Pastor acusado de assassinar a esposa tenta fugir para a Europa para se casar com namorado




Na última semana a justiça norte-americana fixou uma fiança de cem mil dólares para o pastor Richard Lee Shahan, que está preso sob acusação de ter assassinado sua esposa a facadas. A fiança foi determinada após os promotores do caso afirmarem que pastor tentou fugir do país para se casar com seu namorado.
O juiz determinou ainda que, se a fiança for paga, o pastor deve permanecer em prisão domiciliar e usar uma tornozeleira de monitoramento eletrônico.
O pastor foi preso no aeroporto de Nashville ao tentar embarcar em um avião para a Alemanha, e foi colocado sob custódia no condado de Jefferson.
De acordo com Leigh Gwathney, um dos promotores do caso, informações obtidas através de mais de 3.000 e-mails de Shahan indicam que ele estava planejando deixar o país para nunca mais voltar. Segundo Gwathney, ele estava indo para o Cazaquistão via Alemanha e, finalmente, planejava se mudar para o Reino Unido.
- Ele planejava se tornar um cidadão lá e começar uma nova vida com seu namorado, com quem tinha a intenção de se casar – explicou Gwathney.
Os advogados Wendell Sheffield e John Lentine, que defendem Richard Shahan no caso, contestam as afirmações dos procuradores de que Shahan tentava sair do país e questionaram se o Estado tem alguma “prova direta” do envolvimento de Shahan na morte de sua esposa.
- Eles estão fazendo tudo que podem para tentar fabricar um caso de assassinato – afirmou Lentine.
Os advogados afirmam ainda que Shahan planejava sair em uma viagem missionária, e pedem que a fiança não tenha um valor superior a trinta mil dólares. Porém, os promotores estão inflexíveis em relação à fiança, alegando o risco de fuga.

Por Dan Martins, para o Gospel+



 Porque se levantarão falsos cristos, e falsos profetas, e farão sinais e prodígios, para enganarem, se for possível, até os escolhidos. Marcos 13:22

 E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. Mateus 24:11

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.