O político evangélico ideal e Leonardo Boff Por Julio Severo




O político evangélico ideal, na visão dos socialistas, tem de se alinhar com a ideologia marxista. Esse político existe e posou, alegremente, ao lado de Leonardo Boff, a maior voz católica da marxista Teologia da Libertação.
Na foto, o importante pastor de São Paulo diz: “Encontro especial com um cara que me inspira há anos com o que escreve e prega… Um salve ao grande mestre Leonardo Boff.”
Boff havia sido condenado várias vezes pelo falecido Papa João Paulo 2 por suas ideias marxistas radicais. Hoje, Boff está fora da Igreja Católica. Mas os que seguem ideias semelhantes, entre os evangélicos, continuam com seus cargos e, muitas vezes, adulados.
O Dep. Carlos Bezerra, que é pastor da Comunidade da Graça e líder do PSDB em São Paulo, apareceu em foto com Boff porque ambos têm uma bandeira que usa os pobres em benefício de sua ideologia.
De forma igual, Marina Silva, membro da Assembleia de Deus em Brasília, aparece neste vídeo (http://youtu.be/ZGvsIXajiVs) elogiando Boff e sua Teologia da Libertação. Os pobres, no caso dela também, são a desculpa para alianças com marxistas e com o marxismo.
O socialismo precisa de estratégias e enganação para ganhar o coração das pessoas. Daí, a bandeira de “ajudar os pobres.” Boff e outros jamais diriam para o público: estamos usando os pobres para enganar vocês.

O doce do supremo pedófilo

Da mesma forma, não se pode esperar, jamais, que Satanás chegue até às pessoas com sua forma horripilante dizendo: “Sou Satanás e vim para matar, roubar e destruir.” Para enganar, ele se disfarça até de anjo de bondade e inocência, como diz a Bíblia.
De forma semelhante, o pedófilo chega com seu doce atraente e delicioso até a inocente criança. O doce do socialismo é sua propaganda mentirosa de ajuda aos pobres. Os estupros chegam depois: aborto, homossexualismo, carga abusiva de impostos, etc.
É possível Satanás, o autor do socialismo e de todo disfarce de anjo inocente, enganar cristãos e fazer deles seus servidores? A Bíblia não deixa dúvida disso: “E isso não é de admirar, pois até Satanás pode se disfarçar e ficar parecendo um anjo de luz. Portanto, não é nada demais que os servidores dele se disfarcem, apresentando-se como pessoas que fazem o bem. Mas no fim eles receberão exatamente o que as suas ações merecem.” (2 Coríntios 11:14-15 BLH)

Da Lixeira, sempre sai lixo

Contudo, nem sempre a malignidade vem disfarçada de bondade angélica. A primeira fonte evangélica (http://bit.ly/190V0zG) a chamar Carlos Bezerra de “político ideal” foi o Genizah, conhecido também como Lixeira Gossip.
Lixeira porque esse é exatamente o significado de Genizah. Gossip, palavra inglesa que significa “fofoca,” porque o tabloide sensacionalista mete a língua em todos os evangélicos que não são socialistas ou calvinistas.
Nesse trabalho sujo, de língua literalmente suja (http://bit.ly/XREUUr), a Lixeira ataca os opositores públicos do PLC 122 (os quais são na maioria neopentecostais) e ainda se disfarça (http://bit.ly/15Q9Shz) de “pastor reformado conservador” para atacar Julio Severo e ganhar o apoio de calvinistas conservadores nesse trabalho sujo.

Por que muitos calvinistas apoiam o lixo?

A tendenciosidade socialista da Lixeira Gossip é patente. Até mesmo colunistas desse tabloide reconhecem isso. Marcelo Lemos, que é pastor calvinista, confessou sobre o tabloide onde ele é colunista: “É um blog que faz apologia contra o neopentecostalismo, mas que tem feito muita defesa do esquerdismo.”
Isto é, até mesmo líderes calvinistas não esquerdistas sabem o que fazem quando recomendam a Lixeira Gossip. Mas eles precisam da visibilidade que, ainda que por intenções ocultas, a Lixeira lhes dá.
Parece que a extrema tolerância ao esquerdismo da Lixeira, entre presbiterianos e outros calvinistas, se deve ao fato de que o alvo de ataque do tabloide sensacionalista tem consenso entre calvinistas liberais e calvinistas não liberais: os neopentecostais.
Tanto calvinistas esquerdistas quando calvinistas que não se julgam esquerdistas veem no neopentecostalismo uma heresia mortal muito pior do que o marxismo. Portanto, na luta contra o neopentecostalismo, vale tudo, até entrar na imunda lata da Lixeira Gossip, ainda que tapando o nariz.
Não se deve estranhar, pois, quando a Lixeira Gossip e seus aliados (http://bit.ly/13HCRDM) chamam Ana Paula Valadão e outros neopentecostais de heréticos, loucos, apóstatas e outros adjetivos “apologéticos,” sob os aplausos estrondosos de calvinistas mal-informados, mas elogiam marxistas descarados, sob o silêncio desses mesmos calvinistas. E como iriam eles reclamar? Como aperitivo, para lhes adocicar a boca e o ego, a Lixeira Gossip sempre faz questão de publicar textos de Augustus Nicodemus e outros teólogos calvinistas, que nunca reclamaram da visibilidade que a Lixeira lhes dá.
Nicodemus e a Lixeira podem, como calvinistas, ter suas discordâncias doutrinárias específicas, mas num ponto os dois estão em plena concordância: o neopentecostalismo é heresia. Na visão deles, os milhões de membros das igrejas neopentecostais estão condenados ao inferno, a não ser que se arrependam e se tornem correndo membros de igrejas calvinistas.

