Trazendo à memória o que me pode dar esperança






Há momentos em que a providência parece carrancuda demais. As circunstâncias conspiram contra nós e os sentimentos açoitam nosso peito com desmesurado rigor. O profeta Jeremias, viu a cidade de Jerusalém sendo devastada pelos caldeus. Os muros da cidade foram quebrados e o templo arrasado até aos fundamentos. Os velhos eram pisados como lama nas ruas e as jovens forçadas.
A humilhação e a dor torturavam o povo. No meio desse torvelinho de dor, Jeremias disse: “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança”. Talvez você esteja, também, cercado por situações difíceis. Talvez você esteja sendo humilhado por inimigos que oprimem sua vida. Talvez a injustiça prospera e você se sente debaixo das botas dos opressores. Tire os olhos das circunstâncias.
Volte seus olhos para Deus e ore como o profeta Jeremias. Ainda que a dor hoje pareça incurável, traga à sua memória aquilo que lhe pode dar esperança!
por: Hernandes Dias Lopes.

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.