Ser exemplo: a melhor forma para educar seus filhos





Hoje em dia, existem várias fórmulas e métodos que muitos pais utilizam como alternativas para educarem e influenciarem seus filhos nas mais diversas situações. Alguns preferem usar como instrumento educador o relacionamento, incluindo o diálogo nesse processo. Outros já partem automaticamente para a agressão física diante de um conflito. Mas existe também os que dizem que algo é errado, só que eles mesmos praticam os erros que não gostariam que seus filhos praticassem.
As crianças, de um modo geral, são muito observadoras. Aliás, nós adultos também temos esta mesma característica, de observarmos as atitudes de outros. Por exemplo, olhamos para as pessoas e para as instituições em todos os seus aspectos e desejamos encontrar alguém que seja exemplo de honestidade e coerência em suas posições. No ambiente familiar é a mesma coisa. Os filhos estão de olho na vida de seus pais, buscando neles a inspiração para a formação de seu caráter. Porém, quantas crianças e adolescentes estão crescendo em um ambiente familiar onde os pais lançam suas regras disciplinares, mas eles mesmos estão em falta no cumprimento delas. São pais que dizem: “Filho, não beba, não fume”, mas que são adeptos a tais práticas dentro do próprio lar.
Eles desejam a seus filhos um caminho longe de vícios, como o alcoolismo, mas consomem bebidas na frente deles. Que autoridade um pai ou uma mãe terá, se não vivenciarem o que tanto desejam para seus filhos? Nenhuma. Para ser sincero, pais que ditam algo que contradiz sua atitude pessoal, causam revolta no coração dos filhos. Quer criar seus filhos no laço da revolta? É só se basear no ditado popular que diz “Faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço”.  Querido, somente através do exemplo é que iremos ter autoridade e crédito nas situações corriqueiras do dia a dia e também nas mais complicadas.

Há alguns que foram criados sem bons exemplos familiares e escolheram ser diferentes de seus pais. Mas esse índice é muito pequeno, pois a influência do que se vê em casa posteriormente refletirá no comportamento. Como você está educando seus filhos? Você tem sido exemplo naquilo que tem desejado para eles ou não? Se sua resposta for sim, parabéns. Continue assim, pois sua imagem será refletida neles. Se a resposta for não, então é tempo de mudanças. Comece por você mesmo. Faça uma auto-análise de suas palavras e atitudes. 
Você cumpre o que diz? Suas atitudes são coerentes com as suas palavras?Nós cristãos seguimos uma referência de vida e princípio: Jesus Cristo. Nós o seguimos e o amamos porque seu amor e estilo de vida nos conquistou. “Nós amamos porque ele nos amou primeiro” (1 João 4:19). Suas palavras combinavam com suas atitudes. Seu exemplo de amor nos marcou, e hoje, pela graça de Deus, temos a convicção que não estamos sozinhos e que temos a vida eterna. Ele é a nossa razão de viver.
Albert Schweitzer foi um teólogo, músico, filósofo e médico alemão, nascido na Alsácia, e autor de uma frase que vem a calhar neste artigo: “Dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros – é a única.”.  Lembre-se: meras palavras cansam, atitudes marcam. Conquiste seu lar e seus filhos através de seu exemplo.


* As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores
e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.





Autor(a)

Ademir Almeida

Ademir Almeida

O Missionário Ademir reside atualmente em Areado-MG e é responsável pela Congregação da Igreja Presbiteriana Independente, no bairro Parque dos Pássaros. Ele e sua esposa, Valéria, formaram-se no CTMDT (Centro de Treinamento Ministerial Diante do Trono), em Santa Luzia-MG e atualmente é estudante de Psicologia na Unifenas.

