QUEBRANDO AS MALDICOES - REBECCA BROWN







Pastor orienta fiéis a não irem ao cinema, para reduzir o “impacto” dos filmes “sobre a mente humana” Publicado por Tiago Chagas








O pastor adventista Erton Kohler publicou um vídeo no Youtube em que critica a ida de cristãos ao cinema.

No vídeo, ele responde a uma pergunta de um espectador, sobre a diferença de assistir filmes na igreja, em casa ou no cinema.

O pastor afirma que um filme apresentado na igreja é avaliado antes: “Você tem a segurança de estar vendo um filme que não terá um impacto negativo na sua mente”.

Sobre frequentar o cinema, o pastor faz referência à luta entre o bem e o mal pela mente humana, e afirma que o ambiente das salas de exibição é propício para influenciar: “Uma tela de 6x4m, com cadeiras estofadas e forma de anfiteatro, com escuridão total, som estéreo e ninguém se movimentando. Você vai me dizer que isso tem o mesmo impacto sobre a mente humana que um filme numa TV de 20”, com som mono, sentado no sofá da sala, com cortinas fechadas ou abertas… Você acha que o impacto sobre a mente humana é o mesmo?”, questiona o pastor.

O pastor estende seu comentário para a questão das músicas, inserindo no contexto espiritual: “O que o inimigo quer com música, com filme, é dominar a mente humana. A luta é pelo pensamento. Por isso que Paulo desafia o ser humano a transformar seus pensamentos, a ter o culto racional, que mexe com a cabeça”, diz Kohler.

Em seguida, o pastor orienta os fiéis a não irem ao cinema, se convidados: “Se a igreja passa um filme, eu diria: vá lá e veja, porque estão passando alguma coisa que é boa para você. Se você está na sua casa, cuide muito do que você vê. E se lhe convidarem para ir ao cinema, diga: eu não vou”, orienta o pastor.

Assista abaixo ao vídeo:



Arábia Saudita: Líder islâmico pede destruição de todas as igrejas cristãs da região Publicado por Valder Damasceno












Uma declaração feita recentemente por um líder islâmico tem causado grande apreensão às igrejas localizadas nos países árabes. O sheikh Abdul Aziz Bin Abdullah declarou à imprensa árabe que “é necessário destruir todas as igrejas da região”, o líder religioso é o Grande Mufti da Arábia Saudita, o que representa um dos graus máximos da hierarquia do islã. É do Mufti a responsabilidade de interpretar a Sharia, a lei islâmica.

O sheikh deu a declaração quando questionado sobre o posicionamento do parlamento do Kuwait, que afirmou que nenhuma igreja deveria ser construída no país, entretanto o Grande Mufti exortou que “o Kuwait é parte da Península Arábica e, por isso, é necessário destruir todas as igrejas do país”. Seu posicionamento foi embasado no Haith, que é o conjunto de leis e histórias sobre a vida do profeta Maomé, segundo o qual teria dito antes de sua morte que “não pode haver duas religiões na Península Arábica”, logo, o Islã é a única religião que pode ser praticada na região.

A declaração de Abdul Aziz Bin Abdullah não se trata de uma mera opinião, mas de um líder com grande influência sobre todo o povo islâmico, ele é presidente do Conselho Supremo dos Ulemas, que congrega os estudiosos islâmicos, o sheikh ainda compõe o Comitê Permanente para a Investigação Científica e emissão de fatwas, como presidente, o grupo é responsável pela interpretação da lei islâmica.

O fato mais preocupante é que líderes como sheikh Abdullah são irrepreensíveis em seu país, tanto pelo povo, pelas instituições e pela imprensa. De acordo com Raymond Ibrahim, membro associado do Fórum do Oriente Médio e um dos informantes do caso, “a omissão dos principais meios de comunicação, universidades e da maioria dos políticos ocidentais sobre o que a Igreja Cristã tem enfrentado nos países de maioria muçulmana, demonstra o quão voltado o ocidente está para os seus próprios interesses”, desabafa.

Fonte: Gospel+

Igreja Católica teria castrado meninos com supostas tendências homossexuais como “ato de libertação” Publicado por Tiago Chagas














Uma denúncia feita pelo jornal holandês Handelsblad relata casos de castração impostos pela Igreja Católica do país nos anos 1950, como forma de conter impulsos homossexuais em meninos que estavam sob a tutela da igreja, em clínicas psiquiátricas ou internatos.

