O cristão diante de novos desafios - Dra. Damares Alves





O cristão diante de novos desafios, é o tema desenvolvido no vídeo abaixo, pela Pastora Dra. DAMARES ALVES, em palestra ministrada na Primeira Igreja Batista de Campo Grande-MS, onde com base, dados e nomes, desmascara o que está acontecendo no Brasil em detrimento da família e da vida. É um verdadeiro alerta à Igreja cristã brasileira.

Antes de assistir ovídeo, saiba quem é DAMARES ALVES:

DAMARES ALVES é pastora, advogada, membro da Igreja do Evangelho Quadrangular, atualmente exerce as funções de Assessora Parlamentar no Congresso Nacional, Assessora Jurídica da Frente Parlamentar Evangélica e Secretária Nacional do Movimento Brasil Sem Aborto. É também assessora jurídica  da Frente Parlamentar da Família e Apoio a Vida, liderada pelo senador Magno Malta e co-fundadora do movimento  ATINI – Voz Pela Vida, que exerce uma importante luta no combate à violência contra crianças indígenas. Além disso, a Dra. Damares Alves é Diretora de Assuntos Parlamentares da ANAJURE - Associação Nacional de Juristas Evangélicos.

AGORA ASSISTA O VÍDEO:







http://www.pointrhema.blogspot.com.br

Abre a tua boca a favor do mudo, pela causa de todos que são designados à destruição. 
Provérbios 31:8

PARA MEDITAÇÃO SOBRE FALSOS PROFETAS COM A COLABORAÇÃO DO IRMÃO SIDNEY MOREIRA DA SILVA.




Ilustrativa.




Ai de vós quando todos os homens de vós disserem bem, porque assim faziam seus pais aos falsos profetas.Lucas 6:26
Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.Mateus 24:24
Porque se levantarão falsos cristos, e falsos profetas, e farão sinais e prodígios, para enganarem, se for possível, até os escolhidos.Marcos 13:22
Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.Mateus 7:15
E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.2 Pedro 2:1
Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.1 João 4:1
Tenho ouvido o que dizem aqueles profetas, profetizando mentiras em meu nome, dizendo: Sonhei, sonhei.Jeremias 23:25
Que desfaço os sinais dos inventores de mentiras, e enlouqueço os adivinhos; que faço tornar atrás os sábios, e converto em loucura o conhecimento deles;Isaías 44:25
E acontecerá naquele dia, diz o SENHOR dos Exércitos, que tirarei da terra os nomes dos ídolos, e deles não haverá mais memória; e também farei sair da terra os profetas e o espírito da impureza.Zacarias 13:2
A espada virá sobre os mentirosos, e ficarão insensatos; a espada virá sobre os seus poderosos, e desfalecerão.Jeremias 50:36
Eis que eu sou contra os que profetizam sonhos mentirosos, diz o SENHOR, e os contam, e fazem errar o meu povo com as suas mentiras e com as suas leviandades; pois eu não os enviei, nem lhes dei ordem; e não trouxeram proveito algum a este povo, diz o SENHOR.                                 Jeremias 23:32              



CRÉDITOS:
O SENHOR, o Todo Poderoso, não deixará passar sem punição aquele que, usando da sua Palavra ou se dizendo porta voz de DEUS, enganar o seu povo: “Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá” (Dt 18:20).

Portanto, amados de DEUS, a Bíblia nos afirma que os escândalos virão e faz um grave alerta: “Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!” (Mt 18:7)

Que possamos seguir sempre em frente, “segurando” as poderosas mãos de JESUS. Que posamos sempre confiar em JESUS e meditar na sua Palavra, para que não caiamos nas mentiras dos falsos profetas que estão espalhados por poda a terra. Ler a Palavra de DEUS e orar ao SENHOR, nos capacita para que possamos detectar aquele que realmente fala por parte de DES. Ler a Palavra de DEUS e buscar a comunhão com o seu Espírito Santo, nos fortifica espiritualmente para que reconheçamos quem não fala por parte do SENHOR. Ler a Palavra de DEUS enriquece nossa alma e solidifica cada vez mais a nossa fé em JESUS. E JESUS, através do Espírito Santo, nos ajuda a resistir a toda mentira que lançarem contra nós.