Baixa audiência no Festival Promessas é recompensa pelo desrespeito que a Globo trata os evangélicos





Eu sei que vão dizer que eu estou de implicância com a Rede Globo. Mas afinal, contra fatos não há argumentos. Certo? Então vamos aos fatos.
Desde a promoção do pastor Marco Feliciano a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados à mídia – e nela está incluída principalmente a Rede Globo – iniciou uma campanha de promoção da homossexualidade.
A militância da emissora tornou-se tão expressiva que passou a receber criticas das mais diversas lideranças religiosas contra sua programação. Estava claro a intenção de promover todo o tipo de comportamento que desvalorize a crença, principalmente em relação ao cristianismo. A emissora passou a fazer ativismo e tentar doutrinar a sociedade a ser favorável ao aborto, à homossexualidade e a liberação das drogas.
Chegou a expor crianças a beijo gay durante um dos seus programas. Usou a novela “Amor à Vida” para pregar ideologia anti-religiosa e pró-aborto e na mesma novela passou a promover a homossexualidade e, ao mesmo tempo, inseriu a participação de personagens evangélicos. Além disso, no dia em que lideres evangélicos reuniram quase 70 mil cristãos em Brasília para uma manifestação pacífica, a imprensa cobria a marcha de meia dúzia de maconheiros em São Paulo.
A Globo tem um longo histórico de impasses com os cristãos, principalmente evangélicos. Mas desde que surgiu o Festival Promessas criou-se uma expectativa de que a emissora poderia mudar sua postura. O que não aconteceu. Por isso, o resultado é o esperado: baixa audiência, críticas e a possibilidade de a emissora romper de vez com os evangélicos.
Sou crítico, confesso, mas com uma boa dose de cautela. Não critico os cantores que participaram do Promessas. Acredito que eles estão aproveitando uma oportunidade de anunciar o evangelho, apesar de achar que lhes falta postura em relação a temas polêmicos. Porém, acho que estão no direito de participar da programação ao serem convidados.
É evidente que não existe coerência entre a possibilidade de anunciar o evangelho e o desrespeito com que a emissora trata os evangélicos do país. Principalmente depois de ver a péssima qualidade como o Festival de 2013 foi preparado.
Não posso ensinar peixe a nadar, mas a emissora deveria saber que ao criticar e expor sua opinião de forma militante teria como recompensa o repúdio dos evangélicos e cristãos em geral.
Mas o problema maior em relação à postura da emissora, na clara preferência por temas degradantes, é que ela não apresenta o contraditório. Tendo a achar que existe um interesse obscuro por trás disso, pois ao censurar o contraditório acaba sugerindo um perfil progressista.
A emissora não convidará um pastor evangélico para um debate franco sobre qualquer assunto, pois para eles a opinião de um líder evangélico é sempre reacionária. Afinal, pastor evangélico nunca tem uma opinião progressiva do ponto de vista dos seus diretores e apresentadores.
Já escrevi isso aqui e reitero: a emissora têm em sua grade de programação muitas coisas que contrariam os ideais cristãos. Faz parte da agenda. É parte do objetivo da empresa na doutrinação da sociedade.
Além do mais, a Globo deu pouca importância à música gospel. Cancelou um evento poucos dias antes e fez uma apresentação chula com a participação dos cantores em Brasília. Ainda que a emissora procure aproximação com os evangélicos, ao ridicularizar pastores, agir com pouco profissionalismo e desprezar os valores que defendemos, ela acaba tendo como resultado o que se viu no último domingo: baixa audiência e muitas críticas.


* As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos 
respectivos autores e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.


 Autor(a)
Michael Caceres

Michael Caceres

Conferencista, palestrante, escritor, contemplador, aprendiz e examinador de questões teológicas.