Um dos garotos que teria tido seu órgão genital amputado é Henk Heit House, que em 1956 foi levado para um hospício da Igreja Católica e castrado, após ter sido denunciado à polícia por suposta prostituição em uma instituição da igreja. Outras crianças que podem ter sido submetidas às mesmas circunstâncias teriam sido vítimas de abusos sexuais de padres católicos, afirma a reportagem.

Agora uma comissão investigativa foi montada para avaliar outros casos. Porém, a comissão se negou a revelar os casos possíveis de abusos de menores e castração de meninos com tendências homossexuais alegando falta de provas. O jornal Handelsblad desmentiu a afirmação da comissão, e apresentou uma documentação detalhada, incluindo cartas da época, onde são denunciadas as histórias, que foram consideradas “chocantes e comoventes”.

A conferência de bispos da Holanda emitiu nota afirmando que as denúncias trazem à tona histórias lamentáveis, “se de fato elas forem verdadeiras”. Segundo informações do jornalista Paulo Lopes, o presidente da entidade que representa vítimas de padres no país, Guido Klabbers, classificou como “puro horror” as histórias reveladas pelo jornal.

Peter Nissen foi mais longe e disse que a castração imposta como “ato de libertação” para crianças supostamente com tendências homossexuais contradiz os princípios e a moralidade da Igreja católica.

Fonte: Gospel+

Padres de Arapiraca acusados de abuso são condenados



















A Justiça alagoana condenou, nesta segunda-feira (19), os padres Luiz Marques Barbosa, Raimundo Gomes e Edílson Duarte pelo crime de pedofilia, praticado contra três coroinhas. O monsenhor Luiz Marques  foi condenado a 21 anos de prisão e os párocos Raimundo e Edílson cumprirão pena de 16 anos e 4 meses. Como os três já respondiam ao processo em liberdade, eles ainda não foram presos. Seus advogados têm cinco dias para recorrer da decisão junto ao Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), contados a partir de hoje.

A sentença foi proferida pelo juiz da Vara da Infância e da Juventude de Arapiraca, João Luiz de Azevedo Lessa. Além da pena de prisão, o monsenhor Luiz Marques, de 83 anos, terá que pagar uma multa de 30 vezes um salário mínimo.
Os religiosos eram réus no processo que apurou delitos de atentado violento ao pudor contra os coroinhas Fabiano Silva Ferreira, Cícero Flávio Vieira Barbosa e Anderson Farias Silva, conforme denúncia apresentada em março de 2010 pelo Ministério Público Estadual (MPE).
As investigações do Ministério Público e Polícia Civil acusaram os religiosos de prometer vantagens econômicas às vítimas em troca de sexo. De acordo com o juiz João Luiz de Azevedo Lessa, o processo tem quatro volumes com mais de mil páginas e é “muito complexo”.
CPI da Pedofilia
Em decorrência do escândalo, os três sacerdotes foram intimados para depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia. O presidente da comissão, senador Magno Malta (PR-ES), ouviu os depoimentos dos três e os confrontou com os coroinhas.
No dia 4 de abril do ano passado, após prestar depoimento, o monsenhor Luiz Marques foi preso. No Fórum de Arapiraca, ele admitiu que mantinha relação sexual com ex-coroinhas. Por terem mentido durante os depoimentos, Maria Isabel e José Reinaldo, respectivamente secretária doméstica e motorista do religioso, também tiveram as prisões decretadas pelos integrantes da CPI da Pedofilia.
Durante o depoimento, antes de ter a sua prisão decretada, Luiz Marques chegou a dizer: “Jesus disse: ‘me tiraram a roupa, me cuspiram e me crucificaram’. É isso que está acontecendo comigo. Talvez eu que tenha me crucificado. Queria que vocês atendessem ao meu clamor. Perdoem-me”, solicitou.
Já o padre Edílson Duarte admitiu que manteve relações sexuais com dois ex-coroinhas, pagando-os com o dízimo dos fieis. A revelação, que deixou os arapiraquenses estarrecidos, foi concedida ao presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Máfia da Pedofilia, senador Magno Malta.
“Sim, tive relações sexuais com dois deles, Fabiano Silva Vieira e Cícero Flávio Vieira Barbosa. Menos com o Anderson”, frisou o sacerdote. E ao ficar diante de Edílson Duarte, o ex-coroinha Fabiano salientou que manteve a primeira relação sexual na catedral de Arapiraca, quando ele tinha apenas 16 anos.
Ainda durante o depoimento, o senador pediu para que o padre olhasse para os presentes ao Fórum de Arapiraca e o questionou: “O senhor pagou aos ex-coroinhas com dinheiro do dízimo?”. Visivelmente desconcertado, padre Edílson Duarte admitiu que “Sim”, baixando a cabeça posteriormente.
Repercussão internacional
À época, as denúncias ganharam repercussão internacional. O portal português A Bola, por exemplo, destacou que o caso “ganhou proporções de escândalo”. O Diário de Notícias, de Portugal, disse que a denúncia aconteceu no Brasil, que é o “maior país católico do mundo”.
A rádio do Vaticano também destacou, em seu site, o escândalo de Arapiraca. A emissora assegurou que “nenhum bispo brasileiro está envolvido no episódio de abusos contra menores, emergido dias atrás no Brasil”.
A Agência France Press (AFP), uma das maiores do mundo, deu grande ênfase ao assunto e trouxe matéria entrevistando o porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi. O texto traz trechos do diálogo do vídeo onde o monsenhor Luiz Marques Barbosa, aparece fazendo sexo com um jovem de 19 anos. A AFP ainda diz que “este caso se soma a uma série de denúncias de pedofilia na Igreja”.
Entenda o caso
As denúncias de casos de pedofilia em Arapiraca vieram à tona depois que um programa de TV, em rede nacional, veiculou uma reportagem revelando o caso. Em um trecho da matéria, um vídeo mostrou o monsenhor Luiz Marques Barbosa, que tinha 82 anos na época, mantendo relações sexuais com um jovem de 19 anos.
A gravação foi realizada em janeiro de 2009 por outro jovem que também teria sofrido abusos, segundo as denúncias apresentadas pelo programa de TV. O jovem contou que desde os 12 anos, quando entrou para a Igreja Católica, era alvo do assédio sexual do monsenhor. O caso consternou a opinião pública brasileira e gerou uma onda de denúncias de novos casos na imprensa e na polícia.