Você e eu, nós, somos escolhidos do SENHOR. Se nele permanecermos, em JESUS, não há falso profeta que possa nos enganar, pois é DEUS quem nos orienta..
Assembleia de Deus Central do Dourado, no bairro de Cordovil - RJ






Seita queima bebê vivo por acreditar que seria o anticristo; Polícia prende quatro integrantes do grupo e ainda busca líder



Ilustrativa.





Um ritual de sacrifício, que culminou com a morte de um recém nascido, levou a polícia chilena a prender quatro pessoas na última quinta-feira, 25 de abril.
Os presos eram integrantes de uma seita, e queimaram vivo o bebê de três dias porque o líder do grupo acreditava que recém nascido era o anticristo.
O ritual macabro aconteceu numa colina de Colliguay, uma cidade próxima ao porto de Valparaíso. De acordo com o Huffington Post, o fato teria ocorrido no dia 21 de novembro de 2012, com a aprovação da mãe, Natalia Guerra, que teria acompanhado o sacrifício.
“O bebê estava nu. Eles prenderam fita em torno de sua boca para impedi-la de gritar. Então eles colocaram ela em uma placa. Depois de invocar espíritos, jogaram ela na fogueira com vida”, disse Miguel Ampuero, da Unidade de Investigação da Polícia.
A seita teria sido formada em 2005, e contaria com doze membros, liderados por Ramon Gustavo Castillo Gaete (foto), 36 anos, que seria o pai do bebê e se considerava um deus, de acordo com informações da BBC. “Todo mundo nesta seita era um profissional. Temos um que era um veterinário e que trabalhou como assistente de vôo, temos um cineasta, desenhista. Todo mundo tem um diploma universitário”, afirmou Ampuero.
Ramon não foi encontrado pela polícia e é considerado foragido. As informações que os agentes possuem dão conta que ele foi visto pela última vez viajando para o Peru para comprar ayahuasca, uma planta bebida alucinógena que ele teria usado para controlar os membros da seita.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+


E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.Mateus 24:11

Para que todos vivam bem: projeto social voltado a deficientes visuais oferece assistência médica e pedagógica



Ilustrativo.






“Para que todos vivam bem” é um projeto do Instituto Londrinense de Instrução e Trabalho para Cegos (ILITC), fundado em 1979, para atender deficientes visuais com perda total ou parcial da visão.
Entre os atendidos pelo ILITC, estão também pessoas que tem a perda de visão associadas a outras deficiências, como paralisia cerebral, heteroagressividade, paralisia dos membros inferiores e superiores, entre outros.
O público-alvo do ILITC é formado por pessoas que residem no município de Londrina e região, que são atendidas na clínica terapêutica, onde são realizados atendimentos de reabilitação postural, hidroterapia, atendimento neuropediátrico, estimulação visual, desenvolvimento social, pessoal e familiar; e no setor pedagógico, que prioriza o atendimento para alunos da educação infantil ao Ensino Médio, incluindo a educação de jovens e adultos, ofertando apoio especializado à escolaridade.
Segundo o site do Criança Esperança, a missão do ILITC é servir aos deficientes visuais – inclusive aqueles que possuem outras deficiências associadas – para que possam superar barreiras físicas, através de preparos e instruções para possam ter uma vida produtiva em sociedade.
O projeto “Para que todos vivam bem” é o braço infanto-juvenil do ILITC, que oferece serviços pedagógicos e terapêuticos para crianças, adolescentes e jovens que possuem deficiência visual total ou parcial, bem como para aqueles que possuem outras deficiências associadas à perda da visão.
Dentro desse contexto, o projeto oferece atendimentos multiprofissionais para que o público conquiste dignidade, independência e qualidade de vida.
O projeto “Para que todos vivam bem” foi reconhecido pela Unesco e receberá verbas das doações feitas ao Criança Esperança para adquirir equipamentos especializados para o atendimento de deficientes visuais.
Saiba mais sobre o Instituto Londrinense de Instrução e Trabalho para Cegos acessando o siteilitc.org.br, ou entrando em contato pelo e-mail ilitcsaude@sercomtel.com.br ou pelos telefone (43) 3337-4330.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Pastor é preso sob acusação de sequestro por abrigar meninas que fugiam de casamento muçulmano forçado