Homem é proibido de entrar em estádio por se parecer com representação de Jesus em quadros; Assista



Se parecer com a representação de Jesus é o fardo de um homem inglês de 34 anos. Fã de competições de dardos, Nathan Grindal foi barrado na porta de um estádio por sua semelhança com as pinturas que representam o Filho de Deus.
A “crucificação” começou ano passado, quando ele estava no estádio junto com outras cinco mil pessoas acompanhando um torneio de dardos. Ao ser mostrado no telão, a multidão passou a cantar o nome de Jesus, o que gerou tumulto e a segurança do estádio resolveu tirá-lo do local.
Com longos cabelos e barba, Nathan Grindal acabou banido de maneira informal do estádio de Somerset. Este ano, na tentativa de ir novamente ao torneio de dardos, foi barrado na porta.
“Foi muito intimidador. O chefe de segurança me disse que eu não iria entrar no torneio porque eles não querem que repetir o que aconteceu no ano passado. Mas não é minha culpa que eu pareço com Jesus “, lamentou em entrevista ao jornal Mirror.
O porta-voz da administração do estádio confirmou que o motivo de Nathan ser barrado era sua aparência: “Lembrando o efeito perturbador produzido por sua aparição no ano passado, os organizadores tomaram a decisão de não permitir o senhor Grindal entrar no complexo”, afirmou.
Assista ao tumulto pela aparição de Nathan “Jesus” no telão do estádio em 2012:
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Pastor Marco Feliciano critica Nelson Mandela: “Implantou a cultura da morte na África do Sul”










O pastor Marco Feliciano (PSC-SP) comentou a morte de Nelson Mandela, líder sul-africano na luta contra o apartheid, dizendo que o ex-presidente “implantou a cultura da morte” naquele país.
A afirmação foi feita durante uma entrevista ao iG nesta segunda-feira. O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias 

(CDHM) disse que a aprovação do aborto na África do Sul foi um erro de Mandela.
“Quem mata uma criança, para mim, não é meu amigo. Então Mandela implantou a cultura que chamamos de cultura da morte dentro da África do Sul [...] E até hoje os índices de aborto na África do Sul são dos maiores do mundo. Então, nesse quesito, Mandela não foi feliz”, criticou o pastor.
 
Em 1996, quando Mandela aprovou a lei do aborto na África do Sul, o país registrava altíssimas taxas de violência sexual contra a mulher, e o ex-presidente se baseou nesse indicador para aprovar a interrupção da gravidez. De acordo com as autoridades, anualmente são registrados 60 mil casos de estupro na África do Sul.
Mesmo com essa crítica, Feliciano afirmou que pretende homenagear o líder sul-africano com um voto favorável ao projeto de lei que cria cotas para negros em concursos públicos no Brasil: “Meu voto vai ser uma homenagem a Mandela”.
2014
Sobre as eleições em 2014, Feliciano afirma que só não sairá candidato à reeleição como deputado federal se houver oportunidade de se candidatar ao Senado.
Entretanto, Feliciano sabe que a disputa será apertada, pois há apenas uma vaga e esta deverá ser disputada pelo atual senador Eduardo Suplicy (PT), José Serra (PSDB), ex-governador de São Paulo, e Gilberto Kassab (PSD), ex-prefeito de São Paulo.
“Se fosse só ele [Eduardo Suplicy], entraria na disputa sem medo nenhum. Seria uma luta bonita, porque o sobrenome Suplicy está atrelado a tudo o que contraria a nós [evangélicos]”, afirmou o pastor.
A respeito da disputa pelo Palácio do Planalto, Feliciano diz que apoiará o candidato de seu partido, pastor Everaldo Pereira, e que de maneira alguma apoiará a reeleição de Dilma Rousseff (PT): “Eu não posso caminhar ao lado dela”, definiu, relembrando os compromissos contra o aborto assumidos com as lideranças evangélicas durante a campanha de 2010, e quebrados durante o mandato.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Menina de 4 anos emociona o mundo ao escrever carta para Deus e recebe resposta; Entenda






