Polêmico, filme “Noé” causa aumento de leitura da Bíblia em aplicativos, diz empresa de tecnologia




O filme Noé, baseado na narrativa bíblica, recebeu críticas negativas de muitos cristãos nas redes sociais por conta das licenças poéticas usadas pelos roteiristas e pelo diretor Daren Aronofsky. No entanto, a reprovação à maneira como o filme conta a história do dilúvio, causou um movimento curioso: mais pessoas estão lendo a Bíblia.
A informação foi divulgada por uma empresa fabricante de um aplicativo de leitura da Bíblia para tablets e smartphones, que detectou um aumento de 300% no uso do aplicativo nos Estados Unidos e cerca de 245% nos demais países onde a ferramenta está disponibilizada.
A empresa YouVersion, desenvolvedora do aplicativo, ressaltou ainda que esse foi o maior pico de aumento de leitura da Bíblia através de sua ferramenta desde que ela havia sido lançada. Esse dado corrobora a opinião do pastor e cantor gospel Jesús Adrián Romero, que assistiu o filme e rebateu as críticas à produção, dizendo que havia sido “profundamente tocado pela mensagem”, e que o longa-metragem era uma grande oportunidade de evangelização.
O fenômeno de busca da leitura da Bíblia também foi registrado pelo portal Bible Gateway, que disponibiliza o conteúdo das escrituras. Segundo o Charisma News, o aumento registrado nesse caso foi de 223%.
“A maioria dos membros de nossa igreja contam que primeira coisa que fizeram após ver o filme foi abrir suas Bíblias e reler a história”, relatou o pastor Benny Perez, pastor da Igreja em South Vegas, que enxergou o resultado como positivo.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.