Ilustrativo.


Um pastor nigeriano do Estado de Bauchi foi preso por dar abrigo a três meninas menores de idade que fugiam de um casamento forçado e da obrigatória conversão ao islamismo.
A Missão Portas Abertas relatou que as meninas de 10, 13 e 15 anos de idade são cristãs e filhas de um homem recém-convertido ao islamismo que teria imposto a elas a conversão à sua religião e um casamento com muçulmanos.
A Portas Abertas diz ainda que a obrigação a conversão ao islã e casamento forçado são duas das estratégias mais comuns no norte da Nigéria, que tem vivido um processo de erradicação do cristianismo.
Segundo o site da Missão, uma equipe qualificada tem acompanhado os trâmites judiciais e providenciou apoio jurídico ao pastor preso.
“Interceda pelas três meninas que, sendo ainda tão jovens, têm enfrentado circunstâncias muito difíceis.  Peça ao Senhor que as conforte e fortaleça; Ore pela proteção e a graça de Deus sobre a vida do pastor, que enfrenta graves acusações; e apresente a Deus essa situação e peça para que a justiça seja feita. Ore para que a equipe legal tenha a sabedoria necessária para lidar com esse caso”, apela a Missão Portas Abertas.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Versículos do dia





Assim diz o SENHOR: Exercei o juízo e a justiça, e livrai o espoliado da mão do opressor; e não oprimais ao estrangeiro, nem ao órfão, nem à viúva; não façais violência, nem derrameis sangue inocente neste lugar. Jeremias 22:3


Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram anjos.Hebreus 13:2


Pesquisa revela que metade dos jovens cristãos apoia legalização da maconha




Uma pesquisa divulgada recentemente nos Estados Unidos revelou que metade dos jovens cristãos apoiam a legalização da maconha para uso recreativo. A opinião dos jovens cristão, revelada pela pesquisa contrasta diretamente com a opinião dos cristãos mais velhos, entre os quais apenas 22% são a favor da liberação.
De acordo com os números divulgados na última quinta feira pelo o Public Religion Research Institute, 32% dos cristãos com idades entre 18 e 29 anos disseram ser “fortemente a favor” da legalização, enquanto 18% disseram ser a favor da mudança na legislação. Entre os jovens desse grupo 44% se opõe à ideia.
A liberação da droga encontra menos apoio entre os cristãos com mais de 65 anos de idade. Destes, apenas 9% disseram ser “fortemente a favor” da legalização e 13% a favor. 74% dos cristãos nessa faixa etária se dizem contra ou fortemente contra a ideia.
A pesquisa mostra ainda que 45% dos jovens cristãos dizem ter “experimentado maconha”, em comparação a 13% dos idosos cristãos que relataram a mesma experiência com a droga. O uso da maconha, de acordo com a pesquisa, não é visto como um pecado pela maioria dos americanos. 70% dos americanos disseram que o uso recreativo da maconha não é um pecado, contra 23% que disseram acreditar que quem usa a droga está pecando.
Para Robert P. Jones, CEO da empresa de pesquisa, a tendência é de que o uso da maconha vai continuar a ganhar mais aceitação nos próximos anos.
- Assim como o casamento do mesmo sexo, o que estamos vendo aqui é a substituição de gerações. À medida que os cristãos mais jovens chegam à idade adulta, eles trazem consigo diferentes experiências e pontos de vista – afirmou Jones.
Os resultados da pesquisa do PRRI são baseados em conversas telefônicas com uma amostra aleatória de 1.000 adultos. Os dados foram colhidos entre os dias 17 e 21 de Abril.
O Centro de Pesquisa Pew também divulgou uma pesquisa afirmando que 52% dos americanos eram favoráveis a legalização, em comparação com 45% que preferiam manter a maconha ilegal. Esta foi a primeira vez na história da Pew em que a legalização recebe apoio da maioria dos entrevistados, segundo a CNN.
Por Dan Martins, para o Gospel+

