Pastor é preso sob acusação de sequestro por abrigar meninas que fugiam de casamento muçulmano forçado


Ilustrativo.


Um pastor nigeriano do Estado de Bauchi foi preso por dar abrigo a três meninas menores de idade que fugiam de um casamento forçado e da obrigatória conversão ao islamismo.
A Missão Portas Abertas relatou que as meninas de 10, 13 e 15 anos de idade são cristãs e filhas de um homem recém-convertido ao islamismo que teria imposto a elas a conversão à sua religião e um casamento com muçulmanos.
A Portas Abertas diz ainda que a obrigação a conversão ao islã e casamento forçado são duas das estratégias mais comuns no norte da Nigéria, que tem vivido um processo de erradicação do cristianismo.
Segundo o site da Missão, uma equipe qualificada tem acompanhado os trâmites judiciais e providenciou apoio jurídico ao pastor preso.
“Interceda pelas três meninas que, sendo ainda tão jovens, têm enfrentado circunstâncias muito difíceis.  Peça ao Senhor que as conforte e fortaleça; Ore pela proteção e a graça de Deus sobre a vida do pastor, que enfrenta graves acusações; e apresente a Deus essa situação e peça para que a justiça seja feita. Ore para que a equipe legal tenha a sabedoria necessária para lidar com esse caso”, apela a Missão Portas Abertas.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.