Grupo satanista move ação na Justiça para erguer símbolo satânico ao lado de famoso monumento cristão



monumento

Um grupo satanista quer erguer uma estátua ao lado de um monumento aos dez mandamentos no estado norte-americano de Oklahoma, Estados Unidos.
O monumento cristão de dois metros de altura, feito em granito, com os dez mandamentos dados por Deus a Moisés entalhados na pedra foi colocado no exterior do prédio da Assembleia Legislativa em 2012, por um grupo conservador.
Agora, exigindo igualdade de direitos, o grupo satanista quer erguer sua própria estátua em alusão ao seu deus. A ação que pede autorização para o monumento foi protocolada em nome da American Civil Liberties Union, uma entidade que luta pelos direitos civis nos Estados Unidos.
O grupo satanista é sediado em Nova York, e afirma que o monumento terá bom gosto arquitetônico: “Nós acreditamos que todos os monumentos devem ser de bom gosto e de acordo com os padrões da comunidade”, escreveu Lucien Greaves, representante dos satanistas, em carta a funcionários do governo. “Nosso monumento proposto, como uma homenagem ao histórico/literário satanás, certamente vai cumprir essas diretrizes”, acrescentou.
O monumento desejado pelos satanistas envolvem um pentagrama de um dos lados, com um display interativo destinado para crianças do outro. O custo da estátua satânica estaria estimado em US$ 20 mil, segundo informações da agência Associated Press.
O deputado estadual republicano Mike Ritze, que liderou o movimento para a construção do monumento aos Dez Mandamentos e cuja família ajudou a pagar os custos de US$ 10 mil para a sua construção, não quis comentar sobre o esforço do grupo satanista.
Embora tenha se silenciado, o deputado Ritze tornou-se alvo da ironia do satanista Greaves: “Ele está ajudando a agenda satânica crescer mais do que qualquer um de nós poderia”, disse Greaves. “Você não anda por aí e vê muitos templos satânicos ao redor, mas quando você abre a porta dos espaços públicos para nós, é aí que você vai passar a nos ver”, acrescentou, fazendo referência à brecha aberta pelos cristãos.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.