Pastor Marco Feliciano critica ataques recebidos da imprensa e artistas: “Haverá um dia em que sentirão falta destes ‘Felicianos’”





Na noite desse sábado o deputado pastor Marco Feliciano comentou sobre membros da imprensa e artistas que vêm criticando sua presença na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, sobretudo aqueles que o apontam como um “conservador”, de maneira pejorativa.
Os comentários do parlamentar iniciaram depois que ele “retwitou” duas notícias que mostravam dois artistas, Thiago Pethit e Daniela Mercury, o criticavam, chegando até mesmo a pedir seu impeachment.
À notícia da Folha de S.Paulo, que dizia “Thiago Pethit convida Feliciano a ‘borrar o batom’ com ele”, o pastor respondeu: “E eu faço votos para que seja muito feliz”. Ele também comentou “E eu peço a Deus que a abençoe”, ao retransmitir a notícia “Daniela Mercury pede impeachment de Feliciano e igualdade dos gays”, do Estadão.
- Alguns da imprensa (militante) criaram um “apelido” aos conservadores: “Felicianos” – falam em tom irônico, com desprezo, sentem repulsa… – comentou Feliciano logo em seguida, completando que em algum tempo a sociedade se ressentiria pela falta de pessoas que tem a mesma visão conservadora que ele.
- Se este mundo durar ainda mais uns 20 anos, haverá um dia em que sentirão falta destes “Felicianos”… E falo isso em tom de profecia. – afirmou, completando com uma mensagem na qual afirmava que faria orações para seus algozes.
- Neste momento, vou dobrar os meus joelhos e elevar uma prece a Deus, repetindo a oração de Jesus: “Perdoa-os por que não sabem o que fazem” – declarou.
Feliciano criticou ainda o fato de que as pessoas que o atacam por suas opiniões não fazem o mesmo com líderes católicos que, segundo ele, compartilham da mesma opinião que ele.
- Ah sim e tbém gostaria de saber pq estes “artistas” e esta “imprensa” não falam do Papa Francisco, da CNBB e de outros que pensam como eu… Na verdade eu sei. É q como evangélico sofro calado. Se eles mexerem com gente grande pode ter um efeito colateral. Então falem do Feliciano – criticou.
As declarações de Feliciano receberam apoio de vários de seus seguidores que retransmitiram suas mensagens, e de outros líderes religiosos, como Renê Terra Nova, que afirmou que os ataques a Feliciano estariam sendo usado por artistas como forma de alavancarem suas carreiras que, segundo ele, estariam falidas.
- A cantora falida, sem publico e sucesso está querendo aparecer! Agora ela é passado! Nem o novo publico a ressuscita. – afirmou Terra Nova, em mensagem retransmitida por Feliciano.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.