Magno Malta sai em defesa do pastor Eurico na polêmica com Xuxa sobre a “Lei da Palmada”; Assista




A polêmica criada em torno das críticas do deputado federal pastor Eurico (PSB-PE) à apresentadora Xuxa por conta do filme pornográfico gravado por ela em 1982 com um menino foi comentada pelo senador Magno Malta (PR-ES).
Malta, que como a ampla maioria dos líderes evangélicos é contra a chamada “Lei da Palmada” – projeto apoiado por Xuxa – afirmou que “numa democracia a gente pode ser a favor ou contra”, mas é necessário manter o respeito.
“As críticas que estão sendo feitas ao pastor Eurico, pelas suas posições quando questionou a Xuxa… As pessoas precisavam pensar um pouco mais. Precisamos louvar a coragem dele [pastor Eurico] em fazer o debate, o enfrentamento, até porque ele foi eleito deputado federal, e esta é uma casa de representação do povo”, disse Malta, acrescentando que “as pessoas que votaram no pastor Eurico acreditam nas posições dele”.
Sobre a “Lei da Palmada”, Malta disse que o projeto é “esdrúxulo”, por transformar pais em reféns de filhos. A proposta quer transformar em crime os castigos físicos impostos por pais que entendam ser necessário corrigir dessa forma.
“É uma piada de mal gosto. Estão confundindo espancamento com correção. A Bíblia diz que filho sem correção é a vergonha de seu pai e a decepção da sua mãe”, disparou Malta. Assista:



 

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.