Líder islâmico é condenado à morte em Bangladesh











Um Tribunal de Bangladesh condenou a morte, Delwar Hossain Sayeedi, vice-presidente do partido islâmico Jamaat-e-Islami, que coopera com vários partidos islâmicos do mundo, entre eles a Irmandade Muçulmana.
Sayeedi, de 73 anos foi condenado por crimes cometidos durante a guerra da independência do país em 1971, que matou cerca de 3 milhões de pessoas, sendo considerado culpado pelos massacres, estupros, incêndios e roubos, e por obrigar a minoria de hindus a se converter ao Islã.
Os advogados de Sayeedi planejam recorrer a sentença. Seu partido convocou protestos contra a decisão. Jamaat se opôs à independência de Bangladesh, mas nega ter cometido crimes de guerra. - rt

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.