Não Deixe o Mal Te Vencer









Quebra-gelo: Você já se abateu com uma notícia ruim?


Texto: Romanos 12:21 e Romanos 8:28.

Introdução: É muito comum em nossa sociedade termos uma maior divulgação de coisas ruins que coisas boas. Um jornalista e editor de um grande jornal disse que tragédias vendem mais jornais do que boas notícias. Desgraças, tragédias e notícias ruins chamam mais a atenção das pessoas que boas notícias. O problema não é o chamar a atenção, mas o quanto isso nos afeta.
Quantos de nós já perderam noites de sono preocupados com notícias ruins? Quantos de nós se abateram com coisas ruins? A Bíblia diz para não nos deixarmos vencer pelo mal, mas não é fácil enfrentar a situação sem abater. O que a Bíblia nos ensina que pode nos ajudar nisso?

1)Traga a memória o que pode te dar esperança.
No texto de Lamentações de Jeremias 3:21 o profeta Jeremias fala disso. Em Filipenses 4:8 o apóstolo Paulo fala o que deve ocupar o nosso pensamento. Não deixe o mal te vencer e ocupar sua mente e coração. Lute contra ele trazendo à memória as misericórdias do Senhor. Lembre-se: por pior que pareça a situação se você entregou sua vida a Jesus você nunca a enfrentará sozinho, Jesus estará ao teu lado, te orientará e ajudará.

2)Procure saber o que Jesus tem a falar sobre o seu problema.
As pessoas têm limites e são pegas de surpresa, Deus não. Procure ouvir a voz Dele e saber o que Ele tem a falar. Lembre-se: a resposta certa e definitiva vem de Deus.

3)Deixe Jesus acalmar a tempestade em sua vida.
Não temos muitas opções quando o mal investe contra nós, ou quando a tempestade se levanta contra nossas vidas; ou nos submetemos a Ele, descansamos e confiamos Nele para vencer o mal e acalmar a tempestade, ou seremos destruídos pelo mal e pela tempestade. 

Por mais difícil que pareça confie Nele e o deixe acalmar a tempestade.
Conclusão: Você tem enfrentado momentos difíceis? Quer vencê-los? Quer ajuda de Jesus para isso? Levante a mão, vamos orar.
Fonte: IMM

Confie na cruz











“Aproximemo-nos de Deus com um coração sincero e com plena convicção de fé, tendo os corações aspergidos para nos purificar de uma consciência culpada, e tendo os nossos corpos lavados com água pura”. Hebreus 10:22
O meu cachorro Salty sabe que ele não pode mexer no lixo. Mas deixe a casa ficar sem humanos e o lado negro do Salty vem à tona. Se houver comida em uma lata de lixo, a tentação é grande demais!
Foi o que aconteceu outro dia. Eu fiquei furioso, mas superei. Limpei a bagunça e esqueci o assunto.
Salty não! Ele manteve distância. Quando eu finalmente o vi, o seu rabo estava entre as suas pernas e as suas orelhas estavam caídas. Ele acha que estou furioso com ele. Ele não sabe que eu já lidei com o seu erro.
Em algum lugar, algum dia, você se enroscou no lixo… e você tem evitado Deus. Você se pergunta se algum dia poderá sentir-se perto de Deus novamente. A mensagem do seu corpo dilacerado na cruz é – você pode.
A porta está aberta. Não confie na sua consciência. Confie na cruz. Você é bem-vindo à presença de Deus!
Autor: Max Lucado
Fonte: Irmãos

Previsões e profecias a respeito do fim do mundo que não deram certo: veja lista com as mais recentes e curiosas










