Durante protestos, terroristas muçulmanos incendeiam e destroem igreja cristã no Egito; Assista






Um vídeo publicado no YouTube mostra a destruição de um templo cristão no Egito por parte dos terroristas muçulmanos que protestam contra o governo militar do país, que entrou em cena após a deposição do primeiro presidente eleito, Mohamed Morsi.
Um líder cristão não identificado afirmou à Missão Portas Abertas que uma menina de 10 anos foi assassinada a tiros por um dos terroristas muçulmanos enquanto voltava para casa depois de um estudo bíblico na igreja. “Esses são os dias mais difíceis que eu já testemunhei. O Egito pacífico está agora embebido em violência, ódio e desejo de vingança”, disse o religioso, que preferiu o anonimato por questões de segurança.
“O nível de violência contra os cristãos coptas, seus bens e empresas não tem precedentes no Egito moderno, tanto em seu escopo, quanto no número de igrejas e estruturas atacadas”, afirmou Robert George, presidente da Comissão dos Estados Unidos sobre Liberdade Religiosa Internacional (USCIRF), em um comunicado à imprensa.
Samuel Tadros, um estudioso do Egito, declarou à agência de notícias Associated Press que a Irmandade Muçulmana está culpando os cristãos pela a queda do presidente Morsi, e afirmou que o papa copta, Tawadrous II, maior líder dos cristãos coptas, passou a se esconder por temer a violência.
A igreja de São Jorge, na cidade de Sohag, foi invadida, saqueada, depredada e incendiada pelos terroristas muçulmanos durante a onda de protestos. Segundo o portal Baptist Press, os ativistas ainda sequestraram um caminhão do corpo de bombeiros para evitar que o incêndio fosse apagado.
Assista o ataque à Igreja de São Jorge:



 

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

O Livro da Vida




“E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.” (Apocalipse 20.15).
A mãe avisa com breves gemidos que já esta na hora!… Todos correm para a maternidade, logo vem o choro da criança, alegria de todos naquele lugar! Afinal, é vida chegando. E, vida é sinônimo de júbilo, de festa, de celebração. Nascemos nesta terra! Nascemos para confirmar a Palavra de Deus dada a Adão desde o princípio. (Se Deus falou, está escrito, e disso viverá o homem, Mateus 4:4)
Nesta hora Pai e mãe, família, amigos e colegas de trabalho já se comunicaram de forma assertiva e comemorativa. “Nasceu! Nasceu!”. Todos bradam! A informação logo é multiplicada. Eu me lembro, por exemplo, que no dia em que minha filha mais nova nasceu, liguei de lá do hospital para o pastor de minha igreja, que por coincidência, estava num programa de rádio e, sem hesitar, anunciou ao vivo a boa notícia para a igreja e para outros ouvintes da cidade. Se nascer neste mundo é uma notícia de tão grande relevância, alegria e emoção, imagine ao nascer de novo, no reino do espírito para a vida eterna!!! Esta notícia deve ter maior relevância e demais multiplicação ainda.
Saindo do hospital, pai e mãe já sabem o nome de seu bebê, esperam o momento certo de irem até o cartório mais próximo para efetuarem o registro da existência de mais um ser humano num livro de cartório, por exemplo. Como brasileiro e como missionário, é claro que sei que nem todos os bebês têm registrado o seu nascimento em algum livro oficial, dadas as dificuldades de algumas famílias. É certo, porém, que seus nomes logo estarão registrados em escolas, faculdades e/ou até outras instituições da vida social como órgãos de governos municipais, estaduais, federais no âmbito nacional e pasmem, até no âmbito internacional. Estes registros, honras e méritos, assim como todos os títulos são temporais. Um dia vão deixar de existir, assim como a própria vida na terra.
“E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras”. (Apoc. 20:12).
Seus nomes podem estar em livros das mais relevantes esferas das sociedades. Seus nomes podem ser os mais importantes de qualquer sociedade, clube ou associação. Seus CPFs e Carteiras de Identidades podem estar registrados nas maiores e melhores academias, conselhos, organizações ou ordens da nação brasileira, inclusive de outros países.
Alguns livros de visitas das festas de maiores glamours de sua cidade podem ter os seus nomes ali inscritos; vocês podem estar nas revistas e jornais de socialaite; podem estar registrado no Guiness Book e, até a marca de suas mãos e pés podem estar registradas nas calçadas de famas, etc. Tudo isto poderá ser normal e prazeroso para si, mas se as suas obras forem más e o seus nomes não estiverem escritos no Livro da Vida, nada disso terá valido à pena perante o nosso Grande Juiz, o SENHOR DOS EXÉRCITOS!
Não, não… Não estou dizendo que devamos levar uma vida de mediocridade ou cheia de complexos de inferioridade ou superioridade, etc. Penso ao contrário disso. Inclusive, estudei, me apliquei e até fui ajudado por Deus a me destacar em algumas boas coisas na escola, faculdade, esporte, profissão, etc. Estudo, trabalho e ainda me especializo em algumas áreas da vida. Podemos deter títulos sim. Podemos alcançar muitas vitórias por méritos de nossos esforços, sim, etc e tal, sem, contudo, esquecer-nos de que Deus esteve conosco!
“Portanto, quer comamos, bebamos ou façamos outra coisa qualquer,
tudo seja feito para a glória de Deus”
(I Coríntios 10:31).
Oriento, por exemplo, minhas filhas e meus sobrinhos e alguns outros jovens acadêmicos, que devemos alcançar sempre mais conhecimento; especializando-nos, crescendo, descobrindo mais; pesquisando mais; estudando mais. Oriento a conquistarem uma carreira de vitória, e, principalmente aprimorar, multiplicar e investir o conhecimento recebido nas suas pesquisas para abençoar a sociedade; para amar as pessoas ao seu redor e para usar todo o seu conhecimento e a sua sabedoria para expandir o reino de Deus. O mais importante!
A vida eterna começa na terra! Nascer de novo não é o fim, é apenas o começo.
No reino espiritual, para aqueles que nasceram de novo, os títulos, que são coisas temporais, servirão apenas para o que é temporal. Mas, o conhecimento de Deus e a sabedoria Dele, são eternos. Nosso maior momento, nosso maior mérito e a maior conquista de toda a nossa história é ter o nome escrito no Livro da Vida.
De acordo com a graça de Cristo, quem for achado inscrito no Livro da Vida, não terá o seu nome confundido após a perda de alguns registros em livros ou sistemas de informação, aqueles porventura causados por acidente natural como terremotos, tsunamis, incêndios, etc. Ninguém poderá apagar ou destruir a sua história. (um parêntese de cunho teológico: particularmente penso que não podemos confundir o Livro da Vida com aquele livro mencionado por Moisés em êxodo 32:32, pois de acordo com as raízes doutrinárias de minha fé, e, de acordo com a Bíblia em romanos 6:14, não vivemos mais debaixo da Lei (Antiga Aliança), e, sim debaixo da graça de Cristo (Nova aliança).
“O vencedor será assim vestido de vestiduras brancas, e de modo nenhum apagarei o seu nome do Livro da Vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.” (Apocalipse 3. 5).
REFLEXÕES:
Para aqueles que já estão inscritos, mas se esqueceram de Deus em favor de seus méritos e títulos, considerem ser mais conhecidos no céu do que na terra! Nosso Mestre e PhD. Jesus falou que os nossos méritos lá no céu começam com os nossos frutos aqui na terra! Nossas riquezas e nossos tesouros não estão na terra! Por isso permita-me leva-los a uma reflexão: ‘Aonde’ está o seu tesouro? “Pois ‘onde’ estiver o seu tesouro, ali estará o seu coração” (Mateus 6:21).