fonte: Tudo na Hora

Programa do SBT vai mostrar vida de Marcos Pereira













O Conexão Repórter, levado ao ar as quintas-feiras depois de A Praça é Nossa, vai mostrar um pouco da história do pastor Marcos Pereira líder da Igreja da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias, e que foi denunciado como um dos responsáveis pelo trafico e atentados por parte de marginais no Rio de Janeiro.

Segundo a assessoria do SBT, o jornalista e apresentador do programa, Roberto Cabrini, seguiu os passos do pastor.
”Visto como um Deus por muitos, agora ele é um homem na “linha de fogo”. O pastor é acusado de cometer estupros dentro de sua própria igreja, promover encenações para aparecer herói, de enganar, manipular, ordenar atos criminosos, mandar executar seus inimigos e até mesmo torturar crianças” afirma o release enviado pela assessoria da emissora.


jornal mundo gospel

Valdemiro desafia Marcelo Resende a mostrar o lado do bispo Macedo
















O apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, afirmou que o repórter Marcelo Rezende, da TV Record, deve também mostrar o outro lado da moeda e o desafiou a mostrar o patrimônio de Edir Macedo, chefe da Igreja Universal e dono da emissora.

Marcelo foi o responsável por realizar e apresentar no Domingo Espetacular uma reportagem de 26 minutos na qual denuncia que Valdemiro comprou com dinheiro dos fiéis duas fazendas no Mato Grosso, pagando o total de R$ 50 milhões, incluindo gado e benfeitorias.
Valdemiro negou as acusações e afirmou que a fazenda e aviões teco-tecos que não são da Mundial. Ele garantiu ainda que processará o repórter para que prove o fato na justiça.
O religioso falou que a TV Record vale hoje R$ 4 bilhões, quantia essa que veio mesmo do dinheiro dos fieis da Igreja Universal do Reino de Deus.
O fundador da Mundial acusou Rezende de ter dois contratos empregatícios com a Record, um “por fora”, para pagar menos pela pensão alimentícia de seu filho.
Disse que o profissional está sendo usado por Macedo e que um dia vai ser descartado. “É o seu último trabalho”. Falou que está orando pelo repórter porque soube que ele está com Aids.
No “Domingo Espetacular”, Rezende prometeu fazer nas próximas semanas outras revelações sobre o fundador da Mundial.

