Extremistas islâmicos do Boko Haram invadem igreja e matam fiéis a tiros; Número de mortos chega a 107




O mais recente ataque de perseguição religiosa impetrado pelo grupo extremista islâmico Boko Haram, na Nigéria, deixou 107 mortos.
O ataque terrorista aconteceu nos dias 26 e 27 de janeiro, quando membros do grupo dispararam contra uma vila e uma igreja, segundo informações da agência Reuters.
As iniciativas de ataque do Boko Haram visam impor a lei islâmica sharia à população nigeriana, que é formada por grupos religiosos diversos, incluindo cristãos e muçulmanos.
Especialistas apontam o grupo terrorista como principal ameaça à segurança do país, que é um dos maiores exportadores de petróleo no continente africano.
Os alvos dos extremistas foram a vila de Kawuri, no estado de Borno, na região nordeste do país, e uma igreja no estado de Adamawa.Em Kawuri, 85 pessoas foram mortas a tiros por homens armados e uniformizados, que depois, queimaram as casas da vila e seqüestraram algumas mulheres que sobreviveram ao tiroteio. Na igreja de Adamawa, 22 fiéis foram mortos durante um culto.


Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.