luta entre o bem e o mal pela mente humana, e afirma que o ambiente das salas de exibição é propício para influenciar: “Uma tela de 6x4m, com cadeiras estofadas e forma de anfiteatro, com escuridão total, som estéreo e ninguém se movimentando. Você vai me dizer que isso tem o mesmo impacto sobre a mente humana que um filme numa TV de 20”, com som mono, sentado no sofá da sala, com cortinas fechadas ou abertas… Você acha que o impacto sobre a mente humana é o mesmo?”, questiona o pastor.

O pastor estende seu comentário para a questão das músicas, inserindo no contexto espiritual: “O que o inimigo quer com música, com filme, é dominar a mente humana. A luta é pelo pensamento. Por isso que Paulo desafia o ser humano a transformar seus pensamentos, a ter o culto racional, que mexe com a cabeça”, diz Kohler.

Em seguida, o pastor orienta os fiéis a não irem ao cinema, se convidados: “Se a igreja passa um filme, eu diria: vá lá e veja, porque estão passando alguma coisa que é boa para você. Se você está na sua casa, cuide muito do que você vê. E se lhe convidarem para ir ao cinema, diga: eu não vou”, orienta o pastor.

Assista abaixo ao vídeo:



Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.