Orando com fé e inteligência




Para servir a Deus é imprescindível agir racionalmente. Realizar o exercício do cristianismo prático, desenvolver o culto racional cotidianamente, dentro e fora dos templos. Ao orar, compreender que o que esperamos receber do Senhor só será recebido se houver disposição de repartir com o próximo.
"Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus" - Romanos 12.1-2.
Perdoar é uma característica de quem ama a Deus e se ama de verdade.

Repare, o ato do Senhor nos perdoar tem como condição a nossa disposição de perdoar o outro.


A oração do Pai Nosso nos ensina claramente isso:

"E perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a qualquer que nos deve, e não nos conduzas à tentação, mas livra-nos do mal" - Lucas 11.4.

Observe a instrução de Jesus Cristo sobre a oração exemplar:

"E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas" - Marcos 11.25.

E aos que esperam receber misericórdia divina, há o alerta mais do que importante. É:

"Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados" - Judas 1.2.

"Porque o juízo será sem misericórdia sobre aquele que não fez misericórdia; e a misericórdia triunfa do juízo" - Tiago 2.13.


E.A.G.

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.