Quanto aos que ainda não nasceram de novo, digo com compaixão, o evangelho de Cristo tem sido pregado em demasia! Portanto, você tem o privilégio de saber com muita facilidade neste tempo, qual é o significado do Livro da Vida. Por isso, vou direto ao assunto: o seu nome está inscrito no Livro da Vida?
ORAÇÃO
Este é um momento de muita liberdade e intimidade, mas se você tem mesmo um real interesse em conhecer o reino de Deus e a sua justiça, você pode começar a orar assim: “Senhor Deus, eu confesso que andava perdido e cheio da soberba do mundo, da soberba dos olhos e arrogância da vida. Mas, agora em me arrependo disso e, convertendo os meus passos em tua direção resolvo te pedir perdão. Tenha misericórdia de mim, limpa o meu coração, salva-me e escreve o meu nome no Livro da Vida. Quero ser mais que vencedor, pelo sangue de Jesus, amém!!!”

trofeu 120x120 O Livro da Vida
Até uma próxima!
Claudinho.adore@hotmail.com
twitter@MinisterioAdore


#Compartilhe a vontade.

Autor

Claudio Santos

Claudio Santos

Líder, fundador do Movimento Adore Days no Brasil. Com 30 anos de vida cristã, Claudinho, além de pastor é músico, conferencista e conselheiro cristão. Coordenador e Voluntário das Missões Adore na Amazônia. Membro da Produção do filme "Finding Josef". Casado, pai de duas lindas princesas.
+ Artigos - blog


 * As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores
e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.

Desenho de Jesus sendo baleado por policial militar motiva processo contra juiz do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro




Uma charge desenhada pelo cartunista Carlos Latuff está causando polêmica no Rio de Janeiro por, supostamente, colocar Jesus e a Polícia Militar como rivais. O desenho, que mostra um Cristo negro sendo baleado por um policial fardado, está na parede do gabinete do juiz João Batista Damasceno, da 1ª Vara de Órfãos e Sucessões do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.
O deputado estadual Flávio Bolsonaro (PP-RJ), filho do deputado federal Jair Bolsonaro, se uniu a policiais militares para propor uma ação contra Damasceno e Latuff exigindo indenizações de R$ 28 mil, além de pedir à desembargadora Leila Mariano, presidente do TJ, que o quadro seja tirado do gabinete do magistrado.
De acordo com o UOL, Bolsonaro afirma que a charge “retrata uma cena de cunho difamatório não somente à instituição [Polícia Militar], mas inclusive à sua própria honra objetiva e subjetiva”. Ele comenta ainda que a imagem estava no local durante uma audiência pública realizada “sob o pretexto da desmilitarização da política de segurança”.
- No quadro vislumbra-se a imagem de um policial militar sendo autor de um disparo de arma de fogo em um homem preso a uma cruz, fazendo alusão à crucificação de Jesus Cristo. (…) A obra pretende fazer crer que todos os policiais militares são pessoas que vestem suas fardas para cometer os mais perversos crimes contra a humanidade, em referência, ainda que indireta, à morte de Jesus Cristo – afirma o deputado.
- Este quadro foi exibido dentro do Tribunal de Justiça do RJ, por iniciativa de um Juiz – um total desrespeito à bicentenária Polícia Militar e a todos os seus integantes. Estou disponibilizando modelo de ação indenizatória a todos os PMs que quiserem agir contra este absurdo. – afirmou Bolsonaro, em uma publicação em sua página no Facebook
Latuff é conhecido por suas charges com tom político. Em sua obra se destacam desenhos feitos como crítica à relação entre os religiosos evangélicos e outros segmentos da sociedade, como políticos e homossexuais.
Em sua página no Facebook, o cartunista criticou o processo movido por Bolsonaro, e afirmou que Damasceno está recebendo ameaças por exibir o desenho.
- Juiz João Batista Damasceno já recebe ameaças de morte por pendurar quadro com minha charge sobre a violência policial em seu gabinete – postou Latuff na rede social.
Já Damasceno, afirmou que o desenho exposto em seu gabinete não possui um tom religioso, e que apenas “evoca a violência do Estado contra o povo ao longo da história. A política de segurança pública militarizada tem como alvo os pobres e excluídos, ‘inimigos eternos’ sujeitos ao extermínio”.
Veja outras charges polêmicas desenhadas por Carlos Latuff:
charge-latuff-biblia
charge-latuff-estado-laico
charge-latuff-gay-pastores
charge-latuff-parada-gay
Por Dan Martins, para o Gospel+


