Vítima do pastor Marcos Pereira afirma que teve casa invadida por homem encapuzado









Na última semana uma das suposta vítimas do pastor Marcos Pereira da Assembleia de Deus dos Últimos Dias, de estupro, procurou ontem a 64ª DP (São João de Meriti) para relatar que sua casa foi invadida três vezes por um homem encapuzado.
- A primeira vez que essa pessoa apareceu na minha casa foi na madrugada de terça para quarta-feira da semana passada, às 4h. Meu marido estava se preparando para sair de casa e viu esse homem pulando o muro de nossa casa. O homem fugiu. Dois dias depois, vi o mesmo homem, de capuz, no mesmo local. A última vez, nesta terça-feira, às 22h, estávamos chegando em casa e vimos ele no quintal. Ele correu para os fundos do terreno e conseguiu fugir. Chamamos a polícia, que não conseguiu encontrá-lo – declarou a mulher, segundo o jornal Extra.
Moradora do bairro do Éden, em São João de Meriti, próximo à igreja liderada por Pereira, a mulher registrou ocorrência e suspeita que o invasor seja alguma pessoa ligada ao pastor tentando intimidá-la. Ela também acusa o religioso de tê-la coagido no curso das investigações.
Além de Marcos Pereira, que está preso preventivamente desde o início de maio acusado de vários estupros, e outros crimes, dois fiéis da igreja também já foram presos, acusados de terem coagido uma vítima que diz ter sido estuprada pelo pastor.
O pastor é investigado em três ações diferentes: dois por estupro e um por coação no curso do processo.

Por Dan Martins, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.