“Ecumenismo” sob o imundo sangue de Karl Marx

Possivelmente, Carlos Bezerra não é calvinista. Mas não tem problema: sob Karl Marx, ele, Genizah e sua turma são todos irmãos. O sangue vermelho do socialismo “lava” todas as diferenças entre calvinistas e não calvinistas. Aliás, até os neopentecostais serão aceitos com seus dons espirituais e tudo o mais que alguns calvinistas consideram heresia quando reconhecerem Marx como senhor e salvador.
Enquanto calvinistas mal-informados se aliam à Lixeira Gossip e outros perturbados para difamar como “heréticos” Ana Paula Valadão e outros neopentecostais por acreditarem que Deus concede hoje profecia e outros dons espirituais, os verdadeiros heréticos posam com Leornado Boff, considerado herético pela Igreja Católica, e ainda posam de “apologetas” e “defensores” da fé.

Recado para os colunistas e apoiadores da Lixeira Gossip

O Senhor Jesus tem um importante recado para o Rev. Marcelo Lemos, o Pr. Ciro Zibordi (http://bit.ly/13QXS2W) e outros que acham que podem tranquilamente manter comunhão com os apóstatas:
“Já vos adverti por carta que não vos associásseis a nada que fosse imoral. Dizendo isso, não me refiro às pessoas imorais deste mundo, nem aos avarentos, ou aos ladrões, ou ainda, aos idólatras. Se assim fosse, seria necessário que saísseis do mundo. Entretanto, agora vos escrevo para que não vos associeis com qualquer pessoa que, afirmando-se irmão, for imoral ou ganancioso, idólatra ou caluniador, embriagado ou estelionatário. Com pessoas assim não deveis sequer sentar-se para uma refeição. Pois, como haveria eu de julgar os que estão fora da igreja? Todavia, não deveis vós julgar os que são de dentro? Contudo, Deus julgará os que são de fora. Expulsai, portanto, do vosso meio esse que vive na prática da indecência.” (1 Coríntios 5:9-13 KJA)
Crerei numa obra genuína do Espírito Santo entre os calvinistas quando eles conseguirem expulsar do meio deles a Lixeira Gossip e outros indecentes amantes de Karl Marx e seus filhotes, inclusive Boff.

Bezerra precisa de disciplina

Sendo calvinista ou não, Carlos Bezerra também merece ser excluído por tal heresia, que o deixa sempre pronto a apoiar quem Jesus não apoia e condenar iniciativas pró-família. Recentemente, ele condenou (http://bit.ly/12xPJQi) a Marcha pela Família de Silas Malafaia em Brasília.
A Marcha pela Família denunciou publicamente o aborto, o “casamento” gay, o PLC 122 e outras iniquidades. Se Malafaia e outros neopentecostais não denunciarem o que precisa ser denunciado, quem o fará? A Lixeira Gossip? Leornado Boff? Carlos Bezerra?
O Rev. Alberto Thieme, que é pastor presbiteriano e testemunhou pessoalmente (http://bit.ly/13QWbSY) o horror do socialismo, está chocado com a conduta ideológica de Bezerra. Chocado porque ele conhece Bezerra e sua família há décadas e confessa, tristemente, que tal conduta não reflete o Cristianismo. Reflete apenas a ideologia marxista.
É hora da denominação de Bezerra se pronunciar e mostrar que o “político ideal” dos socialistas precisa do remédio prescrito em 1 Coríntios 5:9-13.
Para ajudar a Igreja Brasileira a reconhecer os males do marxismo em seu meio, disponibilizo gratuitamente meu livro “Teologia da Libertação X Teologia da Prosperidade,” neste link: http://bit.ly/11zFSqq
* As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores
e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.