Extraído de :  http://noticias.gospelmais.com.br

Pastor compara políticos cristãos a fundamentalistas islâmicos, e afirma que “evangélicos têm um projeto de tomada de poder na sociedade brasileira”





O reverendo Carlos Eduardo Calvani, da Igreja Anglicana no Brasil, publicou na última semana, um texto no qual compara a relação dos evangélicos brasileiros com a política com regimes fundamentalistas islâmicos, afirmando existir no país um “projeto de tomada de poder”, arquitetado por pastores de líderes evangélicos.
- O movimento evangélico hoje é um dos maiores perigos para a sociedade brasileira e o Estado Laico por seu potencial fundamentalista Malafaia, Feliciano, Rodovalho, Macedo, R.R. Soares e outros nomes menores que estão despontando – afirmou Calvani, em artigo publicado no site Campo Grande News.
Em seu texto, o pastor anglicano afirma que a única diferença entre os políticos evangélicos e o fundamentalismo islâmico reside nos referenciais religiosos nos quais se apoiam, e que ambos usam seus discursos para enganar aqueles que classifica como “analfabetos funcionais” de forma a cometer barbaridades em nome de sua fé.
- Alguém em são consciência e com um mínimo de instrução ou sensibilidade consegue acreditar neles e em seus discursos? Somente os analfabetos funcionais, que pouco leem (aliás, sequer a Bíblia leem, ou leem com olhares medievais) os apoiam.
Calvani afirma ainda que “os evangélicos têm um projeto de tomada de poder na sociedade brasileira”, classificado por ele com um “projeto político muito perigoso para o Brasil”.
- Utilizam as Escrituras Sagradas do modo como lhes convém, para interferir na Comissão de Direitos Humanos, para propor ou alterar leis e infringir descaradamente as cláusulas pétreas da Constituição Federal – explica, afirmando que tais religiosos se infiltram em partidos políticos para arquitetar essa tomada de poder.
O pastor diz ainda que os políticos evangélicos não têm fidelidade partidária nem princípios sociais claros, e os classifica como mesquinhos e egoístas que tem como princípios a promiscuidade “igreja-estado”.
- No fundo, seu projeto é acabar com as manifestações religiosas com as quais não compartilham, sejam elas católico-romanas, espíritas, do candomblé, umbanda ou de qualquer outra religião que não a deles – completa o pastor, que classifica a bancada evangélica como a mais inútil do Congresso Nacional.
Carlos Eduardo Calvani completa afirmando que os evangélicos “não hesitarão em se infiltrar nas forças armadas utilizando o potencial bélico brasileiro para seus objetivos”. Ele diz ainda que tão movimento político levará o Brasil a viver um “talibã evangélico”, e compara também esse distópico futuro político a regimes como o nazismo, com seus campos de concentração.
- Destruirão o “Cristo Redentor” e qualquer outro monumento de outra religião; sim, se tiverem pleno poder proibirão o carnaval, festas juninas, romarias marianas, terreiros de candomblé e exigirão conversão forçada a seu modelo de vida e à sua religião – conclui o reverendo.

Por Dan Martins, para o Gospel+

“Confissões de um ex-neopentecostal”: Pastor publica vídeo ironizando práticas e costumes do neopentecostalismo