“Cristãos secretos” na Coreia do Norte são detidos em campos de concentração por se recusarem a reconhecer ditador Kim Jong Un como divindade



Coreia do Norte, país que tem estampado as manchetes da imprensa mundial por ameaçar atacar a Coreia do Sul e os Estados Unidos, é tida pelas organizações missionárias como anação mais fechada ao cristianismo, e por consequência, o país que mais persegue cristãos em todo o mundo.

Norte-coreanos que professam a fé cristã estão sendo mantidos em centros de detenção e privados de alimentação por se recusarem a reconhecer o ditador Kim Jong Un (foto) como uma divindade.
O país, que após a guerra das Coreias tornou-se comunista, é oficialmente ateu, mas na prática existe uma imposição de culto à dinastia Kim por parte do governo.
Kim Jong Sung, avô do atual ditador e já falecido, é considerado um ser de natureza divina, e seus descendentes herdaram, segundo a crença local, a divindade do líder e o direito a ocuparem o posto de chefe da nação.
De acordo com as leis do país, qualquer pessoa que professe uma fé que não coloque a dinastia Kim no centro de sua adoração, deve ser presa. Há informações, de acordo com o Acontecer Cristiano, de que imagens de satélite localizaram campos de concentração, onde são mantidos presas as pessoas que são consideradas criminosas de religião. Nesses campos, estariam aproximadamente 200 mil pessoas.
A perseguição a cristãos começou no país em 1953, e um dos casos mais emblemáticos é o desaparecimento de bispos católicos que viviam no país. As autoridades de Pyongyang, capital do país, negam haver a existência dos bispos e desde 1980, ignoram qualquer pergunta sobre o caso.
Os cristãos secretos da Coreia do Norte, grupo de pessoas que se reúnem às escondidas, somam segundo a Missão Portas Abertas, entre 200 e 400 mil pessoas, que se mantém firmes à fé cristã, mesmo sob o risco de serem condenados à prisão perpétua ou pena de morte, se forem flagrados cultuando a Deus ou apenas portando uma Bíblia.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Jean Wyllys critica deputado João Campos, que pediu anulação da subcomissão criada para esvaziar Direitos Humanos





