Blackout: jovens cristãos fazem apagão em jejum pró-igreja perseguida e arrecadam doações para vítimas




 



Uma iniciativa de jovens irlandeses e britânicos associados da missão Portas Abertas Jovem, promoverá um jejum diferente em favor da igreja perseguida.
A campanha chamada Blackout (apagão, em inglês), tem o slogan “Make a big noise by keeping quiet”, que transmite a ideia de “fazer um grande barulho através do silêncio”.
Os jovens cristãos, arrecadarão doações em dinheiro durante 48 horas, entre os dias 2 e 4 de novembro. Os participantes da campanha deverão se manter em “silêncio”, abstendo-se das redes sociais, celulares, jogos, TV, alimentos e diálogos, num gesto simbólico do isolamento vivido por cristãos em diversos países.
O porta-voz da Portas Abertas Jovem, Jonny Goodchild, afirmou ao Christian Today que a campanha é a “maneira de levar a igreja perseguida à geração de hoje, uma mídia social. identificação com o movimento de censura e restrição colocada na igreja perseguida”.
Em 2011, o mesmo evento arrecadou £ 30 mil, o equivalente a R$ 105 mil na cotação atual. O valor foi destinado para auxílio a crianças vítimas da perseguição religiosa.
A campanha tem tentando envolver o maior número de pessoas ligadas ao cristianismo em geral. Um dos participantes, o blogueiro e integrante da Aliança Evangélica Krish Kandiah, declarou que “muitas vezes não temos em mente o que acontece com a igreja perseguida. Esta é uma oportunidade para dar atenção a este importante desafio. Eu estou ansioso para entender mais sobre os nossos irmãos e irmãs que experimentam a perseguição por causa do Evangelho em todo o mundo”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.