Fonte: Paulopes e agências

Movimentos querem proibir ensino religioso nas escolas

















Cinco instituições educacionais e ligadas a grupo de direitos humanos entraram com recurso judicial no Supremo Tribunal Federal esta semana para restringir o ensino religioso nas escolas públicas. As instituições foram: Ação Educativa, Relatoria Nacional para o Direito Humano à Educação, Conectas Direitos Humanos, Ecos e Comitê Latino-Americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos da Mulher.

O argumento da ação é baseado no censo da educação básica feito pelo Inep em 2009 que aponta que metade das escolas do país têm ensino religioso na grade curricular.

O documento está sendo analisado pelo Supremo, que irá verificar a constitucionalidade da disciplina religiosa obrigatória do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental. Este pedido de veto inclui apenas os estados de SãoPaulo e Riode Janeiro.

Um dos principais argumentos é que os Estados infringem a instituição laica, que prevê que “ensino religioso, de matrícula facultativa, constituirá disciplina dos horários normais das escolas públicas de ensino fundamental”.

As instituições contra a disciplina defendem que o ensino religioso deve se restringir a exposição de práticas e da história. Hoje, a lei não impõe uma diretriz sobre o conteúdo, proibindo somente que seja feita propaganda religiosa.

Ainda serão convocados para serem ouvidas instituições religiosas e não religiosas para as escolas tanto de ensino católico, quanto “de outras confissões”.

Ainda não há data para a votação da nova medida. O grupo de entidades espera que o relator, Carlos Ayres Britto, defina seu voto ainda neste mês.

Fonte> Christian Post

Continua a polemica sobre reportagem da Record




















A polêmica reportagem veiculada pela TV Record no domingo (18), com ataques diretos e denúncias sobre o enriquecimento do líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, Valdemiro Santiago, vem gerando muitas manifestações pró e contra as igrejas. Uma delas foi a da filha de Edir Macedo e outra a do pastor Silas Malafaia.

A filha do bispo Edir Macedo e proprietário da Record, Cristiane Cardoso, postou um comentário em defesa do pai em seu blog em que disse que “agora vai chover de incrédulo, que se diz crente, o defendendo (Valdemiro)”.

Cristiane segue falando sobre quem defende o líder da Mundial, fazendo uma alusão à luta do bem contra o mal. “Aqueles que se deixam ser usados pelo mal, na verdade, estão em guerra com aqueles que se deixam ser usados pelo bem. Ora, como pode haver paz entre esses dois?”

A filha do dono da Universal ainda afirmou que comentáriosem defesa de Valdemironão seriam aceitos no blog e comparou o líder da Mundial a um “falso profeta”. “Se Deus é contra isso, por que o Novo Testamento está cheio de passagens contra esses tipos de falsos profetas e apóstolos?”, questiona.

Comparando a disputa de poder entre as duas denominações, a uma “guerra espiritual”, Cristiane deixa claro que o pai pertence ao lado do “bem”: “estamos numa guerra espiritual. Quem é inteligente se define de uma vez por todas e decide de qual lado ficar, o de Deus ou o do diabo”, afirma.

Já o pastor Silas Malafaia, da Igreja Vitória em Cristo, em outro textoem seu site Verdade Gospel, afirma que Edir Macedo e Valdemiro Santiago “são farinha do mesmo saco”.

Citando o episódio em que Macedo foi denunciado por enriquecimento ilícito, ele diz que o líder da Universal “agora usa do mesmo expediente para atacar e denegrir um outro pastor, e com isto expor ao ridículo pastores e as Igrejas evangélicas”.

“Por algum acaso a Rede Record, que está no nome dele, foi comprada com o dinheiro de quem? Foi comprada com ofertas do povo de Deus”, aponta Malafaia.

O pastor da igreja Vitória em Cristo ainda enfatiza que ambos os líderes religiosos possuem grande espaço na mídia – jornais, rádios e televisão – e que apesar disso não usam esse espaço em prol do reino de Deus.

“Quando você viu Macedo, ou Valdemiro defender alguma posiçãoem relação à Igrejaevangélica como um todo?”, aponta.

Malafaia ainda comenta sobre os escândalos e exposição dos evangélicos com o episódio e sentencia: “como diz a Bíblia, Deus não se deixa escarnecer, está tratando com os dois, e se bobearem vão se autodestruir”.