reunião da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Humanos (FPDDH),realizada ontem, com deputados dissidentes da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), suscitou uma disputa política entre os parlamentares.
A FPDDH é uma iniciativa de deputados do PT, PSOL, PDT e PC do B para esvaziar a CDHM, presidida pelo pastor Marco Feliciano (PSC-SP).
O deputado João Campos (PSDB-GO) criticou a formação de uma subcomissão para tratar de assuntos ligados aos requerimentos da comunidade LGBT e outras minorias, além de temas como a cultura.
De acordo com o site do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), Campos teria afirmado que a FPDDH seria formado pela “espúria” da CDHM, o que irritou a deputada petista Erika Kokay (DF), que pediu respeito.
Jean Wyllys é um dos idealizadores da FPDDH e também criticou a postura de Campos, que fez um pedido para anulação da subcomissão: “Se o deputado João Campos não entende isso, precisa aprofundar seus conhecimentos sobre os dois temas [...] O pedido para anulação da subcomissão de cultura e direitos humanos é nada mais do que ciúme pelo fato de que nos retiramos de uma comissão que pode ter legalidade mas que não tem legitimidade”, afirmou.
O motivo para abandonar a CDHM, segundo Wyllys, foi a falta de liberdade para tratar dos temas que ele tem proposto em seu mandato: “Não encontramos ali mais espaço legislativo nem político para tratar dos direitos humanos de minorias então passamos a atuar nos espaços onde nos temos ainda chances de defender os direitos humanos de minorias”, disse.
Frente Parlamentar Evangélica
O deputado João Campos encerrou seu mandato como presidente da Frente Parlamentar Evangélica (FPE), conhecida como bancada evangélica, e felicitou o novo presidente eleito por unanimidade, deputado Paulo Freire (PR-SP), que é filho do pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus (CGADB).
“Parabéns ao amigo, Dep. Pr. Paulo, empossado agora como meu sucessor na presidência da Frente Parlamentar Evangélica. Sucesso! Agradeço a todos que me ajudaram e apoiaram enquanto presidi a Frente Parlamentar Evangélica. A Deus minha eterna gratidão”, publicou Campos em seu perfil no Twitter.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+


Significados de Espúrio :

Por  (SP) em 21-11-2010
Falso; suposto; adulterado; ilegítimo; bastardo; ilegal; deso-
nesto; ilícito; fraudulento; viciado; impuro; incorreto; ilídimo.
O contrato foi anulado porque continha cláusulas espúrias.

Autoridades do Laos libertam um dos pastores que foram presos sob acusação de portarem exemplar do DVD “Fim dos Tempos

Bandeira de Laos



Um dos pastores presos no último dia 05 de fevereiro pelas autoridades do Laos por portarem exemplares do DVD “Fim dos Tempos”, teria conseguido liberdade após ação de seu advogado na Justiça do país.
O Laos é um país asiático em que apenas o budismo, bramanismo e animismo são religiões consideradas aceitáveis pela sociedade, e o cristianismo é tido como uma religião digna de repúdio.
Os pastores Bounma, Somkaew e Bounmee foram presos após terem sido abordados por um policial, que apreendeu os exemplares do DVD numa loja do mercado do distrito de Phin, na província de Savannakhet.
Na ocasião, os pastores alegaram que tratava-se de material para uso pessoal, porém a polícia não aceitou a explicação, e chegou a espancar o pastor Bounma para forçá-lo a confessar o crime.
A organização Christian Solidarity Worldwide (em tradução livre, Rede Cristã Mundial de Solidariedade, ou CSW na sigla em inglês) informou que no período em que estavam sendo interrogados, os pastores foram mantidos numa ala de segurança máxima do presídio, com as pernas acorrentadas e sem acesso ao banho de sol.
Ainda de acordo com a CSW, um dos pastores e o proprietário da loja onde os exemplares do DVD foram apreendidos já foram libertados e voltaram para suas casas. Entretanto, dois pastores continuam detidos.
O advogado da CSW, Andrew Johnston, afirmou que está “profundamente preocupado” pois os pastores foram vítimas de falsas acusações e submetidos a tortura para que confessassem crimes que não foram cometidos.
“Instamos as autoridades do Laos a protegerem o direito à liberdade de pensamento, consciência e religião, para garantir que os presos não sejam submetidos à tortura ou a tratamentos cruéis, desumanos ou degradantes, de acordo com as obrigações do governo do Laos acertadas sob o Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos”, afirmou Johnston.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+


