Namorar ou “ficar”?





Muitos jovens em nossos dias, estão se rendendo à decadente cultura do relacionamento sem compromisso e estão “ficando” com um e outra hoje e com uns e outros e umas e outras amanhã.
É um relacionamento de entrega, onde há beijos e abraços (para não dizer outras coisas mais) com uma pessoa que não se conhece nem tem qualquer compromisso. Essa prática está completamente contrária ao propósito de Deus. Os jovens cristãos são regidos pelos princípios de Deus e não pela ética relativa do mundo. Não podemos nos conformar com este século. O namoro dos jovens cristãos precisa ser puro, íntegro e com propósitos elevados, visando o casamento. Essa prática do “ficar” é um desrespeito a si mesmo, à família e aos valores da ética cristã. Esse tipo de relacionamento descartável revela a fragilidade da formação familiar e empurra a nossa juventude para a vala comum da decadência dos valores e da falência das futuras famílias.
Que Deus tenha misericórdia da nossa juventude. É tempo de recuar! É tempo de inconformar-se com o conformismo do mundo para nos conformarmos com o inconformismo de Deus.
por: Hernandes Dias Lopes

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.