Durante todo o ano de 2012 muito se falou a respeito do fim do mundo no dia 21/12, devido às interpretações que são feitas do calendário maia. Porém, as previsões a respeito de um apocalipse são constante, e diversas figuras já se envolveram em prognósticos falhos.
Há pouco mais de um ano, o pastor Harold Camping virou piada na internet ao ver que sua previsão sobre o fim dos tempos havia dado errado. Camping chegou a anunciar em sua rede de rádios que o evento se daria através de catástrofes.
No começo deste ano, o autointitulado profeta Ronald Weinland afirmou que Jesus voltaria à Terrano dia 27/05 deste ano. Apesar do esforço em detalhar a data, a profecia não se cumpriu. Weinland já havia previsto anteriormente que o mundo acabaria em 2008, o que, apesar da crise econômica daquele ano, não se confirmou.
Uma das profecias mais peculiares a respeito do tema foi feita por José Luis de Jesús Miranda, líder da seita Cresciendo em Gracia. Conhecido como “Jesus Cristo Homem”, Miranda afirmou que o calendário maia estava errado a respeito da data em que o planeta Terra conheceria seu fim. Segundo seus cálculos, a data correta seria 30/06, quando ele seria transformado em imortal, e após um incêndio no Vaticano, seria levantado a líder mundial em meio ao caos.
O Vaticano não foi incendiado, e nenhuma evidência, além das declarações dos membros da seita, evidencia que “Jesus Cristo Homem” tenha se tornado imortal.
Em meio aos boatos confusos sobre o fim do mundo, uma empresa norte-americana resolveu lucrarcom a situação e passou a oferecer abrigos à prova do apocalipse. Por valores que variam entre US$ 18 mil a US$ 78 mil, era possível comprar bunkers que permitiriam sobreviver às supostas catástrofes.
No Brasil, um líder de uma seita no interior de Piauí também resolveu arriscar suas chances nas previsões e afirmou que o mundo chegaria ao ponto final no dia 12/10. Com isso, Luis Pereira dos Santos induziu mais de 120 pessoas a se reunirem na sede da seita para aguardar o evento, mas como a profecia não se cumpriu, acabou preso sob acusação de estelionato.
Aproveitando que o Vaticano não foi incendiado como previa “Jesus Cristo Homem”, uma paróquia da cidade de Assis, na Itália, resolveu vender perdões para os pecados, como prevenção para o apocalipse, por US$ 16, o equivalente a R$ 35,00, aproximadamente. A iniciativa polêmica repercutiu em todo o mundo, e a Igreja Católica não se pronunciou sobre o caso.
Tudo isso acontece, segundo Luiz Carlos Fernandes – palestrante e estudioso do Apocalipse, porque as lideranças cristãs não instruem os fiéis a respeito do assunto, e essa postura abre brechas para o surgimento de falsas doutrinas: “Infelizmente não é raro as lideranças evangélicas afirmarem que esse [Apocalipse] é um livro velado, misterioso, impossível de ser entendido. Sinal evidente que as mesmas não são verdadeiros servos de Jesus Cristo, além de o chamarem de mentiroso, pois se Ele diz que é uma revelação como podem afirmar que é um mistério?”.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Igreja realiza ação evangelística com fogos de artifícios para que “as pessoas saibam que na cidade existem seguidores de Deus”. Assista








Uma ação evangelística da Primeira Igreja Batista de Marília, chamada de “O Céu de Marília”, chamou a atenção de diversos moradores da cidade e repercutiu também nas redes sociais.
Idealizada pelo pastor da igreja, a ação foi divulgada com dias de antecedência através de outdoors e também pelo boca a boca dos fiéis.
A proposta da ação era que numa data específica, os membros da igreja se soltariam fogos de artifícios de diferentes pontos da cidade, num horário combinado.
Visualmente chamativa, a ação foi filmada pelos organizadores com a ajuda de um helicóptero, alugado especificamente para esse fim.
O vídeo de divulgação mostra os diferentes pontos em que os fogos de artifícios foram disparados pelos membros da igreja.
Neste mesmo vídeo, há o depoimento de jovens que participaram da ação: “Deus ficou feliz com o que foi feito aqui na cidade”, afirmou um dos participantes.
Segundo o depoimento de um dos jovens, o objetivo da ação foi fazer que “as pessoas saibam que, em cada ponto da cidade, existem seguidores de Deus”.
Confira no vídeo abaixo:


“A Biblia Segundo Beliel”: Escritor Publica Versão Da Bíblia Narrada Por Um “Amigo De Lúcifer”





“A Bíblia Segundo Beliel” é o título do novo livro de Flávio Aguiar, que é professor e pesquisador do programa de pós-graduação em Literatura Brasileira da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/ USP).

