Ativistas gays agridem jovens cristãos durante caminhada em protesto contra o aborto, em Curitiba. Assista








Um manifesto pacífico contra o aborto, promovido pela Instituição Católica Plínio Corrêa de Oliveira (IPCO), terminou em tumulto após ativistas gays agredirem os manifestantes.
O ato, chamado Cruzada pela Família, foi realizado no dia 14/01 e contava com jovens católicos voluntários da instituição, e protestava contra o aborto, ressaltando também o modelo tradicional da família e pregando contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo.
Um grupo de ativistas gays e simpatizantes se juntou à caminhada e passou a agredir os jovens fisicamente, além de cusparadas e gestos obscenos.
Os jovens manifestantes divulgaram um vídeo com as cenas de enfrentamento e agressões dos ativistas gays.
Em sua descrição, ressaltam que seu manifesto era pacífico e uma expressão de princípios, direitos garantidos constitucionalmente.
Para os manifestantes do IPCO, o comportamento dos agressores mostra a “intolerância” de uma “ditadura gay”.
Confira no vídeo abaixo, as cenas gravadas pelos jovens da IPCO. Há cenas de violência e gestos obscenos, portanto, cuidado:




Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.