Fonte> Christian Post

ONG pede que cristãos parem de ter filhos













A ONG Nova Parceria Evangélica para o Bem Comum, que tem a sua frente o pastor norte-americano Richard Cizik (foto) está prestes a lançar uma campanha que está gerando polêmica no meio evangélico. Seu desejo é ver os cristãos evangélicos tomarem uma atitude radical para melhorar as condições de vida no planeta: parar de ter filhos.

O lema é “Não crescei e multiplicai”, evocando as palavras de Deus a Noé após o dilúvio. Seu principal argumento é que a Terra possui cerca de 7 bilhões de habitantes e a cada ano nascem mais 311.861.676.

A campanha chama atenção para o fato de que muitos dos “males sociais”, como crimes, fome, guerras etc. são causados, em parte, pelo número excessivo de pessoas em algumas regiões do planeta.

O apelo radical explica que é responsabilidade da igreja, falar sobre o assunto. E mais: promover um amplo debate sobre métodos de contracepção, adoção e o aborto.

Como era esperado, a campanha nem foi lançada oficialmente e já está sendo alvo de críticas dos ramos mais conservadores dentre os evangélicos.

Cal Beisner, fundador e porta-voz da Aliança Cornwall Para a Mordomia da Criação, explica: “Se você vê os seres humanos apenas como pegadas de carbono, eu acho que faz sentido. Mas o triste fato é que Cizik parece pensar numa luta global. O aquecimento do planeta é apenas uma desculpa para apoiar programas de planejamento familiar em todo o mundo”.

Beisner lembra que a história dos programas de planejamento familiar mostra que eles tendem a serem predominantemente coercitiva e altamente manipuladores.

“[Os programas] oferecem às pessoas recompensas imediatas para decisões de que eles vão se arrepender mais tarde, muitas vezes levando a esterilização involuntária ou inibindo as mulheres depois do primeiro parto”, diz o porta-voz.

Para a Aliança Cornwall, embora Cizik possa encontrar e usar passagens bíblicas sobre nossa responsabilidade humana de “cuidar da Terra”, ele não é capaz de encontrar base bíblica para a extinção da família ou um rígido controle populacional.

Esse debate ocorre justamente quando a maioria das igrejas evangélicas e católicas norte-americanas protesta contra a medida elaborada pela administração Obama em que os empregadores devem oferecer um seguro de saúde que incluísse o controle de natalidade. Isso incluiria a chamada “pílula do dia seguinte e até abortos”.

O partido republicano alega que essa medida representa “um ataque à liberdade religiosa” e tem sido um tópico constante nos discursos dos pré-candidatos que desejam enfrentar Obama na eleição deste ano.

Um dos alvos da Nova Parceria Evangélica para o Bem Comum é o pastor Rick Warren, que tem liderado entre os pastores uma espécie de campanha contra essas medidas do governo.

A principal preocupação dos evangélicos norte-americanos é que a campanha pelo controle de natalidade seja feita, com sucesso, em países mais pobres em nome da religião cristã. Afinal, Richard Cizik tem o apoio de pessoas importantes, como o bilionário George Soros.

Fonte> Gospel Prime com agencias

Ateu abrirá restaurante e servirá ‘santa ceia’













O filósofo Alain de Botton (foto), afirmou, em entrevista, que pretende abrir um restaurante onde servirá “santa ceia” a ateus com o propósito de aproximar uns de outros, em um ambiente agradável de convívio. O restaurante é parte de um projeto maior de Botton: a construção de um templo ateu no centro financeiro de Londres.

Tido como ateu moderado, Botton tem alguns pontos criticados por outros ateus. Um deles é Richard Dawkins, para quem não há necessidade deste templo.
O filósofo suíço radicado na Grã-Bretanha tem procurado colocar na prática o que defende em seu mais recente livro, o “Religião para Ateus” (272 págs., Ed. Intrínseca, R$ 20). Para ele, os ateus precisam aproveitar o que a religião tem de bom, como o estímulo à solidariedade e à aproximação entre as pessoas.
Em entrevista a uma TV australiana, ele disse que teve a ideia do restaurante para ateus ao estudar a igreja primitiva, cujos cultos eram celebrados durante uma refeição, reunindo pessoas que ainda não se conheciam. “Isso era chamado de festas de ágape [“amor”, no sentido de amizade].”
“Nas cidades modernas, existem muitos locais onde se come bem, mas não há locais que nos ajudem a transformar estranhos em amigos”, disse.

