Fé em Deus, é o necessário para ter uma vida longa e saudável, conclui estudo






Especialistas em saúde recomendam que tão somente cinco minutos de exercícios diários são necessários para ter uma boa saúde, evitando assim o risco de morrer prematuramente. Ainda assim, o médico familiar Richard Scott, disse em uma publicação do British Journal of General Practice que a fé continua sendo o melhor indicador de uma vida longa e saudável.
Scott é um médico cristão, e recentemente enfrentou um esgotante tratamento de quimioterapia e radioterapia contra o câncer de intestino. Durante o tratamento, leu um estudo acadêmico de 700 páginas intitulado “Religión y Salud” (Religião e Saúde) e concluiu que a influência positiva da fé na saúde é “excelente”, conforme publicado pelo The Telegraph.
O artigo de Scott foi publicado em um jornal britânico este mês. No texto, o médico disse que a fé contribui mais para uma vida longa e saudável que o hábito de praticar exercícios físicos regularmente.
“A Fé em Deus”, de acordo com Scott, pode reduzir em 60% do risco de ataque cardíaco e ajuda na melhora de um paciente que sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) ou que se recupera de um tratamento contra o câncer.
Na área da saúde mental, as estatísticas são ainda mais impressionantes. Pacientes que sofrem depressão recuperam mais rapidamente quando têm fé, e aqueles que sofrem de esquizofrenia têm uma maior qualidade de vida. Em casos de abuso de álcool e drogas, a fé ajuda a reduzir o consumo destas substancias, disse Richard Scott em seu texto.
“Fé em Deus”, diz o médico, “é necessário para todas as doenças que têm sido estudados.” Essa crença poderia ser como muitos hoje em dia definem de difícil de alcançar, mas os efeitos benéficos são reais, com os pacientes que passam a apresentar “uma maior felicidade, autoestima, otimismo e sentido da vida”, disse ele.
Portal Padom

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.