Cantor Belo fala sobre sua relação com a fé e afirma: “Fui a Deus pela dor, não pelo amor’”





Ao comentar sobre uma série de mudanças ocorridas em sua vida no ano de 2013, o cantor Belo falou, entre comentários a respeito de suas mudanças profissionais, de sua nova postura em relação à sua saúde e de seu novo visual, sobre sua fé, e afiram ter chegado a Deus “pela dor”.
Condenado a seis anos de prisão, em 2002, por associação para o tráfico e porte ilegal de armas, o cantor falou sobre o distanciamento dos palcos causados por sua condenação, e afirmou que, mesmo longe dos palcos, nunca se distanciou de seu público.
- Sou grato por tudo que passei lá atrás. Sou um felizardo. De todos os percalços que passei, as obscuridades que enfrentei, o mais gratificante é eu estar aqui. Mesmo ausente dos palcos nunca estive ausente do meu público – afirmou, em entrevista ao site Ego.
Sobre o tempo em que ficou impedido de fazer shows, devido à sua prisão, o cantor afirma ter tirado grandes lições, sobretudo a respeito de sua fé. Ele conta que nesse período se apegou mais a Deus e a aprendeu a valorizar mais a vida em família. Segundo ele, foi o apoio de seus parentes que o ajudou a superar os momentos difíceis e dar a volta por cima e que, por causa deles, não sobrou lembrança dolorosa da época da prisão.
- Não tive trauma nenhum porque minha família sempre me apoiou. Isso já é o que você tem de primordial. Me apeguei muito a Deus. Fui a Deus pelo dor, não pelo amor. Mas aprendi. Tenho uma fé pessoal que é grandiosa – explicou o cantor, que recentemente afirmou que poderia gravar um CD de músicas gospel.
- Tudo que acontece só Ele pode conceber. Deus não te dá cruz maior do que aquela que você pode carregar. Minha vitória foi muito maior. Hoje estou muito melhor do que há dez anos – completou.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.