Fonte: Gospel Prime com agencias

Cientista da Nasa explica porque o mundo não vai acabar em 2012
















A Nasa divulgou um vídeo de resposta às várias teorias que se popularizaram sobre o fim do mundo em dezembro de 2012. Nele, o cientista do Laboratório de Propulsão de Jatos Don Yeomans discorre sobre cada uma das hipóteses mais conhecidas e explica por que elas não se concretizarão.

Primeiro, Yeomans explica que toda essa comoção em volta do dia 21 de dezembro de 2012 começou com o calendário Maia, que terminaria neste dia. Mas, segundo o cientista, o que está indicado no calendário é o fim de um ciclo e o início de outro, não o apocalipse. Ele o compara com a forma em que nós contamos os anos – todos os dias 31 de dezembro um ciclo termina, para outro começar no dia 1 de janeiro.

Depois o especialista da Nasa fala sobre Nibiru, um planeta que seria quatro vezes maior do que a Terra, também conhecido como “Planeta X”. Segundo outra teoria do apocalipse, esse astro estaria em uma rota de colisão com a Terra. Para Yeomans, é impossível que ninguém tenha detectado Nibiru se aproximando, se isso realmente estiver acontecendo.

“Tem gente que acredita que a Nasa está escondendo essas informações. Mas existem milhares de astrônomos fora da organização que olham para os céus todas as noites. Com certeza, eles teriam notado essa movimentação”, argumenta o cientista.

Outra hipótese é a de uma grande tempestade solar que aconteceria no dia 21 de dezembro seria a razão do fim do mundo. Este tipo de evento, como já explicamos em outro artigo, realmente está se tornando mais frequente – isso porque o Sol passa por ciclos e seu período de maior atividade está previsto para o fim deste ano e o começo de 2013.
O argumento de Yeomans é que, na verdade, a máxima solar irá acontecer apenas em maio do ano que vem e que, mesmo assim, a atividade não deverá ser tão intensa. Basicamente, não há evidências de que tempestades solares, como as que aconteceram durante o início de março, possam ocorrer novamente.

Para quem acredita que o apocalipse será causado pelo alinhamento dos planetas, que geraria uma mudança catastrófica nas marés, a resposta do cientista da Nasa é direta: não há nenhum alinhamento previsto para o fim de 2012. Mesmo que houvesse uma movimentação do gênero, outros planetas não poderiam afetar as marés. Os únicos corpos celestes capazes de fazer isso são a Lua, como aprendemos nas aulas de geografia, e o Sol.

Também existe o boato de que, de alguma forma, os pólos magnéticos da Terra irão se inverter. Isso simplesmente não pode ocorrer por causa da Lua – nosso satélite estabiliza a rotação do planeta e não permite que a rotação dele mude de uma hora para a outra. Os pólos podem, sim, mudar, mas fazem isso aos poucos, demorando milhares de anos até que eles se invertam.

Yeomans conclui seu vídeo lembrando-se das inúmeras previsões para o fim do mundo que já foram feitas, causaram pânico e não se cumpriram. “Ainda estamos aqui”, declara.

Confira o vídeo (em inglês):



Novela Avenida Brasil, terá ex-atriz pornô que se torna evangélica





















No que depender da personagem de Paula Burlamaqui, a polêmica em “Avenida Brasil” está garantida. Na trama de João Emanuel Carneiro, a atriz dará vida a Socorro, uma evangélica e ex-atriz de filme pornô.


Paula ainda não iniciou as gravações, mas adiantou à Coluna como será sua participação no folhetim. “Entro no capítulo 20. Terei um filho com Silas, personagem de Aílton Graça, e vou chegar na cidade escondendo o meu passado. Adoro personagens polêmicos. É sempre gostoso fazer. Vai ser um bafão“, conta Paula, que começará o laboratório para a personagem a partir da semana que vem. “Vou começar a frequentar cultos na igreja e observar o comportamento das mulheres. Estou louca para começar a gravar”.

