@Irma_Zuleide é presa: Criador de famoso perfil que satirizava evangélicos é detido pela polícia


irma zuleide




Na madrugada do último domingo (27), a polícia de Santos, no litoral de São Paulo, deteve o criador da personagem “’Irmã Zuleide”, famoso nas redes sociais por satirizar os evangélicos. O DJ Álvaro Oliveira Rodrigues, de 30 anos, responsável pelos perfis da personagem, foi levado pela polícia enquanto tocava em uma casa noturna, e responderá na justiça pelos crimes de constrangimento, injúria e difamação.
Com mais de 400 mil seguidores no Twitter e cerca de 2,1 milhões no Facebook, o perfil da Irmã Zuleide é uma febre na internet há quase dois anos. O dono dos perfis era investigado pela polícia porque a foto usada nos perfis é, na verdade, de uma professora de Campinas, que afirma ser constantemente constrangida por causa das publicações feitas pela “Irmã Zuleide”.
A professora, que preferiu não se identificar, conta que o constrangimento causado pelo perfil fez com que ela virasse motivo de chacota na cidade onde mora. Segundo a professora, depois que tomou conhecimento do perfil ela acionou a polícia, com o objetivo de impedir que sua imagem fosse usada de maneira indevida na internet.
A polícia foi levada até Rodrigues quando um advogado da professora descobriu que ele faria um show em uma casa noturna em Santos e, e procurou o 1º Distrito Policial da Cidade, que começou a investigar o caso e levou o DJ até a delegacia, onde ele assinou um termo circunstanciado e foi liberado em seguida, segundo informações do G1.
Depois de liberado pela polícia, o DJ, que usava a imagem do personagem para promover suas apresentações, usou os perfis nas redes sociais para ironizar a prisão com frases como:
- Jovens tem (sic) comida grátis aqui na cadeia, vou encher o buxo (sic)! Ôh, Glória!!
- O wi-fi aqui da cadeia é melhor do que o lá de casa! Ôh Bênção!!
- O irmão Teobaldo chegou na delegacia com um abre os corpos e fui libertada, só Jesus na causa.
A prisão de Rodrigues levou o termo “Irmã Zuleide” a ficar entre os tópicos mais citados do Twitter no Brasil. A maioria das mensagens publicadas na rede social questionavam o futuro de outros personagens que utilizam fotos e nomes de personalidades para fazer piadas na internet.
Em tom irônico, o DJ escreveu uma mensagem no Facebook na qual deixa a entender que a prisão e o processo que irá responder não farão com que ele pare de utilizar o personagem.
- Não vou abandonar o que eu amo, não vou abandonar os que faço feliz. Não vou abrir mão de cada sorriso, de cada mensagem. Não deixar de alegrar diariamente cada um de você (sic). Às vezes as coisas acontecem, mesmo quando não temos intenções negativas, coisas da vida, segredos de Deus. Beijos de luz aos que estão comigo, e obrigada sempre pelo carinho – escreveu.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.