Crianças estão sendo arrastadas para a violência na Ucrânia, afirma Unicef




Unicef denunciou nesta quinta-feira que crianças “estão sendo arrastadas para a violência na Ucrânia”
A Agência das Nações Unidas para a Infância (Unicef) denunciou nesta quinta-feira que crianças “estão sendo arrastadas para a violência na Ucrânia” e adiantou que está investigando relatos sobre mortes infantis em Odessa, no Sul do país. Segundo um comunicado, a agência internacional “está seriamente preocupada com a instabilidade no país e as consequências na vida das crianças”. De acordo com a Unicef, tem havido crianças envolvidas em manifestações violentas.
A Unicef, que está na Ucrânia para prestar apoio as crianças e famílias deslocadas em várias regiões do país, por meio da distribuição de bens de primeira necessidade, observou que há um aumento da procura por serviços de apoio psicológico para menores. A linha telefônica de emergência recebeu, durante o mês de abril, 1.378 chamadas de crianças de todo o país.
Segundo informou a Unicef, os níveis de ansiedade e stress verificados nos menores são agravados pelas constantes imagens de violência transmitidas pela televisão. A agência alertou que “testemunhar ou ser arrastada para situações de violência, além de perigoso é, obviamente, prejudicial para saúde e bem-estar de uma criança”.
A Unicef também informou estar precupada com interrupções e dificuldades no acesso à educação e à saúde, especialmente em relação à quebra das vacinações de rotina – o que pode ser uma porta de entrada para surtos de doenças transmissíveis.



Os comentários às matérias e artigos aqui publicados não são de responsabilidade 
do  Correio do Brasil nem refletem a opinião do jornal.

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.