Extra / Portal Padom

Universidade promete pagar dízimos a igrejas que indicarem universitários

Um dos maiores grupos de ensino de São Paulo, a Uniesp tem assinado convênios em que se compromete a pagar um dízimo a igrejas que lhe indicarem universitários. A verba provém de repasses dos governos federal e estadual, informa reportagem de Vanessa Correa e Fábio Takahashi, publicada na Folha desta sexta-feira.
No contrato, obtido pela Folha, a Uniesp diz que repassará 10% do que receber do Fies (financiamento federal estudantil) por aluno indicado que aderir ao programa da União. Além de igrejas, podem participar assembleias e congregações.
De acordo com a própria Uniesp, 2.000 estudantes já foram matriculados por meio desse convênios. No total, 12,5 mil dos 65 mil estudantes do grupo têm o Fies.
A instituição afirma que faz convênios com igrejas para criar envolvimento com essas entidades, o que ajudará a chamar alunos pobres.
dizimo universitario Universidade promete pagar dízimos a igrejas que indicarem universitários
Folha / Portal Padom

Jovem prefere mulher Provérbio 31 do que Victoria’s Secrets





















O jovem Alex Ekuland, estava checando sua página no Facebook, um dia depois do show anual da Victoria´s Secrets aparecer na televisão, há cerca de três meses, quando se deparou com os comentários de suas amigas na rede social.

Um dos comentários, por exemplo, dizia: “Agora vou ter que ir a academia malhar, depois tenho que passar fome por uma semana”.

A insegurança delas causou um impacto em seu espírito de tal maneira que ele reagiu. Em um impulso, ele resolveu a colocar em seu status: “Eu prefiro uma mulher do provérbio 31 do que uma supermodelo da Victoria Secret”.

Esse provérbio descreve a mulher virtuosa e vai do versículo 10 ate o 21. Segundo a descrição, a mulher faz bem ao seu marido, é esforçada, trabalhadora, generosa com os pobres e honesta. Sua formosura é baseada em seu temor a Deus.

O comentário de Alex foi viral no Facebook. Em menos de 24 horas, ele foi ‘bombardeado’ com comentários positivos e negativos. Com amigos, amigos dos amigos e estranhos compartilhando a sua frase.

Hoje o movimento chamado Live31 já tem mais de 250 mil hits no youtube, 15 mil pessoas curtindo no Facebook e quase 9 mil seguidores no Twitter.

Três dias depois, ele resolveu gravar uma mensagem sobre o tema em vídeo e colocar no youtube. Em menos de 24 horas, a gravação tinha mais de 120 mil hits, e atualmente já tem mais de 250 mil.

“Quando tanta gente começou a olhar minha página e a falar sobre isso e tanta gente começou a compartilhar a mensagem em seu status, isso acabou virando um movimento,” disse Alex em seu youtube vídeo.

Para Makus Pfiffer, professor de media digital, da Regent University, “qualquer pessoa ou ministério tem o potencial de atingir uma grande audiência se o assunto discutido é atual.”

“Alex consegui tornar uma simples mensagem em um ministério”, Disse Pfiffer. Assim, nasceu o movimento Live31.

Ex de Victoria Secret aderiu

O movimento Live 31 cresceu de tal maneira que chamou a atenção de Kylie Bisutti, uma ex-modelo de lingerie da Victoria Secret.

Em dezembro, ela mandou uma mensagem via twitter para Alex dizendo “Eu parei de ser uma modeloda Victoria Secret para me tornar uma esposa virtuosa do provérbio31”.

Logo que a modelo se aliou ao grupo, o movimento chamou a atenção da mídia local e os convites para entrevistas começaram a ser oferecidos a Bissuti, para falar sobre o movimento do qual se tornou porta-voz.

Ela resolveu a abandonar a carreira na Victoria Secret devido a sua fé cristã, contou ela em entrevista no show de televisão da emissora ABC ‘Bom dia America’.

“Eu percebi que não estava honrando a Deus com minha carreira. Eu agora quero honrar meu marido com meu corpo e ser um bom exemplo para outras mulheres,” acrescentou, que agora só usa roupas discretas e escolhe com cuidado os contratos como modelo.

Para expandir o movimento, ela criou um blog para alcançar adolescentes com mensagens centradas em Cristo, dizendo que a verdadeira beleza e auto valorização vem Dele.

“A mensagem do movimento é biblicamente centrada. É exatamente o que amo fazer,” disse Bissuti.

“Deus esta usando a media social para contar uma história. Creio que alcançamos muito mais gente através desse veiculo, mas nada e muito grande para Deus”, completou.

