Polêmicas: pregador compara Barack Obama a Adolf Hitler e artista pinta o presidente crucificado

Polêmicas: pregador compara Barack Obama a Adolf Hitler e artista pinta o presidente crucificado






O pregador Christopher Hudson, que ganhou notoriedade na mídia após realizar uma entrevista com o ator Angus T. Jones, que interpreta o personagem Jake na série Two And A Half Man, é o mais novo centro de polêmica nos Estados Unidos.
Hudson aparece numa série de programas chamada Forerunner Chronicles abordando diversas teorias conspiratórias, como por exemplo, a especulação de que a carreira da cantora Beyoncé foi planejada para afastar as pessoas do evangelho.
Numa dessas teorias apresentadas pelo pregador, está a afirmação de que o Plano Nacional de Saúde, implementado pelo presidente Barack Obama nos Estados Unidos seria uma cópia do plano nazista de Adolf Hitler.
A comparação de Obama com o ditador nazista vem acompanhada ainda da suposição de que um ataque terrorista com gás poderia desencadear numa epidemia que transformaria os cidadãos em canibais, de acordo com informações do Huffington Post.
As polêmicas revelações a respeito do apresentador que comparou o presidente Barack Obama a Hitler, vieram acompanhadas de uma polêmica adicional: um artista norte-americano retratou Obama como Jesus crucificado, segundo informações do site Bostlno.
A representação aconteceu através de uma pintura, que não mostra a cruz, mas conta com uma coroa de espinhos na cabeça do presidente, que está de braços abertos, empurrando as cortinas da Casa Branca para revelar o selo presidencial dos Estados Unidos.
O tema da exposição em que a peça foi revelada é “Artistas no Toco: o caminho para a Casa Branca 2012. Veja a polêmica imagem abaixo:
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.