Em protesto ativistas seminuas jogam água em arcebispo na Bélgica





Ativistas do grupo Femen atacou o chefe da Igreja Católica Belga, o arcebispo André Joseph Léonard, durante se discurso que condenava o casamento de pessoas do mesmo sexo, o religioso foi surpreendido por quatro mulheres sem blusas com os corpos pintados com frase de protestos, como, “meu corpo, minhas regras”.
Segundo o grupo feminista, a apresentação de Léonard na Universidade Livre de Bruxelas, uma das mais importantes do país, foi “uma sessão de propaganda publica de ódio e fanatismo religioso“. Através de seu site oficial, as ativistas enfatizam que o objetivo do ataque era resistir “as tentativas da igreja para recuperar sua influencia degenerativa sobre as mulheres e na sociedade em geral”, e foi preciso atacar o bispo com água benta.
O arcebispo é conhecido por sua postura conservadora: ele tem condenado repetidamente a homossexualidade como tal, os casamentos de casais de mesmos sexos, a eutanásia, o aborto, e os métodos contraceptivos.
Leonard não olhou para as manifestantes e nem se irritou quando elas lhe atacaram água, apenas rezou e beijou uma imagem da Virgem Maria e saiu em silêncio.
ativistas Em protesto ativistas seminuas jogam água em arcebispo na Bélgica
Vale lembrarque a Assembleia Nacional francesa, aprovou no dia 23 de abril, o projeto de lei que permite o acesso ao casamento e adoção por casais do mesmo sexo. – rt

Colômbia não aprova a legalização do casamento gay






Com 17 votos a favor e 51 contra o Senado da Colômbia rejeitou um projeto de lei que pretendia legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Para ter sucesso, o projeto deveria ter recebido pelo menos 52 votos a favor dos 102 senadores. Sob a lei colombiana, a rejeição do projeto de lei significa que a discussão do projeto está adiada para a próxima legislatura.
A iniciativa provocou uma áspera controvérsia dentro e fora do Congresso, onde milhares de pessoas se reuniram a favor e contra a legislação.
Atualmente na Colômbia casais gays podem registrar em cartório notarial as chamadas “uniões de fato” ou” uniões civis” sem adquirir estatuto formal de casamento. Em 2007, a Corte Constitucional da Colômbia aprovou que os casais homossexuais podem herdar após a morte de um dos cônjuges e aderir ao sistema de saúde e de pensões.
Se a lei for aprovada, a Colômbia vai se tornar o terceiro país da América Latina que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo, depois de Argentina e Uruguai. – rt


A direção da TV Record teria proibido os apresentadores da emissora de comentarem qualquer assunto ligado a Daniela Mercury e Marco Feliciano (PSC-SP).

De acordo com informações do jornalista Ricardo Feltrin, especializado em informações de bastidores da TV, o veto a determinados temas é uma ação comum na emissora do bispo Edir Macedo.
Embora a norma seja informal, como ressalta o próprio Feltrin, a ordem da emissora foi bastante específica sobre a cantora baiana, que recentemente assumiu sua homossexualidade, após finalizar um casamento hetero, e sobre o pastor e deputado, alvo de inúmeras críticas na sociedade.
“A emissora chegou a dar um registro em seu site e também no ‘Programa da Tarde’, logo que a cantora fez a revelação, mas em seguida veio a informação ‘de cima’ que era para os programas pararem de abordar o assunto, Normalmente um fato assim seria um prato cheio para o ‘Hoje em Dia’, para Geraldo Luís ou mesmo o ‘Programa da Tarde’ e o ‘Domingo Espetacular’”, disse o jornalista, que complementou: “A ordem é para esquecer o assunto. Não ficar levantando a bola do universo gay na emissora”.
A justificativa para vetar o pastor Marco Feliciano na programação da emissora seria o fato de ele ser líder de uma denominação “rival” da Igreja Universal do Reino de Deus: “Outra figura que está absolutamente vetada e não deve ter espaço algum na emissora, segundo a ordem interna, é o pastor Feliciano e suas declarações – homofóbicas ou não. Nesse caso, o veto se deve ao fato de Feliciano ser de uma igreja rival (ou seria melhor chamar concorrente?) da Universal. Ele integra a Igreja do Avivamento, cujos integrantes e seguidores já foram duramente atacados por Edir Macedo na internet”, contextualizou o jornalista em sua coluna no portal Uol.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Igreja Universal é prejudicial à evangelização no Brasil, diz pastor que realizou um estudo sobre o movimento neopentecostal






