Cerimônia de batismo termina com pastor arrastado pela correnteza de rio no Distrito Federal



A realização de cerimônias de batismos em locais abertos, como praias e rios, fez outra vítima. Um pastor foi arrastado pela correnteza na manhã do último sábado, 05 de abril, após entrar no rio para verificar se o trecho era seguro e adequado para a cerimônia.
Almir Marques de Carvalho, 52 anos, foi ao rio Descoberto, no Distrito Federal, com fiéis da Igreja Poço de Água Viva, de Ceilândia. Testemunhas disseram que um fiel tentou, sem sucesso, segurar o pastor quando ele afundou na água.
De acordo com informações do G1, o trecho do rio onde o pastor foi arrastado tem correnteza forte e distância de 30 metros entre uma margem e outra, além de pedras no leito.
O Corpo de Bombeiros, acionado para efetuar o resgate do pastor, mobilizou uma equipe de 37 homens, composta por mergulhadores, para vasculhar as margens do rio à procura do corpo.
A mobilização envolveu também um helicóptero e cães farejadores, que percorreram o curso do rio em busca de vestígios que ajudassem na localização de Carvalho. No entanto, às 18h00 as buscas foram encerradas por falta de luz natural e sem sucesso na tentativa de localizar o corpo.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.