“A Biblia Segundo Beliel”: Escritor publica versão da Bíblia narrada por um “amigo de Lúcifer”
“A Biblia Segundo Beliel”: Escritor publica versão da Bíblia narrada por um “amigo de Lúcifer”
Com título polêmico, o livro é apresentado como uma obra que contará que a história “da criação ao fim do mundo, como tudo de fato aconteceu”. “A Bíblia Segundo Beliel” será lançado este mês, pela editora Boitempo.
O texto se apresenta como uma versão das escrituras sagradas do cristianismo escritas por um anjo desgarrado, que teria sido banido do reino dos céus junto com Lúcifer. De acordo com a sinopse divulgada pela editora, o livro conta versões dos fatos bíblicos sob a ótica de personagens como os mercadores que tiveram as barracas derrubadas por Jesus no Templo, Caim, os escravos de Jó e até mesmo a pomba soltada por Noé na arca,Professor e pesquisador de literatura da USP, o autor do livro explica a construção de sua obra como uma “possessão” de um anjo torto, que escreveu o livro através dele.
- Foi uma possessão. Passei muitos anos estudando as Bíblias como fontes literárias e das demais artes. Mais da metade das literaturas e das artes que estudamos e curtimos são incompreensíveis sem um conhecimento mínimo das diversas Bíblias. Até um autor declaradamente ateu, como Machado de Assis, é profundamente bíblico. Acho que de repente isso se materializou numa reescritura do que eu lera e me inspirara na minha vida de professor e crítico literário. Como se todo esse mundo acumulado pegasse um desvio da linha e saísse em busca de um caminho próprio. Por isso não consigo dizer, por exemplo, que o livro é meu. Ele é mesmo do Beliel, esse anjo torto que se materializou em mim. Eu fui apenas seu porta-voz – explica Aguiar.

Leia o texto de orelha do livro, escrito por José Roberto Torero:

Em verdade, em verdade vos digo: todo escritor quer ser Deus.
E não é exagero. Pode comparar, fiel leitor: primeiro eles criam um ambiente, depois sopram vida aos personagens e por fim causam conflito entre eles. Iguaizinhos ao Todo Poderoso. Sem falar que há alguns que até se dizem imortais.
Sim, todo escritor quer ser um pequeno deus. Mas esse tal de Flávio Aguiar foi mais longe. Além de criar paisagens, personagens e conflitos, ele decidiu reescrever o próprio livro do Senhor.
Porém, se a Bíblia original foi escrita sob inspiração divina, esta foi feita sob transpiração humana. Vê-se que o autor domina profundamente o assunto, que estudou até os pontos e vírgulas das santas escrituras. Só conhecendo bem um livro se pode recontá-lo, invertê-lo, mostrar o seu avesso.
E uma das graças desta Rebíblia (e ela é cheia de graças) é justamente contar as coisas a partir de um ângulo diferente, novo, inesperado.
Finalmente o leitor poderá ver personagens secundários contando a sua versão dos fatos. Por exemplo, verá a história do ponto de vista de Caim, o filho (ou neto) desprezado, a versão da pomba de Noé (e assim talvez pela primeira vez possamos saber como era o cheiro no porão da arca), os bastidores do incêndio de Sodoma e Gomorra e como foi a fuga do Egito capitaneada por Moisés (curiosamente o patriarca gosta de citar Camões, e eles realmente têm algo em comum, pois ambos atravessaram mares).
Aliás, nesta Bíblia do B há uma turma inesperada atravessando o deserto, formada pelo jovem Marx, Rosa Luxemburgo, Maiakovski, Luiz Carlos Prestes e outros canhotos ilustres. Um bando que, em vez de hinos religiosos, avança sobre as dunas cantando: “Avanti popolo, alla riscossa, bandiera rossa, bandiera rossa!”.
Falando em classes oprimidas, temos aqui o testemunho de um dos escravos de Jó (que jogavam caxangá), as memórias de um dos pobres mercadores que tiveram suas barracas derrubadas por Jesus e, ainda, os inesperados depoimentos de um diabo e de um anjo secundários, talvez (que Deus me perdoe) os dois personagens mais interessantes de todo o livro.
E por fim (ele não poderia estar em outro lugar) há um surpreendente Apocalipse, do qual não falarei nada para não estragar a surpresa, mas que tem a ver com mulheres, muitas mulheres.
Fonte: Gospel +