O pastor Jackson Jacques, da igreja Vintage 180, publicou em seu canal no Youtube um vídeo intitulado “Confissões de um ex-neopentecostal”, no qual relatou uma série de práticas que ele adotava em sua fé e vida cristã cotidiana, mas que hoje ele acredita não serem verdadeiras representações do evangelho.
Ele começa o vídeo afirmando que muitas pessoas levantam bandeiras do calvinismo, luteranismo e outras “bandeiras reformadas”, mas que essas pessoas têm um “passado podre” e não admitem as barbaridades que já fizeram no passado. Por isso, ele afirma que faria um vídeo de confissões confessando as barbaridades que já fez em usa vida, e “as coisas mais loucas” que já fez.
Jacques afirma ainda que pretende escrever um livro, no qual vai contar todas as “confissões de um ex-neopentecostal”.
- Eu já consumi Gideões Missionários da Última Hora – afirma, iniciando suas “confissões”, dizendo ainda ter sido essa sua “entrada para o mundo das drogas”.
Em seguida, o pastor conta que gritava “receba” ao pregar na hora da oração, e que achava que quando orava e gritava dessa forma “saia um raio de sua mão, como um poder” semelhante ao de personagens de vídeo game.
Durante todo o vídeo, ele segue comentando suas antigas práticas e liturgias religiosas, sempre imitando e ironizando músicas gospel e trejeitos que ele exemplifica como sendo de um “neopenteca”, como ele mesmo denomina.
Veja algumas das confissões listadas por Jackson Jacques:
• Orava no monte porque “achava que a coisa lá em cima era bem mais forte”;
• Falava em línguas no microfone, pois achava isso “muito espiritual”;
• Já leu “Bom dia Espírito Santo”;
• Foi em um evento do Benny Hinn e usava uma camiseta dele, prática pela qual ele afirma que era retardado;
• Escreveu na sola do sapato que o diabo estava vencido porque o Benny Hinn mandou escrever para que, quando ele “pisasse na cabeça do diabo” o diabo pudesse ler a frase;
• Já fez atos proféticos;
• Já fez ofertas achando que ia ganhar algo em troca em “barganhas com Deus”;
• Já deu oferta primícias, e ressalta que isso é muito neopentecostal e “coisa do diabo”.

Além disso, ele conta que já fez “cosplay” de Marco Feliciano, usando roupas parecidas com a do pastor, e afirma que esse foi o seu “fundo do poço no mundo das drogas neopentecostais”, além de ter participado de treinamentos do Diante do Trono para ser um “ministro de louvor das nações”, onde viu um “ambiente meio Xuxa e Lua de Cristal”.
Entre outras “confissões”, ele finaliza afirmando que a mudança em sua vida veio quando viu no Youtube uma pregação do pastor Paul Washer, que o fez ver que o que vivia não era o evangelho verdadeiro e que ele estava envolvido em coisas que, lá no fundo, ele sabia que não eram de Deus.

Assista ao vídeo na íntegra:

  
Por Dan Martins, para o Gospel+

Conclusão da matéria para que você possa refletir a respeito:


Eu fui arrebatado no Espírito no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta, Que dizia: Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o derradeiro; e o que vês, escreve-o num livro, e envia-o às sete igrejas que estão na Ásia: a Éfeso, e a Esmirna, e a Pérgamo, e a Tiatira, e a Sardes, e a Filadélfia, e a Laodicéia. E eu, quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo-me: Não temas; Eu sou o primeiro e o último; E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno.  
Não preciso dizer mais nada a não ser que :

1)Siga sempre o que a bíblia lhe ensina; pois ela sim é o nosso manual da terra; o verdadeiro. 
2)Não olhe para o homem, olhe apenas para Deus e seus ensinamentos, pois o homem é falho.
3)Jesus é o Senhor de nossas vidas, apenas Ele e mais ninguém. 

Deus esteja com todos vocês.
Célia Goulart serva do Senhor Jesus Cristo.

Tribunal rejeita caso contra pastor considerado ‘homofóbico’




Honduras – O pastor evangélico Evelio Reyes, da Igreja Vida Abundante, recebeu um exoneração definitiva pelos órgãos jurisdicionais em matéria criminal, liberando-o da acusação de discriminação contra a comunidade homossexual, que tinha sido registrada no final do mês de julho.
O juiz encarregado do caso notificou ao Ministério Público e a defesa do pregador que Reyes foi absolvido da acusação que pesava sobre ele.
A denúncia apresentada contra o pregador, de acordo com o registro, indica que o pastor havia cometido o crime durante uma jornada de oração na igreja, em que supostamente solicitou a Deus que nas próximas eleições os hondurenhos não votassem nos corruptos e nem nos homossexuais.
O pastor disse que “não é uma questão para criar polêmica, mas que não podemos permitir que grupos sem Deus, sem lei, sem limites, nos imponham suas ideias, que imponham a sociedade e que queiram fazer lei sua ruína pessoal”.
“Definitivamente o casamento é entre um homem e uma mulher”, manifestou o pastor Reyes ao sair dos tribunais, segundo publicou o jornal La Tribuna. “Todos sabemos que há um ataque contra nossas tradições, e todo homem com boa consciência deve apoiar essa reforma“, disse ele.
Momentos antes da audiência, Alberto Solórzano, presidente da Associação Evangélica de Honduras, havia externado diante a imprensa que confiava na resolução favorável para Reyes. Sendo isso que aconteceu!

Portal Padom

Igreja egípcia critica Obama por calar-se diante a agressão aos cristãos




Um líder cristão egípcio tem criticado ao presidente Barack Obama e o seu governo, por não fazer o suficiente diante a intensa perseguição realizada pela a Irmandade Muçulmana contra a Igreja Cristã.
Após a recente onda de incêndios em igrejas cristãs, o padre Rafic Greich, o principal porta-voz da Igreja Católica no Egito, criticou o presidente Obama por não ter se pronunciado contra a onda de violência lançadas contra os cristãos egípcios em quase 700 anos.