Uma menina de quatro anos de idade, consternada pela morte de sua cadela de estimação, escreveu uma carta endereçada a Deus com a ajuda de sua mãe, e a divulgação do caso emocionou milhares de pessoas ao redor do mundo.
A cadela Abbey morreu aos 14 anos de idade, por complicações de uma doença não revelada. A menina Meredith, triste pela perda, se preocupou com o tratamento que seu bicho de estimação teria no céu e tratou de escrever uma carta para Deus, pedindo que Ele cuidasse de Abbey.
“Querido Deus, O Senhor pode tomar conta da minha cadela? Ela morreu ontem e está no céu, aí com o Senhor. Fico feliz que tenha deixado ela ficar com a gente mesmo quando ficou doente. Espero que o Senhor brinque bastante com ela. Ela adora nadar e jogar bola. Para o Senhor não se confundir, estou enviando uma foto dela. Espero que reconheça logo minha cadela. Estou com muita saudade dela. -Meredith”, escreveu a menina.
Um funcionário do correio que interceptou a carta endereçada a Deus ficou tocado pelo carinho da menina pela cadela e resolveu responder, a fim de proporcionar algum conforto a Meredith.
“Querida Meredith, a Abbey chegou bem ao céu. A foto que você me enviou, ajudou muito e eu a reconheci imediatamente. Abbey não está mais doente. O espírito dela está aqui comigo, assim como está no seu coração. Ela adorou ter sido seu animal. Como não precisamos de nossos corpos no céu, não tenho bolso para guardar a sua foto. Assim, estou devolvendo-a dentro do livro para você guardar como uma lembrança da Abbey. Obrigado por sua linda carta. Com amor, Deus”, escreveu o funcionário, que presenteou Meredith com um exemplar do livro Quando um Pet Morre, de Fred Rogers, segundo o portal A Tarde.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Papa Francisco comemora seu aniversário de 77 anos em café da manhã com moradores de rua






Quatro moradores de rua, um deles levando seu cachorro de estimação, acompanharam o papa Francisco na comemoração de seu aniversário de 77 anos nessa terça-feira (17) em um café da manhã no Vaticano.
Os homens, que vivem nas ruas de Roma, numa rua de um bairro vizinho aos muros da Santa Sé, foram convidados pelo monsenhor Konrad Krajewski, esmoleiro oficial do papa, a participar da missa matinal que é celebrada diariamente pelo Papa. Após a celebração, eles forma apresentados ao papa, e tomaram café junto ao líder da Igreja Católica.
Segundo um comunicado divulgado pelo serviço de comunicação do Vaticano, o papa convidou também os funcionários da santa sé para participaram da celebração, em “um clima particularmente familiar”.
O aniversário do papa está sendo comemorado desde o último sábado, quando ele ganhou um bolo das crianças do Vaticano e soprou as velinhas junto com elas. Entre as comemorações do aniversário do papa Francisco está também a visita de uma delegação do San Lorenzo, seu time de futebol favorito argentino, de Buenos Aires.
Por Dan Martins, para o Gospel+

PLC-122 é “sepultada” pelo Senado e irá tramitar em conjunto com o novo Código Penal






Na tarde dessa terça-feira (17), o Plenário do Senado aprovou um requerimento do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), para que a PLC-122/2006, proposta que ficou conhecida como “projeto da homofobia”, seja apensada ao projeto de reforma do Código Penal (PLS 236/2012). Dessa forma, a PLC-122 passaria a tramitar junto com a reforma PLS-236, tendo suas discussões e votações unificadas.
O apensamento, aprovado com 29 votos favoráveis, 12 contrários e duas abstenções, motivou críticas por parte dos senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e Paulo Paim (PT-RS), que afirmam que a tramitação conjunta das duas propostas irá enfraquecer o debate sobre a criminalização da homofobia. O simbólico fim da PLC-122 aconteceu pouco depois da orientação feita pela presidente Dilma Rousseff ao Senado para não votar a proposta até as eleições de 2014.
Suplicy pediu a verificação de quórum para que seja realizada votação norminal do requerimento. Já Paim, afirma que o requerimento perdeu o seu objeto, uma vez que a comissão especial de senadores criada para examinar o projeto de reforma do Código Penal já aprovou, também nesta terça-feira, o relatório final elaborado pelo senador Pedro Taques.
Eduardo Lopes explicou seu requerimento afirmando que não há sentido para que as propostas tramitem separadamente, visto que tratam de assuntos correlatos. O senador Magno Malta (PR-ES) manifestou apoio a Lopes afirmando que a criminalização da homofobia depende da tipificação desse crime no Código Penal, o que justifica tal apensamento.
O apensamento da proposta foi bem recebido entre críticos da PLC-122, como o articulista cristão Paulo Teixeira, que comentou a aprovação do requerimento de Eduardo Lopes como o “sepultamento” da PLC-122.
- Com o sepultamento desse famigerado projeto de lei, as famílias brasileiras estão livres de mais um projeto que visava implantar a ditadura gay – comentou Teixeira.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Bacalhau ao forno à portuguesa


