Presidente Iraniano Ahmadinejad, diz que o filme ‘A inocência dos muçulmanos’ é uma trama diabólica de Israel






Mahmud Ahmadineyad 150x150 Presidente Iraniano Ahmadinejad, diz que o filme ‘A inocência dos muçulmanos’ é uma trama diabólica de Israel


“A tremenda onda de protestos contra o filme ‘A inocência dos muçulmanos’ e as charges publicadas em uma revista francesa satirizando o profeta Maomé representa uma conspiração por parte de Israel, que busca aumentar a tensão e os confrontos de disparo entre as diferentes religiões.”
Isso foi dito na sexta-feira(21) pelo presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, que ainda disse que “para ser salvo da bancarrota, os sionistas incultos começaram a fazer seus planos para gerar confrontos religiosos no mundo, com o apoio de líderes ocidentais para justificar essas conspirações diabólicas.”

De acordo com o presidente iraniano, a defesa da liberdade de expressão no Ocidente é injusta, tendo em conta sua recusa a tolerar qualquer questionamento das dimensões históricas do Holocausto.
“Se o Ocidente afirma que insultar o profeta é parte da liberdade de expressão, então, por que uma simples questão histórica eles reprimem e prendem os pesquisadores e até mesmo ameaçam toda a nação iraniana?”, perguntou o presidente.
Uma onda de protestos se espalhou em grande parte do mundo por causa da divulgação de um filme anti-islâmico, de produção americana, que segundo alguns é blasfêmia e um desrespeito ao profeta Maomé. O alvo da ira geralmente são embaixadas dos EUA em outros países ocidentais.
A violência forçou uma série de países ocidentais a fechar temporariamente algumas de suas embaixadas no mundo muçulmano.

 Portal Padon

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.