O presidente Obama quando fez o seu discurso, falou apenas das igrejas queimadas, ao invés de dizer que a Irmandade Muçulmana é terrorista e que estão criando o terror no Egito”, expressou o religioso. “Ele não fala fortemente contra isso e deveria ter vergonha, se ele é cristão, por não falar veementemente sobre o que esta acontecendo.”, acrescentou.
“O porta-voz da Casa Branca, a quem… perguntaram-lhe: Qual é a linha vermelha do cristianismo no Egito? Ele zombou dizendo que: “Não trouxe a minha caneta vermelha“.
“Então acredito que é um escárnio e em vez deveria ter vergonha também”.
Islamitas radicais, muitos deles membros da Irmandade Muçulmana do Egito, atacaram pelo menos 60 igrejas cristãs, empresas e instituições nos dias de repressão contra os partidários do presidente deposto Mohamed Mursi.
“Obama parece não entender a situação“, disse Greiche a AsiaNews. “Em seu discurso, nem sequer mencionar que as igrejas cristãs e edifícios cristãos foram queimados pelos irmãos muçulmanos“, disse ele.
Isso deve ser absolutamente claro: A Irmandade Muçulmana é terrorista e está ligada aos grupos às quais pertencem a Al-Qaeda e os salafistas“, disse ele. “A história da Irmandade Muçulmana, inclusive partir desde sua fundação, tem sido uma história de 85 anos de derramamento de sangue.” 

 – cbn
Portal Padom

Coreia do Norte recusa reunião para discutir a liberação de missionário





O governo norte-coreano rescindiu o convite de um alto funcionário dos Estados Unidos, para negociar a liberação do missionário Kenneth Bae, segundo informou o Departamento de Estado dos EUA.
Robert King, enviado especial, deveria viajar de Tóquio a Pyongyang na sexta-feira, para pedir indulto e anistia para Bae.
O missionário coreano-americano foi condenado a 15 anos de trabalho forçado, sob a acusação de atentar contra o regime comunista. No momento de sua prisão, Bae realizava trabalhos humanitários.
Uma porta-voz do Departamento de Estado, Marie Harf, disse que os EUA está “surpreso e decepcionado com a decisão da Coreia do Norte”, e que continua seriamente preocupado com a saúde de Bae.
“Temos pedido um esclarecimento da Coréia do Norte sobre sua decisão e temos feito todo possível para que a viagem do embaixador King possa continuar como estava previsto, ou que ocorra em uma data posterior“, disse Harf.
Sua família disse estar “decepcionada” com a noticia. Mas também disse que continuará orando para que a Coréia do Norte e os diplomatas americanos retomem as negociações em breve.
“Se passaram 301 dias desde que Kenneth está preso. Todos os dias continuamos orando“, disse a família.
Kenneth é um operador turístico e tem 45 anos de idade. Segundo sua família ele está tendo vários problemas de saúde como dores nas costas, problemas cardíacos, entre outros. Ele foi recentemente transferido a um hospital devido a uma deterioração de sua saúde.

Vídeo divulgado  no  mês passado em que missionário aparece  na prisão:

 


Portal Padom

Jovem com problemas mentais, vive em caverna acorrentado pelo pai




Acorrentado pelo pai, jovem cego e com problemas mentais vive isolado em caverna na China
Um jovem chinês foi transformado, pelo próprio pai, em um verdadeiro “homem das cavernas”, após ser acorrentado a uma gruta na Província de Henan.
Cheng Xiangtao, que é cego e tem problemas mentais, vive isolado do convívio social desde que o pai perdeu a casa onde moravam. As fotografias do jovem preso circularam nas redes sociais e chocaram milhares de chineses
Segundo o pai, “isso é o melhor” que ele pode fazer pelo filho

Fotos chocantes:
jovem-acorrentado-pai

ac2
ac1
R7 / Portal Padom

Mutirão encontra preso homem que deveria ter sido solto em 1989



Um mutirão do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) encontrou ainda preso um homem de aproximadamente 80 anos que deveria ter sido libertado em 1989. Segundo o órgão, ele está desde a década de 60 em um instituto psiquiátrico que abriga acusados de cometer crimes no Ceará.
Segundo o CNJ, as pessoas que permanecem no instituto irregularmente estão lá “devido ao abandono dos familiares e pela ausência de uma instituição hospitalar própria para abrigá-los”, afirmou o juiz Paulo Augusto Irion, que acompanhou o mutirão. “A situação dessas pessoas é meramente de saúde, não mais de Direito Penal”, completou.
O mutirão no Estado começou em 7 de agosto e encontrou no Instituto Psiquiátrico Governador Stenio Gomes, em Itaitinga, seis pessoas internadas mesmo depois de terem as penas extintas. O órgão aponta ainda que o estabelecimento funciona em um prédio antigo, que precisa de “urgentíssimas reformas estruturais”.
O mutirão nas unidades prisionais do Ceará deve continuar até a próxima semana. O CNJ, porém, já afirmou que vai recomendar ao governo estadual a interdição da Casa de Privação Provisória de Liberdade Desembargador Francisco Adalberto de Oliveira Barros Leal e da Cadeia Pública de Tianguá.
A primeira tem como principal irregularidade a superlotação –são 1.172 detentos, sendo que a capacidade é de 828. Já na segunda, o órgão aponta as “péssimas condições do prédio”, que teria inclusive esgoto a céu aberto.

