Momento Difícil - Desabafo de um trabalhador.







Hoje como muitos outros irmãos que saem logo cedo para trabalharem, fui vitima de um ASSALTO. Passava das 05:00 horas quando desci do prédio onde moro e fui até ao ponto do ônibus faltando pouco para o mesmo passar, só que de repente não sei de onde surge 02 elementos numa moto e param próximo á mim e um deficiente que se fazia presente no momento na mesma parada, imaginava eu que seria um passageiro a mais, só que voltando á visão estava lá o elemento apontando um revólver e ordenando que desse o dinheiro e celular, obedecendo seu comando esvaziei os bolsos e junto á uma pequena quantia estimada em quase R$ 100,00 (Cem Reais) coloquei também o celular que pertencia á Empresa que trabalho, achando pouco ainda olhou para meu bolso da camisa e perguntou: O que é isto no bolso? Respondi meus documentos e minha habilitação, tirei e coloquei no chão. Após a subtração do que seriam frutos do assalto saíram ordenando que me afastasse de costas e de mãos na cabeça assim fiz e sempre de olho na sua nervosa mão portadora de uma arma.
Estou seguro de que "aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus" (Fp 1:6).
Obrigado Pai!!! Apesar do susto e aumento adrenalina, vamos á luta.








 Pois me livraste da morte
e aos meus pés de tropeçar,
para que eu ande diante de Deus
na luz que ilumina os vivos.
Salmos 56:13

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.
Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.
Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.
Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.
Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,.
Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.
Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.
Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.
¶ Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.
Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.

Salmos 91:1-11

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.