E acontecerá naquele dia, diz o SENHOR dos Exércitos, que tirarei da terra os nomes dos ídolos, e deles não haverá mais memória; e também farei sair da terra os profetas e o espírito da impureza.Zacarias 13:2
AMÉM. 
GOSTARIA DE DIZER A VOCÊS AMADOS IRMÃOS EM CRISTO, QUE ESTE LIVRO NÃO PASSA DE UMA BLASFÊMIA E QUE SATANÁS É MUITO INVEJOSO E É O PAI DA MENTIRA. 
OLHA ele ESTA SEMPRE TENTANDO IMITAR A JESUS.
MAS NADA SUPERA A VERDADEIRA REALIDADE. QUE É A PEDRA ANGULAR QUE TODOS REJEITARAM,  (JESUS É A PEDRA ANGULAR.)
SIM O SENHOR JESUS FOI ACUSADO, HUMILHADO,MACHUCADO E MORREU NA CRUZ POR AMOR A NOS. 
ELE VENCEU A MORTE; ELE VENCEU SATANÁS E SEUS SEGUIDORES; SOMOS EM MAIOR NUMERO TENHA CERTEZA DISSO IRMÃO, POIS JESUS CRISTO É O CAMINHO.
Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.   João 14:6
GLÓRIA A DEUS E ALELUIAS. SALVE O NOSSO MESTRE E SALVADOR   JESUS CRISTO.

Versículos do dia






E, tendo mandado que a multidão se assentasse sobre a erva, tomou os cinco pães e os dois peixes, e, erguendo os olhos ao céu, os abençoou, e, partindo os pães, deu-os aos discípulos, e os discípulos à multidão. E comeram todos, e saciaram-se; e levantaram dos pedaços, que sobejaram, doze alcofas cheias.





E todos da multidão ficaram maravilhados com este milagre da multiplicação.
Porque Jesus é isto: um Deus maravilhoso que nos ama com um amor Agabe, um amor tão incondicional que morreu na cruz por amor a nós.
Ele, "o nosso Mestre", não nos acusa; somente pede que tenhamos fé e que devemos deixar  em suas mãos todos os nossos problemas que Ele resolverá. (Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. 
Salmos 40:1)
A seu tempo, não na nossa aflição
O milagre podemos deixar com Ele, porque até nos dias de hoje Ele continua a alimentar a multidão faminta e sedenta da palavra. Jesus quer somente o nosso amor e confiança. (Fé)
Paz seja contigo irmão.

