O Livro da Vida




“E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.” (Apocalipse 20.15).
A mãe avisa com breves gemidos que já esta na hora!… Todos correm para a maternidade, logo vem o choro da criança, alegria de todos naquele lugar! Afinal, é vida chegando. E, vida é sinônimo de júbilo, de festa, de celebração. Nascemos nesta terra! Nascemos para confirmar a Palavra de Deus dada a Adão desde o princípio. (Se Deus falou, está escrito, e disso viverá o homem, Mateus 4:4)
Nesta hora Pai e mãe, família, amigos e colegas de trabalho já se comunicaram de forma assertiva e comemorativa. “Nasceu! Nasceu!”. Todos bradam! A informação logo é multiplicada. Eu me lembro, por exemplo, que no dia em que minha filha mais nova nasceu, liguei de lá do hospital para o pastor de minha igreja, que por coincidência, estava num programa de rádio e, sem hesitar, anunciou ao vivo a boa notícia para a igreja e para outros ouvintes da cidade. Se nascer neste mundo é uma notícia de tão grande relevância, alegria e emoção, imagine ao nascer de novo, no reino do espírito para a vida eterna!!! Esta notícia deve ter maior relevância e demais multiplicação ainda.
Saindo do hospital, pai e mãe já sabem o nome de seu bebê, esperam o momento certo de irem até o cartório mais próximo para efetuarem o registro da existência de mais um ser humano num livro de cartório, por exemplo. Como brasileiro e como missionário, é claro que sei que nem todos os bebês têm registrado o seu nascimento em algum livro oficial, dadas as dificuldades de algumas famílias. É certo, porém, que seus nomes logo estarão registrados em escolas, faculdades e/ou até outras instituições da vida social como órgãos de governos municipais, estaduais, federais no âmbito nacional e pasmem, até no âmbito internacional. Estes registros, honras e méritos, assim como todos os títulos são temporais. Um dia vão deixar de existir, assim como a própria vida na terra.
“E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras”. (Apoc. 20:12).
Seus nomes podem estar em livros das mais relevantes esferas das sociedades. Seus nomes podem ser os mais importantes de qualquer sociedade, clube ou associação. Seus CPFs e Carteiras de Identidades podem estar registrados nas maiores e melhores academias, conselhos, organizações ou ordens da nação brasileira, inclusive de outros países.
Alguns livros de visitas das festas de maiores glamours de sua cidade podem ter os seus nomes ali inscritos; vocês podem estar nas revistas e jornais de socialaite; podem estar registrado no Guiness Book e, até a marca de suas mãos e pés podem estar registradas nas calçadas de famas, etc. Tudo isto poderá ser normal e prazeroso para si, mas se as suas obras forem más e o seus nomes não estiverem escritos no Livro da Vida, nada disso terá valido à pena perante o nosso Grande Juiz, o SENHOR DOS EXÉRCITOS!
Não, não… Não estou dizendo que devamos levar uma vida de mediocridade ou cheia de complexos de inferioridade ou superioridade, etc. Penso ao contrário disso. Inclusive, estudei, me apliquei e até fui ajudado por Deus a me destacar em algumas boas coisas na escola, faculdade, esporte, profissão, etc. Estudo, trabalho e ainda me especializo em algumas áreas da vida. Podemos deter títulos sim. Podemos alcançar muitas vitórias por méritos de nossos esforços, sim, etc e tal, sem, contudo, esquecer-nos de que Deus esteve conosco!
“Portanto, quer comamos, bebamos ou façamos outra coisa qualquer,
tudo seja feito para a glória de Deus”
(I Coríntios 10:31).
Oriento, por exemplo, minhas filhas e meus sobrinhos e alguns outros jovens acadêmicos, que devemos alcançar sempre mais conhecimento; especializando-nos, crescendo, descobrindo mais; pesquisando mais; estudando mais. Oriento a conquistarem uma carreira de vitória, e, principalmente aprimorar, multiplicar e investir o conhecimento recebido nas suas pesquisas para abençoar a sociedade; para amar as pessoas ao seu redor e para usar todo o seu conhecimento e a sua sabedoria para expandir o reino de Deus. O mais importante!
A vida eterna começa na terra! Nascer de novo não é o fim, é apenas o começo.
No reino espiritual, para aqueles que nasceram de novo, os títulos, que são coisas temporais, servirão apenas para o que é temporal. Mas, o conhecimento de Deus e a sabedoria Dele, são eternos. Nosso maior momento, nosso maior mérito e a maior conquista de toda a nossa história é ter o nome escrito no Livro da Vida.
De acordo com a graça de Cristo, quem for achado inscrito no Livro da Vida, não terá o seu nome confundido após a perda de alguns registros em livros ou sistemas de informação, aqueles porventura causados por acidente natural como terremotos, tsunamis, incêndios, etc. Ninguém poderá apagar ou destruir a sua história. (um parêntese de cunho teológico: particularmente penso que não podemos confundir o Livro da Vida com aquele livro mencionado por Moisés em êxodo 32:32, pois de acordo com as raízes doutrinárias de minha fé, e, de acordo com a Bíblia em romanos 6:14, não vivemos mais debaixo da Lei (Antiga Aliança), e, sim debaixo da graça de Cristo (Nova aliança).
“O vencedor será assim vestido de vestiduras brancas, e de modo nenhum apagarei o seu nome do Livro da Vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.” (Apocalipse 3. 5).
REFLEXÕES:
Para aqueles que já estão inscritos, mas se esqueceram de Deus em favor de seus méritos e títulos, considerem ser mais conhecidos no céu do que na terra! Nosso Mestre e PhD. Jesus falou que os nossos méritos lá no céu começam com os nossos frutos aqui na terra! Nossas riquezas e nossos tesouros não estão na terra! Por isso permita-me leva-los a uma reflexão: ‘Aonde’ está o seu tesouro? “Pois ‘onde’ estiver o seu tesouro, ali estará o seu coração” (Mateus 6:21).

Quanto aos que ainda não nasceram de novo, digo com compaixão, o evangelho de Cristo tem sido pregado em demasia! Portanto, você tem o privilégio de saber com muita facilidade neste tempo, qual é o significado do Livro da Vida. Por isso, vou direto ao assunto: o seu nome está inscrito no Livro da Vida?
ORAÇÃO
Este é um momento de muita liberdade e intimidade, mas se você tem mesmo um real interesse em conhecer o reino de Deus e a sua justiça, você pode começar a orar assim: “Senhor Deus, eu confesso que andava perdido e cheio da soberba do mundo, da soberba dos olhos e arrogância da vida. Mas, agora em me arrependo disso e, convertendo os meus passos em tua direção resolvo te pedir perdão. Tenha misericórdia de mim, limpa o meu coração, salva-me e escreve o meu nome no Livro da Vida. Quero ser mais que vencedor, pelo sangue de Jesus, amém!!!”

trofeu 120x120 O Livro da Vida
Até uma próxima!
Claudinho.adore@hotmail.com
twitter@MinisterioAdore


#Compartilhe a vontade.

Autor

Claudio Santos

Claudio Santos

Líder, fundador do Movimento Adore Days no Brasil. Com 30 anos de vida cristã, Claudinho, além de pastor é músico, conferencista e conselheiro cristão. Coordenador e Voluntário das Missões Adore na Amazônia. Membro da Produção do filme "Finding Josef". Casado, pai de duas lindas princesas.
+ Artigos - blog


 * As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores
e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.