Fonte: Christian Post

Casal de pastores presta solidariedade às vítimas de tiroteio em escola judaica na França Por Bruno Alves



















Um casal cristão que possui estreito contato com a comunidade judaica de Toulouse, na França, tem expressado o seu sentimento de choque e solidariedade em razão de um tiroteio em uma escola judaica, na manhã de hoje, onde um professor e três crianças foram mortas por um atirador pouco antes do início das aulas.

Roy e Margaret Reese, pastores de uma igreja evangélica francesa na cidade, vivem perto da escola Hatorah Ozar, onde aconteceu o tiroteio: “Nós moramos perto da escola judaica, a menos de um quilômetro da nossa casa. Netos do nosso amigo são alunos lá. Nossos vizinhos têm um sobrinho e sobrinha lá, conhecemos bem os pais”.

O suspeito fugiu em uma Scooter e tinha um estilo parecido com o assassino de três soldados em dois incidentes separados no mesmo local da França na semana passada. Autoridades não confirmaram se os incidentes anteriores estão ligados ao tiroteio de hoje.

Em solidariedade, a pastora Margaret disse: “Por favor, orem para que possamos ser instrumentos de Deus para a consolação aos nossos inúmeros amigos judeus nas próximas horas e dias”.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, voou paraToulouse hoje para visitar o local da tragédia. Ele ordenou o aumento da segurança em torno dos edifícios judaico e islâmico na região.

Ele disse: ”É um dia de tragédia nacional… a barbárie, a selvageria, a crueldade não pode vencer. O ódio não pode vencer. A nação é muito mais forte”.

Fonte: Gospel+

Caravana evangélica é atacada a tiros no Egito e duas fiéis são sequestradas; Após negociação com governo, rebeldes libertam as reféns. Publicado por Tiago Chaga




















Uma caravana religiosa de evangélicos brasileiros que viajavam pelo Egito foi atacada a tiros por um grupo de beduínos, que levaram duas mulheres do grupo como reféns.

Os fiéis que excursionavam pelo Egito, rumo ao Monte Sinai, são membros da Igreja Avivamento da Fé, em Osasco, região metropolitana de São Paulo.

Segundo informações do Estadão, a mãe de uma delas, Marli Silvério, confirmou a libertação de sua filha Sara Lima Silvério, 18 anos, e de sua amiga, Zélia Magalhães, 45 anos. A libertação ocorreu no final da noite de Sábado, 17/03, após intensa negociação entre o Ministério do Interior do Egito e o grupo de beduínos.

As exigências dos sequestradores eram que o governo libertasse o filho de um líder beduíno, que havia sido preso recentemente por posse de armas e drogas. Os beduínos são um grupo egípcio que se juntou à revolta popular que culminou na queda do ex-presidente do país, Hosni Mubarak. Porém, o grupo tem demonstrado insatisfação com o atual governo provisório, liderado pelos militares.

A caravana dos evangélicos era formada por 42 pessoas, e liderada pelo pastor Dejair Batista Silvério. O pastor, pai de Sara, afirmou em entrevista por telefone ao telejornal Bom Dia Brasil, da TV Globo, que os sequestradores não maltrataram as reféns. No relato do incidente, ele afirmou que o ônibus foi “metralhado” durante a abordagem: “Foram vários disparos, de metralhadora e de fuzil. Eles atiraram na porta do ônibus. Achei que estavam até atirando na gente já. Foi então que eles entraram no ônibus e levaram as duas para fora”, relatou o pastor.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o brasileiro prestou assistência ao grupo e manteve contato com o Ministério do Interior do Egito, para ajudar a solucionar o caso. Os sequestradores levaram também o motorista do ônibus e o guia turístico que acompanhava a caravana, de acordo com informações do Itamaraty.

O pastor Dejair afirmou que um general egípcio o procurou e deu garantias de que o incidente terminaria bem: “Assim que aconteceu o sequestro, ele tomou conta do caso, reuniu vários líderes beduínos e falou para mim: ‘Eu empenho a minha palavra, a minha honra, que às 22 horas (locais, 17h em Brasília) estarei com as duas aqui”, relatou.

Os fiéis planejavam cruzar a fronteira com Israel após a visita aos lugares sagrados do Egito e retornar ao Brasil apenas no dia 27/03. Não foram divulgadas informações se os turistas retornarão ao Brasil imediatamente ou se manterão o planejamento inicial.

Fonte: Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.