[Vídeo] Pastor Silas Malafaia critica Conselho Nacional de Justiça por resolução que obriga cartórios a realizarem casamento gay: “Palhaçada”; Assista







A resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) obrigando cartórios de todo o país a realizarem cerimônias de casamento entre pessoas do mesmo sexo tem causado polêmica na sociedade e foi tema de um discurso do pastor Silas Malafaia durante seu programa Vitória em Cristo, do último sábado, 25 de maio.
De acordo com Malafaia, a resolução do CNJ é uma “vergonha”, pois a medida tomou caráter de lei, o que seria inconstitucional, uma vez que a prerrogativa de legislar é do Congresso Nacional.
“Isso é uma afronta. Rasgaram, cuspiram, pisaram na Constituição Brasileira. Quem tem poder pra legislar é o Congresso Nacional. Eu sou contra a tentativa de botar o Judiciário de joelho. Tentaram lá – a turma dos mensaleiros que deveriam estar na cadeia – ridicularizar o Supremo Tribunal Federal (STF). Nós não aceitamos isso não. Supremo tem que estar independente, não pode estar submisso a nenhum poder. Agora o Conselho Nacional de Justiça? Quem é que disse que esse conselho tem autoridade pra uma coisa que muda o paradigma da sociedade?”, questionou o pastor.
O pastor ressaltou ainda que em “qualquer nação do mundo” que opte pela democracia, “é o povo que decide temas que são paradigmas da sociedade”. Malafaia afirmou que a postura do CNJ é uma afronta ao Poder Legislativo.
“Eu não estou falando de Evangelho, evangélico, católico, de minha religião, de meus dogmas. Eu estou falando de princípios que norteiam uma sociedade. E a imprensa brasileira se cala”, criticou Silas Malafaia.
O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) comentou a iniciativa do Partido Social Cristão (PSC) de entrar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no STF pedindo a suspensão da resolução do CNJ: “Eu espero daqueles doutos ministros, que eles possam entender que  – assim como ninguém pode botar o Supremo Tribunal Federal de joelhos – o Supremo Tribunal Federal não pode legislar. Eu espero que cassem essa palhaçada”.
Confira o discurso de Silas Malafaia no vídeo abaixo, a partir de 53 minutos:



Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.