Bacalhau ao forno à portuguesa


Bacalhau ao forno à portuguesa: sirva esta receita tradicional!
Foto: Divulgação
Tipo de prato: Prato principal
Preparo: Médio (de 30 a 45 minutos)
Rendimento: 1 porção
Dificuldade: Fácil
Categoria: Peixe ou fruto do mar

Ingredientes

. 1 posta média de bacalhau desalgada
. 1L de água
. 1 cebola média
. 3 batatas médias cozidas
. 2 talos de brócolis cozido
. 1 ovo cozido
. 3 colheres (sopa) de azeite
. 3 dentes de alho laminado

Bacalhau ao forno à portuguesa: sirva esta receita tradicional!
Foto: Divulgação
Tipo de prato: Prato principal
Preparo: Médio (de 30 a 45 minutos)
Rendimento: 1 porção
Dificuldade: Fácil
Categoria: Peixe ou fruto do mar

Ingredientes

. 1 posta média de bacalhau desalgada
. 1L de água
. 1 cebola média
. 3 batatas médias cozidas
. 2 talos de brócolis cozido
. 1 ovo cozido
. 3 colheres (sopa) de azeite
. 3 dentes de alho laminado
. cebolinha para decorar

Modo de Preparo

Coloque em uma panela a posta do bacalhau e a água. Ferva por 10 minutos em fogo alto. Escorra a água, coloque o bacalhau, uma colher de azeite, a cebola picada e as batatas cortadas em rodelas em uma forma e leve ao forno médio com por cerca de 15 minutos. Na hora de servir, acrescente o brócolis e o ovo cozido e coloque um pouco de azeite, a cebola e alho laminado sobre bacalhau. Decore com cebolinha. As batatas e o brócolis cozinhe como de costume.
Receita do restaurante Bacalhoeiro
. cebolinha para decorar

Modo de Preparo

Coloque em uma panela a posta do bacalhau e a água. Ferva por 10 minutos em fogo alto. Escorra a água, coloque o bacalhau, uma colher de azeite, a cebola picada e as batatas cortadas em rodelas em uma forma e leve ao forno médio com por cerca de 15 minutos. Na hora de servir, acrescente o brócolis e o ovo cozido e coloque um pouco de azeite, a cebola e alho laminado sobre bacalhau. Decore com cebolinha. As batatas e o brócolis cozinhe como de costume.
Receita do restaurante Bacalhoeiro

Antepasto de Berinjela





  • 1 berinjela grande, bem lavada e cortada em cubos (de 1cm)
  • 1 cebola grande cortada em pétalas.
  • 1 tomate grande, sem sementes, picado em cubos grandes
  • 1 pimentão verde cortado em quadrados.
  • um punhado de azeitonas verdes picadas.
  • 5 dentes de alho laminados.
  • 30 ml de pesto
  • bastante manjericão, salsinha e cebolinha picadinhos
  • pimenta calabresa a gosto
  • sal a gosto
  • azeite a vontade
  • 2 colheres de mostarda dijon
  • 2 colheres de catchup

Como fazer

Ligue o forno e deixe aquecendo.
Coloque todos os ingredientes numa assadeira, regue com muito azeite e leve ao forno alto por 10 minutos.
Retire e mexa com uma colher e coloque mais azeite.
Faça isso mais umas 3 vezes (até que estejam todos os legumes. assados, úmidos e sem desmanchar e vez.
Retire do forno, regue mais azeite e deixe esfriar.
Misture a mostarda e o catchup, leve a geladeira por uma hora antes de servir.

