Atentados à bomba de radicais islâmicos iraquianos matam 37 cristãos no Natal





Dois ataques à bomba marcaram o dia de Natal no Iraque, onde 37 cristãos foram mortos por insurgentes.
Em ações separadas, os militantes muçulmanos iraquianos explodiram as bombas com o objetivo de atingir exclusivamente os cristãos, considerados infiéis pelos radicais islâmicos.
O primeiro ataque aconteceu numa feira livre de Athorien, quando uma bomba foi acionada na seção cristã da feira, matando 11 pessoas e deixando outras 21 feridas.
A segunda explosão aconteceu por meio de um carro-bomba, que explodiu ao lado de uma igreja durante a celebração de Natal e matou 37 fiéis, segundo informações da Polícia de Bagdá.
De acordo com o portal iG, os grupos radicais islâmicos do Iraque ainda não reivindicaram a autoria dos atentados, mas os últimos ataques têm sido perpretados por integrantes da Al-Qaeda.
Somente neste mês, 426 pessoas já morreram em decorrência da intolerância no Iraque. Em 2013, a soma de pessoas vítimas dos atentados terroristas chega a 8 mil, de acordo com a Organização das Nações Unidas.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.