Prefeito de cidade norte-americana se torna alvo de críticas por declarar 2014 como o “Ano da Bíblia”





A tentativa de um prefeito em incentivar os moradores de sua cidade a lerem a Bíblia acabou em polêmica em uma cidade do Texas, nos EUA. Tom Hayden, prefeito de Flower Mound, passou a ser alvo de críticas depois que declarou oficialmente o ano de 2014 como o “Ano da Bíblia”.
A declaração de Hayden foi feita em uma reunião da câmara de vereadores da cidade no mês passado, onde ele destacou que deseja que sua comunidade se conecte através da Bíblia.
- A moralidade que ajudou a construir o nosso país está baseada nos valores que são encontrados na Bíblia – afirmou o prefeito.
Como parte da iniciativa de Hayden, trechos bíblicos serão publicados em um site chamado thebible2014.com. Ele explica, segundo o G1, que tem por objetivo incentivar os cidadãos de Flower Mound a ler a Bíblia durante o ano.
Porém, a iniciativa do prefeito não foi bem aceita por vários moradores da cidade, que questionaram seu posicionamento religioso.
- Ele foi eleito prefeito, e não líder espiritual de Flower Mound – criticou o morador Curt Orton, em entrevista à Fox.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.