Teólogo cristão William Craig afirma que “é possível acreditar em Deus usando a razão” Por Dan Martins













O filósofo e teólogo William Lane Craig esteve no Brasil para o 8º Congresso de Teologia da Editora Vida Nova, em Águas de Lindóia, entre 13 e 16 de março. Durante o simpósio o teólogo defendeu a ideia de que é possível usar a lógica e a razão para defender o cristianismo, a ressurreição de Jesus e a veracidade da Bíblia. No evento ele falou também de seu livro recém-lançado no Brasil: “Em Guarda – Defenda a fé cristã com razão e precisão”.

Craig é professor universitário na Universidade de Biola, Califórnia, e utilizou sua última palestra o evento para atacar, ponto a ponto, os argumentos de Richard Dawkins sobre a inexistência de Deus. Richard Dawkins é um dos maiores críticos do teísmo, e entre os ateus um dos poucos que se recusa a discutir com Craig sobre a existência de Deus.

Em entrevista à revista Veja o teólogo falou sobre sua visão apologética e afirmou sua tese de que é possível usar a lógica e a razão para defender a fé cristã. Perguntado sobre o motivo de se acreditar em Deus ele afirmou que “os argumentos e evidências que apontam para a Sua existência são mais plausíveis do que aqueles que apontam para a negação”. O filósofo afirmou também que “Ele é a melhor explicação para a existência de tudo a partir de um momento no passado finito, e também a para o ajuste preciso do universo, levando ao surgimento de vida inteligente”.

Craig disse também que “a maioria dos historiadores do Novo Testamento concorda com os fatos fundamentais que balizam a inferência sobre a ressurreição de Cristo”, e respondeu sobre o uso da lógica na defesa da fé afirmando que, mesmo não sendo possível explicar Deus em sua plenitude, “a razão é suficiente para justificar a conclusão de que um criador transcendente do universo existe e é a fonte absoluta de bondade moral”.

Fonte: Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.