O movimento neopentecostal no Brasil foi alvo de um estudo feito pelo pastor David Bledsoe, norte-americano, ligado à Convenção Batista do Sul, nos Estados Unidos.
Morando há 14 anos no Brasil, Bledsoe escolheu a Igreja Universal do Reino de Deus como objeto de seu estudo por considerá-la a denominação mais expressiva do movimento neopentecostal no país.
Numa entrevista à revista Cristianismo Hoje, Bledsoe comentou os principais pontos de seu estudo, que foi transformado num livro lançado pela editora Hagnos.
Segundo o pastor Bledsoe, que é doutor em teologia, seu estudo teve duas motivações principais: “Em primeiro lugar, porque eu queria informar melhor a Igreja no Brasil sobre o discurso principal desse movimento, suas razões de existência e crescimento, entre outras características. Escolhi a Igreja Universal como foco porque ela é a manifestação neopentecostal mais reconhecida no país. Além disso, comecei a me preocupar mais com os membros das igrejas neopentecostais em relação ao seu entendimento da salvação”, revela o pastor.
Segundo Bledsoe, muitos evangélicos não sabem apontar motivos que os levam a professar a fé no Evangelho: “Percebi um problema grave através de conversas com eles – encontrei muitas pessoas sinceras e fervorosas, mas com dificuldades em articular uma razão para sua salvação que se baseasse na fé evangélica”, aponta o pastor, que complementa dizendo que também desejava, com seu estudo, descobrir se o movimento neopentecostal é benéfico ou maléfico à divulgação da Palavra de Deus: “Eu queria verificar se igrejas como a Universal impulsionam ou prejudicam a evangelização do povo brasileiro e de outras nações para onde suas igrejas enviam missionários. Lamento dizer que denominações como a Igreja Universal acabam causando danos à evangelização no Brasil”.
Esses prejuízos mencionados por David Bledsoe seriam originados na essência da mensagem pregada pela Universal e demais denominações neopentecostais, que segundo ele, não se baseiam em Jesus e sim no diabo e também nelas mesmas.
“Em primeiro lugar, porque projetam uma caricatura de Cristianismo diante da sociedade. Segundo, porque essas organizações religiosas são muito antropocêntricas e pouco centradas em Cristo – ao contrário, há uma forte ênfase no diabo, no poder maligno. É claro que o Evangelho deve libertar a pessoa do domínio de Satanás; mas há uma preocupação enorme no discurso neopentecostal e entre os fiéis com isso, mostrando um erro grave. Além disso, é raro ouvir um adepto desse movimento que faça menção ao nome de Jesus para a base de sua salvação. Com pode alguém ser cristão sem Cristo? Em quarto lugar, há nesses meios um pragmatismo exacerbado. Ora, os meios devem ser tão justificáveis como os fins quando se fala em esforços missionários. Por último, vemos que muitos termos, temas e eventos importantíssimos na história da fé evangélica são ausentes ou redefinidos nessas igrejas, e isso é traço de facção”, resume o pastor.
Perguntado pela reportagem da Cristianismo Hoje se a Universal poderia ser considerada uma igreja evangélica, Bledsoe é categórico ao afirmar que não: “De acordo com o padrão evangélico estabelecido no meu livro – e esse padrão baseia-se principalmente nos documentos do Movimento de Lausanne –, ela acabou sendo desqualificada como tal. A Universal propaga uma mensagem distorcida do Evangelho, prendendo seus adeptos em uma cosmovisão religiosa popular, em vez de libertá-los dessa artimanha diabólica”, pontua o pastor, que cita outros pontos contrários à IURD: “Ela também emprega rituais religiosos narcisistas e animistas. Outra característica que a desqualifica como evangélica é que não promove laços fraternais esperados para uma igreja baseada no Novo Testamento – ali, a pessoa se relaciona com Deus principalmente através da instituição e do que ela oferece em trabalhos especializados. Por último, a Iurd adota postura sectária, agindo com aversão e superioridade para com os outros grupos. Isso, sem falar na exploração de seus fiéis, tratando dízimos e ofertas como um ato quase sacramental”.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Jean Wyllys e outros deputados se reúnem com representantes de igrejas para debater Direitos Humanos no Brasil