Pregadores, televangelistas e cantores mais populares do que Jesus Cristo











Muitos cristãos reprovaram e reprovam até hoje a frase de John Lennon: “Nós já somos mais populares do que Jesus Cristo”, publicada no jornal The London Evening Standard, em 1966. O astro quis dizer que os Beatles tinham maior influência sobre a juventude do que Jesus. Mas, quinze anos depois dessa declaração, ele foi assassinado por um fã enlouquecido, levando muitos a associarem a trágica morte com a infeliz declaração acima.
Bem, o que temos visto hoje, no meio evangélico? Vemos os mesmos evangélicos que consideram a declaração de Lennon blasfema se portando como fãs de cantores e pregadores! Isso mesmo. Basta folhearmos algumas revistas evangélicas, visitarmos alguns sites e participarmos de alguns congressos de jovens e adolescentes (e de missões também) para percebermos como cantores e pregadores são, para muitos, mais populares do que Jesus Cristo! O fã-clube já se tornou comum em nosso meio.
É PECADO SER FAMOSO?
Não é pecado ser admirado, ter fama (uma boa fama, é claro), pois até o Senhor Jesus era famoso, a ponto de a sua fama correr por toda a parte (Mt 14.1; Lc 4.14). O que é errado é buscar a fama e incentivá-la. E, qual é a finalidade do fã-clube? Alimentar a fama de astros.
Nada tenho contra pessoas que admiram pregadores e cantores. O apóstolo Paulo até incentivou os coríntios a imitá-lo (1 Co 11.1). Aliás, há pessoas que me admiram como pregador e escritor,como se vê neste blog. Mas que ninguém venha me dizer que eu sou o maior pregador, o melhor escritor e, com isso, criar o fã-clube do Ciro. Eu não posso impedir que alguém faça isso, porém eu jamais incentivaria ou apoiaria um fã-clube em torno do meu nome.
Somos livres para admirarmos pessoas, mas hoje em dia tem havido idolatria no meio do povo de Deus. Certos cantores e pregadores são, para muitos crentes, mais populares do que Jesus Cristo. Eu gosto de alguns hinos de certa cantora, mas onde ela chega todos ficam maravilhados, e os holofotes voltam-se para ela. A estrela chegou! Ela é ou não é mais popular do que Jesus Cristo?
QUEM É O MAIOR PREGADOR?
Certo pregador ficou sem graça, em um grande evento, pois, no meio de sua pregação, a mencionada cantora chegou, e todos se viraram para vê-la, deixando o pregador falando palavras ao ar. Eu já passei alguns apuros em congressos em que o público, em sua maioria, participa só para ver o cantor fulano. Muitos saem na hora da mensagem, e ao final da reunião tudo o que querem é ficar perto do seu ídolo… Isso é idolatria! E muitos jovens estão embarcando nessa “canoa furada”.
O que vemos no Orkut? Pessoas que se dizem cristãs debatendo sobre quem é o melhor pregador ou cantor do Brasil… Ora, isso cheira idolatria! Muitos jovens não são capazes de defender o evangelho de Cristo, mas, se alguém falar alguma coisa de seu cantor ou pregador preferido, prepare-se para a guerra. Que engano!
É claro que podemos admirar, defender, se for o caso, alguém que admiramos, mas blindá-lo de tal modo, a ponto de não admitir que ninguém fale nada de suas pregações ou composições é uma postura extremada e perigosa. Por que os crentes de Beréia foram considerados nobres? Justamente por examinarem à luz da Palavra de Deus tudo o que era pregado (At 17.10,11). Hoje, se eu examinar a pregação ou composição de alguém — o que é perfeitamente lícito, biblicamente (Jo 7.24; Mt 7.15; 1 Jo 4.1; 1 Co 2.15; 1Ts 5;21) —, por mais que nelas haja heresias e incongruências, os fãs de plantão ameaçam, xingam, dizem que eu sou invejoso, etc. Que tipo de crentes são esses? São aqueles que consideram os seus cantores e pregadores favoritos mais populares do que Jesus Cristo!

