Igreja tradicional na Itália realiza a Festa das Serpentes



Em uma pequena comunidade italiana de Cocullo, milhares de pessoas se reúnem todos os anos para celebrar uma das mais estranhas festas pagãs do país, uma festa em que as serpentes (reais) são as principais protagonistas.
igreja-festa-serpentesSegundo o relato do jornal DailyMail, nas montanhas dos Apeninos, os moradores colocam 30 cobras vivas no santo católico ” San Domenico “, na qual desfilaram pelas ruas em uma procissão que se realiza anualmente.
A tradição diz que San Domenico libertou o povo de uma praga de serpentes venenosas no ano de 1392. Tem passado mais de 600 anos e agora esta história é pretexto de uma singular celebração que atrai milhares de visitantes de todo o mundo nesta pacífica cidade medieval de Abruzzi.
Milhares de moradores, turistas, fotógrafos e amantes de cobras se reuniram nas ruas, muitos levando cobras selvagens que foram recentemente capturadas, assim como seu ídolo, ao qual estava cheio cobras se contorcendo de um lado para outro durante todo percurso.
Depois da procissão as serpentes são coladas em liberdade enquanto as celebrações continuam em Cocullo com enorme queima de fogos. Os répteis poderão ficar sossegados até o mês de março do ano seguinte, quando os vizinhos novamente os capturam para engorda-los com uma dieta rigorosa de ratos e ovos de galinha para que as serpentes estejam grandes, brilhantes para o dia da procissão.
Vejam só o que a Bíblia diz em Deuteronômio 7: “Porém assim lhes fareis: Derrubareis os seus altares, quebrareis as suas estátuas; e cortareis os seus bosques, e queimareis a fogo as suas imagens de escultura.”
Portal Padom

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.