Informações adicionais

Sirva com torradinhas, pães, bolachas...

Chester com Castanhas






Receita de natal, e pode-se fazer com frango no cotidiano.
  • 1 ave grande (3 kg)
  • Marinada:
  • 1 xícara de vinho branco
  • 1/2 xícara de suco de limão
  • 1/2 xícara de azeite
  • 2 ramos de salsa
  • 2 ramos de alegrim
  • 2 ramos de tomilho
  • 2 cebolinhas
  • 1 folha de louro
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 colher (sopa) de açucar
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 pitada de noz moscada ralada
  • 1 caixa de bacon em fatias
  • Recheio:
  • 1 xícara de frutas cristalizadas
  • 1 xícara de vinho do porto ou seco tinto
  • 3 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 cebola média picada
  • sal a gosto
  • 3 ovos batidos
  • 400 g de castanhas portuguesas cozidas, descascadas e picadas
  • 1/2 xícara de uvas passas
  • 500 g de farinha de mandioca torrada
  • 1/2 xícara de amendoim torrado (sem sal)

Como fazer

Coloque a ave em um saco plastico grande.
Em uma vasilha misture todos os temperos da marinada.
Despeje dentro do saco com a ave, feche bem e leve a geladeira por no mínimo 6 horas, virando de vez em quando para distribuir o tempero por toda a ave.
Tire a ave da marinada após o tempo e recheie com a farofa.
Coloque-a em uma assadeira untada com azeite.
Por cima da ave coloque as fatias de bacon.
Leve ao forno pré aquecido (180ºC) calcule 30 minutos por kg da ave.
Passe para uma travessa de servir após assar e decore com alecrim e cebolinhas.
Prepare o recheio:
Coloque as frutas cristalizadas em uma tigela com o vinho e deixe de molho.
Numa panela aqueça a manteiga em fogo médio.
Refogue a cebola até ficar macia.
Coloque as uvas passas e deixe inchar um pouco mexendo sempre.
Acrescente as frutas cristalizadas e as castanhas, misture.
Despeje os ovos batidos e bexa bem sem parar.
Coloque o vinho das frutas e misture bem.
Aos poucos coloque a farinha mexendo sempre, até obter uma farofa homogênea
Acrescente o amendoim e utilize para rechear a ave.

Informações adicionais

Pode-se fazer em qualquer época do ano e vão adorar.

Bolo de Frutas e Castanhas






  • 1 e ½ xícaras (chá) de farinha de trigo
  • ½ xícara (chá) de açúcar
  • ½ xícara (chá) de açúcar mascavo
  • 4 colheres (sopa) de margarina
  • ¼ xícara (chá) de água morna
  • 4 ovos
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 1 colher (café) de essência de laranja
  • 1 colher (café) de noz moscada ralada
  • 2 colheres (sopa) de frutas cristalizadas
  • ¼ xícara (chá) de castanha-do-Pará picada
  • ¼ xícara (chá) de uva-passa escura sem sementes
  • ¼ xícara (chá) de damasco picado
  • ¼ xícara (chá) de castanha-de-cajú picada
  • Cobertura:
  • Açúcar de confeiteiro (o quanto baste)
  • Leite ou suco de frutas (o quanto baste)

