Senado americano aprova apoio a Israel em caso de guerra contra o Irã










O Senado americano aprovou uma resolução que prevê o apoio militar a Israel caso desate um conflito contra o Irã. A iniciativa foi aprovada com 99 votos a favor e apenas 1 contra.
A resolução foi apresentada pelo senador republicano da Carolina do Sul, Lindsey Graham e pelo democrata de Nova Jersey, Robert Menéndez. O documento também prevê o apoio dos EUA: o direito de Israel auto defender-se.
Se Israel sentir-se obrigado em empreender uma ação militar em defesa própria contra o programa nuclear do Irã, o governo americano deve proporcionar a Israel apoio diplomático, militar e econômico para defender seu território e sua população“, diz a resolução, que aponta expressamente que não se trata de uma declaração de guerra.

A resolução também apoia o fortalecimento das sanções contra o Irã, tanto por parte dos Estados Unidos como a nível internacional, algo que Graham acredita que o estado vem fazendo de uma maneira muito lenta.
“Isso é para evitar que o Irã obtenha uma arma nuclear. Se o Irã não pode vender seu petróleo e não obter renda, não será capaz de fabricar uma arma nuclear”, disse o senador republicano.
Já Menendez, presidente do Comitê de Relações Exteriores do Senado, assegurou que seu comitê seguira considerando outras opções, entre elas o aumento da pressão militar, a fim de impedir que o Irã faça arma nuclear.
Nos últimos anos a nação persa esta sendo submetida a uma crescente pressão internacional devido ao seu polêmico programa nuclear. Estados Unidos, Israel e seus aliados suspeitam que o Irã esta utilizando o programa como disfarce para desenvolver armas nucleares em segredo.
Por sua vez, a Republica Islâmica, rejeita as acusações e defende insistentemente de que é para fins pacíficos o seu programa, considerando as sanções ocidentais como ilegais e infundadas. – RT
Portal Padom

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.