Uma aproximação entre igrejas cristãs e políticos representantes do movimento LGBT está articulando um debate sobre as questões envolvendo os direitos humanos no Brasil.
A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Humanos (FPPDH), que reúne deputados federais contrários à permanência de Marco Feliciano (PSC-SP) como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), organizou um encontro com representantes de igrejas e associações cristãs para debater o assunto.
Entre os integrantes da FPPDH estão os deputados Jean Wyllys e Chico Alencar (PSOL-RJ) Domingos Dutra (MA) e Erika Kokay (DF), ambos do PT, entre outros.
A reunião, agendada para esta quarta-feira, 24 de abril, aconteceu hoje às 14h00 no plenário 5 da Câmara dos Deputados, com a presença de integrantes do Conselho Mundial de Igrejas (CMI), do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic), da Confissão Luterana no Brasil e do Movimento Nacional de Direitos Humanos, além de outras entidades, segundo informações da Agência Câmara de Notícias.
Entre as entidades citadas acima, a Conic é a que mais tem protestado contra a presença do pastor Marco Feliciano à frente da CDHM, e chegou a divulgar um documento listando razões pelas quaisdiscorda da indicação do deputado para o cargo.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Explosões em Boston foram motivadas por ódio ao cristianismo, dizem autoridades norte-americanas





Djohar Tsarnaev, 19 anos, suspeito de co-autoria do atentado terrorista em Boston, que resultou na morte de três pessoas e outros 176 feridos, afirmou que ele e o irmão, Tamerlan Tsarnaev, de 26 anos, não tinham ligações com grupos terroristas internacionais, e sua única motivação era o ódio aos Estados Unidos e ao cristianismo.
Tamerlan, que foi morto num tiroteio enquanto era caçado pela polícia, tinha se tornado adepto do islamismo, e não se conformava com as distorções que, a seu ver, eram feitas sobre a religião.
“O irmão mais velho parecia ser o mais radical dos dois, e foi quem falou sobre a necessidade de realizar o ataque, bem como a preparação para o ataque com a construção de bombas”, disse Seth Jones, um especialista em contra-terrorismo, numa entrevista ao Christian Post.
Em depoimento às autoridades, Djohar afirou que seu irmão tinha “nojo das coisas americanas e dos cristãos”, e isso motivou sua busca por informações sobre como construir uma bomba com panela de pressão.
O ódio dos irmãos ao cristianismo fez duas vítimas com ligações profundas com a religião. O meninoMartin Richard, de oito anos, que se tornou famoso após a divulgação de uma imagem em que ele segurava um cartaz pedindo paz, e a chinesa Lingzi Lu, 23 anos, estava sendo evangelizada pela InterVarsity Christian Fellowship, um ministério interdenominacional que organiza comunidades cristãs entre alunos de diversas universidades nos Estados Unidos.
“[Lu] estava envolvida com o ministério internacional de estudantes que temos na Universidade de Boston. Ela participou de um retiro organizado por nós no ano passado, e tinha amizade de membros do ministério internacional de estudantes ligados à InterVarsity”, afirmou Greg Jao, diretor do ministério, ao site da Mission Network News.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.