 Folha / Portal Padom

Guerra contra Síria é prenuncio da volta de Jesus, afirmam estudiosos




A segunda vinda de Jesus está ligada à cidade de Damasco, capital da Síria, acreditam estudiosos das profecias cristãos e muçulmanos. A crescente ameaça de guerra dos sírio contra outros países gerou uma série de análises de antigos escritos.
Em comum entre as previsões está o iminente retorno de Cristo. Da parte dos cristãos, alguns apontam para Isaías 17:1, que diz: “Eis que Damasco será destruída, e já não será cidade, antes será um montão de ruínas. As cidades de Aroer serão abandonadas; hão de ser para os rebanhos que se deitarão sem que alguém os espante”. Para alguns, esse seria um prenúncio do Armagedon, a batalha final.
Muitos sites cristãos dedicados a interpretação das Escrituras têm especulado sobre se o iminente conflito na Síria foi profetizado na Bíblia. Alguns estudiosos acreditam que esta profecia se cumpriu em 732 a. C, quando os assírios destruíram a cidade, enquanto outros estão convencidos de que se trata de um “evento final dos tempos ainda acontecerá”, explica o portal Christian Post.
Curiosamente, surgem especialistas lembrando que os muçulmanos também acreditam na segunda vinda de Jesus, que pare eles foi um profeta. O texto mencionado na Surat An-Nisa, diz: “E não há ninguém do Povo do Livro, mas que certamente hão de crer em Jesus antes de sua morte. E no Dia da Ressurreição ele será uma testemunha contra eles”.

Abd Ibn Abbas, tio de Maomé relata uma visão do profeta muçulmano: “Na noite de minha ascensão aos céus, eu vi Moisés que era um homem alto de cabelos castanhos como se pertencesse a tribo de Shanawa, e eu vi Jesus, um homem de estatura mediana e complexão moderada inclinada para as cores vermelha e branca e de cabelo liso. Eu também vi Malik, o guardião do Inferno e o Dajjal [Anticristo] entre os sinais que Allah me mostrou”.
Mais especificamente, os estudiosos muçulmanos citam um hadith que fala sobre a ligação de Damasco com a segunda vinda de Jesus, o Livro de Sahih, 41, cuja Hadith 7015 diz: “Allah enviará o Messias filho de Maria. Ele então descerá perto do minarete oriental branco de Damasco, vestido com dois mantos amarelos, apoiado nas asas de dois anjos.”
O imã Abdullah Antepli, capelão muçulmano da Universidade de Duke e fundador da Associação Muçulmana de Capelães, explicou que “existem duas escolas de pensamento dentro do Islã sobre profecias. Alguns muçulmanos entendem as profecias escritas no Alcorão e nas hadiths como literais, mas a maioria dos muçulmanos nunca vê as previsões proféticas em seu sentido literal.”
Com relação à segunda vinda de Cristo, Antepli esclarece: “Como líder muçulmano, para mim a segunda vinda de Jesus representa a paz entre muçulmanos e cristãos, onde se estabelecerá um reino de paz e justiça sobre a terra”.
David Lose, do Luther Seminary, erudito e autor de livros, também deu sua opinião: “Alguns veem quase todas as palavras proféticas como acontecimento futuros, ao invés de vê-las como metáforas destinadas a inspirar a esperança e oferecer conforto no presente”. Para o primeiro grupo, é um constante exercício tentar estabelecer os acontecimentos dos últimos dias.
Outros estudiosos alertam que o conflito na Síria pode ser os primeiros sinais de uma Terceira Guerra Mundial, pois o Oriente Médio está repleto de alianças e tensões que ampliam drasticamente o significado de um ataque à Síria.
O professor e teólogo Joel C. Rosenberg, assevera: “O contexto de Isaías 17 e Jeremias 49 são uma série de profecias do fim dos tempos que lidam com os juízos de Deus sobre os vizinhos e inimigos de Israel que antecedem – e ocorrem durante a – Grande Tribulação”.
O erudito Jack Kinsella, defende em seu livro sobre os conflitos que antecedem o final do mundo, que o provável ataque dos EUA ou das forças da ONU à Síria envolvam reações de todos os países vizinhos contra Israel. Isso poderia causar um efeito dominó, com contra-ataques dos muçulmanos do Hezbollah, Irã, Turquia e talvez até mesmo Jordânia e Egito.
Damasco é considerada a mais antiga cidade continuamente habitada do mundo, com uma história de 5000 anos. Embora tenha sido atacada e conquistada, nunca foi completamente destruída como anuncia a profecia. Hoje possui uma população de quase 2 milhões. A Enciclopédia Judaica explica que o termo “Aroer” em Isaías 17.2 provavelmente foi traduzido incorretamente, e que a melhor opção seria “as cidades ao redor serão abandonadas”. Se essa for a tradução correta, incluirá a fortaleza do Hezbollah, no Vale de Bekaa no Líbano, que era parte do território arameu no tempo de Isaías, e fica entre Beirute e Damasco.
O texto de Isaias oferece ainda um vislumbre do que seriam os acontecimentos posteriores:
“E a fortaleza de Efraim cessará, como também o reino de Damasco e o restante da Síria; serão como a glória dos filhos de Israel, diz o Senhor dos Exércitos. E naquele dia será diminuída a glória de Jacó, e a gordura da sua carne ficará emagrecida” (Isaías 17:3-4).
Jacó e Efraim são nomes alternativos para o Reino do Norte e Samaria era sua capital. Judá era o nome dado ao Reino do Sul, mais tarde alterado para Judéia nas eras grega e romana. E não há dúvidas que anunciam o prenúncio de um cenário de guerra.
“Naquele dia atentará o homem para o seu Criador, e os seus olhos olharão para o Santo de Israel. E não atentará para os altares, obra das suas mãos, nem olhará para o que fizeram seus dedos, nem para os bosques, nem para as imagens. Naquele dia as suas cidades fortificadas serão como lugares abandonados, no bosque ou sobre o cume das montanhas, os quais foram abandonados ante os filhos de Israel; e haverá assolação” 
(Isaías 17.7-9).  
Com informações de Christian Post e Huffington Post.