Para quem não sabe, eu admiro muita gente, uns mais, outros menos. E há pessoas (poucas) que eu admiro muitíssimo. Mas não as considero irrepreensíveis e imutáveis. Infalível é o Senhor Jesus, no qual fixo os meus olhos (Hb 12.1,2), e a sua Palavra (1 Pe 1.24,25).
VOCÊ PARTICIPA DE FÃ-CLUBE?
O que é mais triste é ver que muitos cantores e pregadores apóiam clubes de fãs, ignorando que Deus não dá a sua glória para ninguém (Is 42.8). E, se eles têm uma boa voz; se pregam ou cantam bem, com unção do Espírito, tudo é porque que o Senhor os tem abençoado (Is 50.4).
É óbvio que todos nós queremos que o povo goste de nosso trabalho, mas, no caso do crente em Jesus, o seu objetivo maior é agradar a Deus. Estêvão, quando pregou diante das autoridades, todos taparam os ouvidos. E, ao final de sua exposição, ele foi apedrejado (At 7.57). Alguém diria: “Que fracassado!” Porém, ele, antes, cheio do Espírito, ao olhar para o Céu, que estava aberto, vira o Senhor Jesus em pé, ao lado de Deus Pai, em sinal de aprovação (At 7.55). Temos de cantar e pregar para deixar Jesus em pé, e não o povo! Se bem que, se as duas coisas acontecerem, é o ideal.
Há cantores e pregadores — mais populares do que Jesus Cristo — dizendo que apóiam os clubes de fãs porque são formados por intercessores, ajudadores, etc. Ora, o apóstolo Paulo tinha os seus apoiadores (Rm 16), e Jesus também tinha os seus discípulos. Mas não confundamos as coisas! O conceito de fã-clube é secular, mundano, e a Palavra de Deus nos orienta a não nos conformarmos com o mundo (Rm 12.1,2; 1 Jo 2.15-17).
Os astros costumam ser vaidosos, exigentes, imodestos… Infelizmente, vemos hoje cantores e pregadores agindo como os tais. Pedem para ficar no hotel ou em uma sala com ar condicionado até que chegue a hora de se apresentarem; não participam do culto. Por outro lado, alguns irmãos, mal-orientados, não param de tirar fotos: antes, durante e depois da apresentação dos cantores ou pregadores. Muitos desses crentes mal-orientados ficam deslumbrados por terem tocado em um cantor ou pregador… Diga-me: Isso não é idolatria?
DEUS NÃO DÁ SUA GLÓRIA A OUTREM
A bem da verdade, se alguém me considera um exemplo (glória a Deus por isso), reitero que também tenho os meus referenciais. Mas não contem com o meu apoio para a criação de um fã-clube. Não confundamos o profano com o sagrado. Culto não show. Neste, os astros se apresentam aos seus fãs. No culto, todos louvam ao Senhor Jesus. O cantor evangélico que se preza não é igual ao cantor mundano. O pregador compromissado com o Deus da Palavra e com a Palavra de Deus não reúne pessoas à sua volta. Moisés reuniu o povo em redor da rocha, que, nesse caso, representa Cristo (1 Co 10.4; 1 Pe 2.4).
O conselho que dou a todos os jovens é que deixem de lado as efemeridades e amadureçam, a fim de que agradem a Deus (Ec 12.1). O Senhor Jesus não os salvou para que sejam fãs de cantores e pregadores. Isso a nada leva. Nem o Senhor Jesus deseja ter fãs! Ele chama os que, renunciando a si mesmos e tomando a sua cruz, desejam ser seguidores (Lc 9.23).
Lembremo-nos do que está escrito em Isaías 42.8: “Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei…”
Glória seja dada ao maravilhoso nome de Jesus!
por: Ciro Sanches Zibordi

Exorcista usa métodos não tradicionais para livrar seus clientes de espíritos malignos






Hermes Cifuentes, mais conhecido como irmão Hermes, é um sacerdote colombiano que há 25 anos trabalha exorcizando pessoas supostamente possessas por espíritos malignos.
Semanalmente ele atende cerca de dez pessoas que tentam se livrar de seus males através dos métodos nada convencionais que são praticados.
Para poder livrar as vítimas desses espíritos, Hermes cobre essas pessoas com terra e as posicionam dentro de um círculo de fogo. Folhas e limões são colocados em volta do corpo enquanto as vítimas seguram cruzes e ovos nas mãos.





Em outra parte do ritual o sacerdote de 50 anos coloca seus pacientes dentro de buracos fundos e passa as mãos sobre seus corpos, ao fazer isso ele alega que está obrigando esses espíritos malignos a saírem.
Nesses anos todos de trabalho, Hermes garante já ter realizado 35 mil sessões de exorcismo, ajudando milhares de pessoas a se livrarem do mal.

Hamas celebra 25º aniversario, prometendo livrar a Palestina de Israel






Durante a celebração do 25º aniversario do movimento Hamas, seu principal líder diante de milhares de pessoas nas ruas de Gaza, prometeu “libertar a Palestina”, e de “não ceder um milímetro de sua terra e nunca reconhecer Israel”.
Khaled Meshaal, líder do Hamas no exílio, nascido na Cisjordânia, chegou pela primeira vez a Gaza depois de deixar a Palestina em 1967.
“No 25 º aniversário do Hamas, eu digo que a Palestina desde o rio Jordão ao Mediterrâneo e do norte para o sul são as nossas terras e nossos direitos e nosso país e nós nunca faremos quaisquer concessões em um milímetro de sua terra”, disse aos palestinos reunidos na  capital Gaza.

