Polícia faz buscas por corpo de jovem desaparecida em sítio do pastor Marcos Pereira




O pastor Marcos Pereira da Silva, condenado recentemente por estupro de fiéis da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD) voltou a ter seu nome relacionado a um crime.
Policiais civis, bombeiros e integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) realizaram buscas no sítio pertencente a Marcos Pereira a fim de encontrar o corpo de Liliane dos Santos, 28 anos, que está desaparecida.
A manicure Liliane dos Santos foi sequestrada no dia 19 de julho, em Nova Iguaçu (RJ), e o principal suspeito pelo crime é Antonio Marcos de Borges, que era amigo pessoal do pastor e frequentador do sítio.
Investigações conduzidas pela 58ª Delegacia de Polícia levaram à localização das roupas da vítima em um acampamento a 800 metros do sítio de Marcos Periera, que fica no bairro do Tinguá. Junto às roupas da vítima, foi achada uma Bíblia com a letra do suspeito.
Os policiais acreditam que o corpo tenha sido enterrado na propriedade do pastor. As circunstâncias do crime ainda estão sendo esclarecidas, mas a Polícia já sabe que Liliane, que na noite do dia 19 de julho havia saído da academia, voltava para casa quando foi raptada no bairro Jardim da Viga, em Nova Iguaçu, segundo informações do portal Terra.
As autoridades do Rio de Janeiro ressaltam que, apesar das buscas no sítio, o pastor Marcos Pereira não é suspeito do crime. Já seu amigo, Antonio Marcos de Borges, principal suspeito do crime, havia sido condenado a 27 anos de prisão, e estava foragido depois de ser beneficiado com o regime semiaberto e não retornar à cadeia. Num confronto a tiros com policiais que estavam à sua busca, acabou morto.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.