 http://noticias.gospelprime.com.br

Disciplina na igreja (Estudo)



Introdução: A disciplina cristã é uma das grandes características de uma igreja saudável, principalmente para o nosso tempo onde o relativismo invade a sociedade para deturpar os valores morais, impondo seus preceitos humanistas. Compete à igreja permanecer fiel e fundamentada nas escrituras para não se abalar perante os ventos de vãs filosofias e falsas doutrinas.
I.   O que é a Disciplina? O verdadeiro sentido bíblico da disciplina:
  1. No antigo testamento a palavra em hebraico é: “Musar”, que significa: Instrução e treinamento, a exemplo de um mestre para um discípulo. (Pv 5.12,13).
  2. No novo testamento a palavra em grego é: “Paideia”, que significa: Correção e educação, a exemplo de um pai para um filho. (Hb 12. 6,7; Dt 8.5).
Em suma, a palavra disciplina no sentido cristão denota-nos a ideia de: “formar discípulos”.
II.   Por que somos disciplinados?
  1. Porque somos amados do Senhor: (Pv. 3.11,12; Pv 13. 21; Hb 12.6).
  2. Porque somos filhos e não bastardos: (Hb 12.8).
III.   Para que somos disciplinados?
  1. Para não sermos condenados com o mundo: (I Co 11.32).
  2. Para perseverança (Hb 12.7).
  3. Para aproveitamento: (Hb 12.10).
  4. Para fruto pacifico e fruto de justiça: (Hb 12.11).
  5. Para não andarmos errado: (Pv 10.17).
  6. Para nossa própria felicidade: (Sl 94.10; Jó 5.17-18).
  7. Para nosso próprio bem: (Dt 8.16; 13.11; Pv. 3.12).
  8. Para não morrermos: (Pv 5.22,23).
  9. Para a Salvação: (II Co 7.9-10).
IV.   Quais são os propósitos da disciplina?
  1. Prezar a santidade: (Hb 12.10)
  2. Preservação da reputação: (Rm 2.23,24).
  3. Repreender os transgressores (I Ts 5.17; II Tm 2.24,25).
  4. Restaurar a comunhão: (Hb 12.12,13).
  5. Gerar temor nos demais: (Dt 13.11; 17.13; Pv 19.25; At 5.11; I Tm 5. 20).
  6. Evitar o juízo de Deus sobre todo o povo: (Js 7.1,13; Ap 2.14-15).
V.   Por quem somos disciplinados? Vejamos as disciplinas relatadas na bíblia:
  1. Disciplina divina: (Pv 3.11.12; I Co 11.31,32; Ap 3.10).
  2. Disciplina familiar: (Hb 12.9; Ef 6.4).
  3. Disciplina de autoridades: (Rm 13.4).
  4. Disciplina pastoral: (II Tm 4.1)
  5. Disciplina eclesiástica: (I Co 5.1-13).
VI.   Quem é disciplinado?
  1. Todos são participantes da disciplina: (Hb 12.8).
  2. Os filhos e não os bastardos: (Hb 12.8).
  3. Os de dentro: (Igreja), não os de fora: (mundo): (I Co 5. 12,13).
VII.   Como se deve aplicar a disciplina?
  1. Com amor: (Pv. 3.11,12; Pv 13. 21; Hb 12.6).
  2. Com acompanhamento: (2Co 5.6-9).
  3. Com mansidão: (II Tm 2.24,25).
  4. Com brandura: (Gl 6.1).
  5. Com justiça: (Pv 11.1).
  6. Com franqueza: (Pv 27.5).
  7. Com propósito de ganhar o irmão: (Mt 18.15).
VIII.   Quais as reações humanas diante das disciplinas?
  1. O ímpio odeia a disciplina: (Sl 50.17).
  2. O tolo aborrece a correção: (Pv 12.1), e quem lhe corrige: (Pv 15.12).
  3. O sábio recebe a correção: (Pv 13.1), e ama ao que lhe corrige: (Pv 9.8).
IX.       Quais são os tipos de disciplinas existentes?
  1. Disciplina Formativa – Ocorre por meio da exortação e compete a todos os cristãos: (Hb 3.13).
  2. Disciplina Corretiva – Ocorre por meio do afastamento e compete aos pastores: (II Ts 3. 6,14,15).
  3. Disciplina Cirúrgica – Ocorre por meio da exclusão e compete ao pastor e igreja: (I Co.5:3-5; I Tm.1:20).
    X.   Como deve ocorrer o processo da disciplina? Há quatro níveis distintos no processo de disciplina que o Senhor ensinou: (Mt 18.15-17).
  1. Repreensão particular ou pessoal: (Mt 18.15).
  2. Repreensão com testemunhas: (Mt 18.16).
  3. Repreensão pública: (Mt 18.17; I Tm 5.20).
  4. Repreensão de exclusão: (Mt 18.18).
XI.   Quando se deve disciplinar?
  1. Quando se vive em pecado: (I Tm 5.20).
  2. Quando se torna insubmisso: (I Ts 5.14); e blasfemador: (I Tm 1.20).
  3. Quando se promove divisão e escândalo na igreja: (Rm 16.17-18).
  4. Quando se ultrapassa e ensinam outras doutrinas: (II Jo 9 -11).
XII.  Consequências quando não repreendemos com disciplina:
  1. Cometemos pecado de omissão: (Lv 19.17).
  2. Seremos julgados pela omissão: (Ez 3.17-19; 33.7-9).
XIII.   Consequências quando não recebemos a repreensão disciplinar:
  1. Tornamos prisioneiro do pecado e morremos: (Pv 13.18).
  2. Caímos na pobreza e vivemos na vergonha: (Pv 13.18).
  3. Gemeremos no fim da vida: (Pv 5.11,12).
  4. Perecemos: (Jr 7.28).
XIV.   Como tratar os que foram disciplinados:
  1. Convencendo do pecado: (Tg 5. 19-20).
  2. Com perdão, consolo e reafirmação do amor: (II Co 5.6-9).
  3. Com restauração e cura: (Hb 12. 12,13).
Conclusão: Disciplina significa formar discípulos, não é uma expressão de ódio e sim de amor, não se trata de um ato de condenação e sim de correção, por fim, entendemos que a disciplina visa tão somente o nosso bem e nunca o nosso mal.

