Seu clamor foi ouvido e o tempo da sua vitoria chegou Por Rodrigo Faria





“Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.” 
Salmos 40:1
Esperar não é fácil, e ter paciência menos ainda. Mas temos que aprender a esperar, mesmo quando o nosso tempo parece ser distinto do tempo de Deus. E ele é mesmo. Deus não está limitado ao tempo do homem, apesar de conhecê-lo.
O Senhor se move em uma dimensão de tempo que vai além de nossa compreensão. E por muitas vezes somos levados a enxergar o “tempo de Deus” como castigo, esquecimento e por que não dizer – falta de fé. Já que por não ver sua ação acontecendo no momento que pensamos ser o melhor, começamos a formar pensamentos que deveriam explicar o porquê de sua demora.
Não são poucos os que se antecipam ao plano perfeito de Deus e acabamos cometendo diversos erros. Em uma sociedade consumida pelo imediatismo, esperar em Deus parece ser uma opção obsoleta.
Muitos cristãos viveram grandes milagres devido a que souberam esperar na providência de um Deus que nunca falha. A Bíblia mostra inúmeros casos dos que souberam e até dos que não souberam esperar.
 “A esperança adiada desfalece o coração, mas o desejo atendido é árvore de vida.”
Provérbios 13:12
À luz do texto bíblico podemos entender que o coração humano sofre com a demora e se angústia com a prolongação do tempo – esperando a realização de seus sonhos e as respostas para seus pedidos.
Mesmo quando tudo pareça distante, Deus está mais perto do que imaginamos. Para Ele o melhor tempo para abençoar-nos é o tempo que Ele preparou. O melhor fruto de uma árvore é aquele que é dado na estação própria. A natureza nos dá sábios exemplos de como as estações são importantes para poder obter os melhores frutos.
“É como árvore plantada à beira de águas correntes: Dá fruto no tempo certo e suas folhas não murcham. Tudo o que ele faz prospera!”
Salmos 1:3
Sei também, que devido às adversidades e aflições desta vida, nem sempre é possível esperar sem clamar por socorro ao nosso Deus. E Ele está atento ao nosso clamor. Conhece nossa estrutura e lembra de que somos feitos do pó. E por ser o nosso Criador, conhece perfeitamente o nosso funcionamento.
Daniel passou por uma situação de angústia em tempos – que não eram exatamente os tempos dos seus sonhos – pois havia sido levado cativo junto ao seu povo, e se não bastasse, sofria agora a terrível ameaça de morte:
“… os encarregados saíram à procura de Daniel e dos seus amigos, para que também fossem mortos.”
Daniel 2:13
Para nossa alegria Daniel mostrou conhecer o seu Deus, e após pedir ajuda aos seus amigos – eles clamaram ao Deus dos céus – o Senhor lhe respondeu através de uma visão, salvando assim os seus filhos de uma terrível calamidade. E não somente eles, mas toda uma comitiva de sábios que estava sob o domínio do enfurecido rei.
Depois de receber a revelação, Daniel louvou e exaltou o nome do Senhor, e reconheceu que:
“E ele muda os tempos e as estações…”
Daniel 2:21
Espere o tempo que for necessário, não se antecipe aos planos de Deus, tampouco fique fora dele quando o mesmo chegar. Aprenda a confiar em seu poder, e mesmo quando os tempos e estações forem contrários às suas expectativas, confie! Deus não permitirá sua derrota, antes, mudará os tempos e estações usados pelos homens, para entrar em ação e entregar a sua vitoria.
Clame, pois o seu clamor será ouvido e o tempo da sua vitoria chegará.
Deus abençoe,
Rodrigo Faria

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.