Como fazer

Preaqueça o forno em temperatura média. Prepare uma forma para bolo inglês, untando-a e enfarinhando-a. Polvilhe com uma colher de farinha de trigo, as uvas-passas, as frutas cristalizadas e o damasco.
Passe delicadamente as frutas por uma peneira e reserve.
Na batedeira, bata os açúcares, com os ovos e a margarina.
Em seguida, acrescente a farinha de trigo, a água, a noz moscada, a essência, o fermento e bata mais um pouco. Acrescente à massa, as frutas peneiradas reservadas e as castanhas.
Misture tudo delicadamente. Coloque essa mistura na forma já preparada e leve o bolo para assar por aproximadamente 25 a 30 minutos.
Desenforme depois de frio.
Cobertura:
Peneire o açúcar e misture com o suco ou leite (coloque o suco ou leite bem aos pouquinhos). Se fizer com leite, coloque algumas gotinhas de limão.
Vá misturando o suco ou leite aos poucos e mexendo bem forte (batendo mesmo) com o auxílio de uma colher de pau até chegar num ponto de calda quase grossa.
A mistura tem que ficar cremosa.
Despejar sobre o bolo para decorar.

Informações adicionais

Decore com confeitos coloridos e cerejas.

Cristão é condenado a prisão perpétua pela morte de muçulmano; Confronto ceifou a vida de seis cristãos, mas ninguém foi preso





A instabilidade social no Egito por conta dos atos de intolerância de muçulmanos contra cristãos provocou mais um incidente grave no país que levou à condenação de três cristãos.
Um confronto recente entre os dois grupos resultou na morte de seis cristãos e um muçulmano, e os acusados de matarem o homem muçulmano foram julgados e condenados por um tribunal penal da capital do país, Cairo. De acordo com informações da agência de notícias Reuters, ninguém foi preso ou condenado pelas mortes dos cristãos.
O advogado de defesa dos acusados da morte do muçulmano disse que as autoridades não conseguiram identificar os suspeitos da morte dos cristãos porque as testemunhas se recusavam a cooperar com as investigações  por medo de retaliação.
A condenação dos três cristãos foi dividida em partes. Um deles, Hani Awad Farouk, foi sentenciado à prisão perpétua, e os outros dois, pegaram 15 anos de pena cada um.
A crise social do Egito começou com a deposição do presidente Mohamed Morsi, o primeiro eleito democraticamente na história do país, e favorável às leis que previam privilégios à maioria muçulmana. Desde que os militares o retiraram do poder, uma onda de ataques a igrejas e empresas de cristãos resultou em mortes e na condenação de nove muçulmanos por vandalismo.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Jornalista critica exagero nas homenagens a Nelson Mandela e diz: “Parem de compará-lo a Jesus”





Nelson Mandela faleceu aos 95 anos e seu corpo foi enterrado no último domingo, 15 de dezembro, em Qunu ao lado de seus filhos.
O sul-africano, cristão, líder político contra o apartheid, foi homenageado durante mais de uma semana por pessoas, chefes de estado e imprensa de todo o mundo, devido ao seu legado de luta contra a desigualdade social.
Porém, um jornalista enxergou exagero no editorial de uma emissora de rádio da rede britânica BBC, e pediu que a emissora não o comparasse ao símbolo da fé cristã: “Ele era um gigante, mas é um absurdo a BBC para comparar Mandela a Cristo”, escreveu Dominic Lawson em sua coluna no Daily Mail.
Segundo Lawson, o radialista Evan Davis disse que Mandela deveria ser posto ao lado de Jesus no “panteão da virtude”.
Em seu texto, o jornalista citou as palavras do ex-presidente norte-americano Jimmy Carter, cristão batista, que rejeitou enfaticamente qualquer tipo de comparação entre Jesus e o político sul-africano.
“A história política também deve alertar-nos para nunca confundir o homem público e privado. Eles são muito diferentes – e Mandela era um exemplo espetacular desta disjunção”, escreveu Lawson, referindo-se aos problemas de Nelson Mandela em sua vida privada, e usando esses fatos como essenciais para limitar a empolgação nas homenagens a ele.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+


Edward Snowden – você é bem-vindo ao Brasil!