Autor

Sidney Osvaldo Ferreira

Sidney Osvaldo Ferreira

Pastor presidente da Igreja Batista Evangelizadora, em Paulo Afonso - BA. Teólogo, Filósofo e Administrador. Casado com a nutricionista Vanessa Cristina. Contato virtual: sidney.osvaldo@hotmail.com
+ Artigos
 
* As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores
e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.

Pastor Marcos Pereira conta tudo sobre sua prisão em entrevista ao programa “Conexão Repórter”, do SBT





No próximo domingo o programa Conexão Repórter, do SBT, apresentará uma edição especial com uma entrevista do polêmico pastor Marcos Pereira. Líder da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos dias, que está preso desde maio, acusado de estupro e ligações com o tráfico de drogas.
- Acusado de estuprar mulheres de sua própria igreja, ordenar atentados de dentro da prisão e comandar os bandidos mais perigosos do país, ele dará um depoimento denso e repleto de revelações -anuncia a emissora, sobre a edição do programa com o pastor.
A entrevista foi concedia com exclusividade ao jornalista Roberto Cabrini, que entrou no presídio de segurança máxima para conversar com Pereira.
Essa não é a primeira vez que em que programa do SBT entrevista Marcos Pereira. Antes de sua prisão, em 2010, Cabrini conviveu durante dias com o pastor e registrou como ele entrava nos bailes funks em favelas dominadas pelo tráfico e os transforma em cultos religiosos.
Depois da prisão do líder religioso, o programa apresentou também um documentário intitulado “Em Nome do Senhor”, exibindo reportagens gravadas em 2012, quando foram entrevistadas mulheres que teriam sido vítimas de estupro cometido pelo pastor, além de entrevistas com o coordenador da ONG AfroReggae, José Junior, e com o ex-pastor da ADUD, Rogério Ribeiro de Menezes, que era subordinado a Marcos Pereira e testemunhou contra Pereira nas investigações da Delegacia Especial de Combate às Drogas (DCOD), que levaram à prisão.
O programa vai ao ar nesse domingo, dia 1º de setembro, às 22h, após o Programa Silvio Santos.

Por Dan Martins, para o Gospel+

Católico, diplomata brasileiro diz que ajudou o senador evangélico boliviano fugir para o Brasil porque “ouviu a voz de Deus”






A recente fuga do senador e pastor evangélico boliviano Roger Pinto Molina para o Brasil motivou, que motivou um grande desconforto entre os governos do Brasil de da Bolívia foi organizado pelo diplomata brasileiro Eduardo Saboia, responsável pela Embaixada do Brasil. Católico praticante, o diplomata afirma ter ajudado na fuga de Molina porque “ouviu a voz de Deus”.
- O senador estava havia 452 dias sem tomar sol, sem receber visitas. Eu me sentia como se fosse o carcereiro dele… O asilado típico fica na residência [do embaixador], mas ele estava confinado numa sala de telex, vigiado 24 horas por fuzileiros navais – explicou Saboia.
- Fiz uma opção por um perseguido político, como a presidente Dilma fez em sua história – completou.
Molina liderou a oposição ao governo de Evo Morales e pediu asilo político ao Brasil, alegando perseguição política. Após 15 meses abrigado na Embaixada do Brasil em La Paz, o senador deixou o país com a ajuda de Saboia, que assumiu a responsabilidade pela operação de retirada do parlamentar da Bolívia, segundo a revista Veja.
Advogado, pecuarista e pastor da Igreja Batista, Roger Pinto Molina, de 53 anos, foi governador de Pando, onde nasceu, deputado federal e senador da Convergência Nacional (CN), opositor ao presidente Evo Morales. Parte da família – duas filhas e a mulher – moram no Brasil.
O diplomata brasileiro contou sobre a fuga em uma entrevista à revista Veja contando que foi motivado pelo “estágio perigoso de depressão” em que o senador Pinto estava, e que foi auxiliado por Deus durante a fuga. Segundo ele, no meio da viagem estavam sofrendo com a névoa, gelo e frio, sem comida suficiente, com o senador passando mal e com o combustível estava no limite, quando aconteceu um milagre.
- Eu, católico, e o senador, evangélico. Peguei a Bíblia, abri nos Salmos e li. Foi o milagre da multiplicação da gasolina. – explicou.
Afastado de suas funções por tempo indeterminado, Saboia diz que o que fez foi prejudicial à sua carreira, mas que fez o que achava certo e que tem ferramentas para se defender caso tentem acusá-lo.
- Se vierem para cima de mim, tenho elementos de sobra para me defender e para acusar – afirmou.

Por Dan Martins, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.