“Nunca reconheceremos a legitimidade da ocupação israelense e de Israel, por mais que dure“, afirmou.
Hamas ( que significa ‘fervor’ e as vezes é uma abreviação de ‘Harakat al-Mugáwama al-Islamiya’, que significa “Movimento de Resistência Islâmica), é uma organização radical e um partido político palestino fundado em 1987 com o objetivo de estabelecer um estado islâmico na região histórica da Palestina que inclui o que atualmente é a Faixa de Gaza, Cisjordânia e Israel.
O Hamas é considerado uma organização terrorista pela União Europeia, EUA, Israel e Japão, enquanto a Rússia e a Turquia não a consideram como tal.  - RT

Maiorias das pessoas nos Estados Unidos não sabem quem é Jesus








O pastor John Ortberg, da igreja Presbiteriana de Menlo Park na Califórnia, usou um estudo realizado pela Harris Interactive da editora Zondervan, para alertar as igreja que as pessoas em geral ‘não conhecem a verdade sobre Jesus’.
Apesar dos 66% dos entrevistados dizerem que acredita que Jesus é a figura mais importante da historia, o estudo mostra que poucos realmente sabem sobre que Ele é.
“Muitas pessoas não sabem o papel de Jesus na criação de uma sociedade onde todas as pessoas são reconhecidas, tem direito a serem incluídas e consideradas iguais”, diz o pastor.
“Isso realmente foi a idéia que começou em Israel e se espalhou pelo mundo pelos seguidores de Jesus, cada ser humano é criado à imagem de Deus, é amado por Deus e, portanto, temos que ter compaixão por todos”, acrescenta Ortberg.
Ele disse que as instituições como orfanatos e hospitais se originaram dos seguidores de Jesus, que se lembrou de seus ensinamentos e da compaixão e decidiram cuidar dos outros.
Também se recorda que havia um desequilibro entre os sexos nos tempos de Jesus, cerca de 1 milhão de mulheres e 1,4 milhão de homens. Muitas das crianças que morriam durante o parto ou ao nascer morriam por causa de seu sexo, considerado menos valioso.
“Foi realmente através dos ensinamentos de Jesus e da forma em que ensinou as mulheres, como os homens a reconhecerem que as mulheres tinham também a imagem de Deus nelas. Elas formam as primeiras a testificar a sua ressurreição. Os líderes da igreja primitiva foram os primeiros a ensinar a cerca da dignidade e o valor da igualdade das mulheres, muito antes da sociedade ensinar e espalhar esse conceito.”, disse o pastor. “Portanto, os ensinamentos de Jesus em muito melhorou a condição das mulheres.”
Ortberg compilou dados de várias pesquisas realizadas por Harris / Zondervan em seu novo livro, Quem é este homem?. Ele revela, por exemplo, que 89% das pessoas não estão cientes de que os seguidores de Jesus foram os pioneiros no conceito de alfabetização universal e educação. O pastor lamenta que as pessoas não saibam sobre que admitem ser a figura mais importante na história.
Após o anuncio de um fragmento de papiro onde supostamente Jesus diz que tinha uma esposa, muitos historiadores e teólogos se perguntam o que as pessoas realmente sabem sobre a vida de Jesus.
A pesquisa realizada pela Harris / Zondervan revela que a maioria das pessoas não entende a influência de Jesus na cultura, apesar de reconhecer sua imagem de 2000 anos após sua morte. A maioria dos entrevistados não poderia responder corretamente a perguntas sobre sua influência e ensinamentos. Menos da metade (47%) reconhece que Jesus foi o primeiro homem a defender a ideia de uma sociedade inclusiva e igualitária.
“Vivemos em um mundo onde o impacto de Jesus é imenso, no entanto, seu nome não pode ser mencionado em vários países”, lembra ele.
A pesquisa online foi realizada entre 13 e 17 de setembro e entrevistou 2.339 adultos, incluindo 1062 que afirmava ser cristãos.

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.