Caros amigos em todo Brasil,

Edward Snowden, o corajoso homem que desistiu de toda sua vida para expor a enorme e ilegal espionagem norte-americana no Brasil e no mundo todo, acabou de escrever uma carta aberta a nós brasileiros, contando que “hoje, se você tem um celular em São Paulo, a NSA [agência norte-americana de espionagem] pode rastrear onde você se encontra, e o faz”.

Snowden disse que “e autoridades americanas nunca deveriam decidir sobre as liberdades de cidadãos brasileiros”. Ele sacrificou sua vida pelo mundo, e agora é a hora de mostrarmos nossa gratidão e lhe dar boas-vindas bem brasileiras. Una-se ao meu apelo para a presidente Dilma oferecer asilo a Snowden no Brasil, e compartilhe com todos!



Asilo no Brasil para o corajoso Edward Snowden!



Assine a petição
Há alguns meses, nós descobrimos o quão fora de controle ficou a espionagem feita pelos Estados Unidos – uma rede de arrastão imensa com acesso a nossos e-mails, nossos telefonemas, conversas no Skype e até os chats no Facebook. Nem pessoas e instituições poderosas escaparam – os norte-americanos também estavam lendo os e-mails da presidente Dilma e espionando a Petrobrás e o Ministério de Minas e Energia.

Nós temos que agradecer a uma pessoa por nos trazer a verdade e ajudar-nos a combater a agressiva espionagem norte-americana: Edward Snowden. Ele é o inimigo público número um dos EUA. Ele é alguém que eu admiro. E eu tive uma pequena participação no processo que fez com que nós, brasileiros, soubéssemos das histórias que ele revelou. Eu passei nove horas trancado em uma sala no aeroporto de Londres porque a polícia do Reino Unido, trabalhando em cooperação com os norte-americanos, me deteve para roubar alguns dos documentos que Snowden vazou, documentos que eu estava trazendo para o meu namorado e companheiro, o jornalista Glenn Greenwald. Documentos que ajudaram países como a França, Índia, Espanha, Canadá e Brasil.

Edward está ficando sem tempo. Ele está com um visto temporário na Rússia, e como condição para sua permanência lá, ele não pode falar com a imprensa ou ajudar jornalistas e ativistas a entender melhor como funciona a máquina norte-americana de espionagem mundial. O prazo do seu visto está acabando, e nós sabemos que os EUA querem, de qualquer forma, trazê-lo de volta ao solo norte-americao – e colocá-lo na cadeia pelo resto de sua vida, ou ainda pior.

Se Snowden estivesse no Brasil, é possível que ele pudesse fazer muito mais para ajudar o mundo a entender como a NSA e aliados estão invadindo a privacidade de pessoas no mundo todo, e como podemos nos proteger. Edward Snowden acabou de mandar uma carta para a senadora Vanessa Grazziotin e para a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Senado, que investiga a espionagem, explicitando seu desejo em contribuir com o debate e ajudar a imprensa a entender melhor a natureza desse regime ilegal de espionagem.

Mas ele não pode fazer isso da Rússia – e o país mais adequado para abrigar alguém que denuncia irregularidades, o país cuja presidente fez um discurso veemente na ONU denunciando a espionagem, é o Brasil. Nosso governo deveria oferecer asilo imediato ao Edward Snowden.

Edward – o Brasil espera por você!


Clique aqui para assinar a petição e envie para todos:

http://www.avaaz.org/po/petition/Asilo_ja_para_o_Inimigo_Publico_Numero_1_dos_EUA/?bIzodcb&v=32881



Com esperança e determinação,

David Miranda e toda a equipe da Avaaz

PS: Esta petição foi criada no site Petições da Comunidade da Avaaz por David M.. É rápido e fácil começar uma petição sobre um assunto que você se preocupa, clique aqui: http://avaaz.org/po/petition/start_a_petition/?23752



Apoie a comunidade da Avaaz!
Nós somos totalmente sustentados por doações de indivíduos, não aceitamos financiamento de governos ou empresas. Nossa equipe dedicada garante que até as menores doações sejam bem aproveitadas:
Doe Agora

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.