BATALHA ESPIRITUAL - ...... E AS COMIDAS - REBECCA BRO






A Oração do Pai Nosso CId Moreira mpeg2video






Lobby gay promove favores sexuais e ameaça a vida do papa Francisco, diz ex-chefe de segurança do Vaticano



O ex-chefe da guarda do papa fez uma grave denúncia a respeito do lobby gay, e disse que o grupo é tão articulado e perigoso, que ameaça a vida do pontífice. As declarações causaram grande alvoroço no Vaticano.
Elmar Mader, que chefiou a guarda do Vaticano durante seis anos, entre 2002 e 2008, disse a um jornal suíço que foi afastado de suas funções porque reclamou a seus superiores dos constantes convites e abordagens sexuais que recebia, inclusive de um cardeal.
O lobby gay, segundo informações do Jornal Nacional, é um grupo que protege e promove os sacerdotes homossexuais na Igreja Católica, e faz pressão para que a questão da homossexualidade seja ignorada dentro da denominação.
Após a divulgação da entrevista do ex-chefe da guarda, o secretario interino de Estado do Vaticano, Angelo Becciu, reagiu às declarações e afirmou que é fácil fazer acusações vagas, e ainda pediu a Mader que revele a identidade das pessoas que o teriam convidado para participar do lobby gay e o abordado sexualmente.
A existência do lobby gay no Vaticano é um fato reconhecido pelo papa Francisco, que durante sua viagem de volta à sede da Igreja após ter participado da Jornada Mundial da Juventude, reconheceu que o grupo preocupa.
Em outras declarações, Francisco condenou o carreirismo dentro da Igreja, uma das características do grupo. O contra-ataque adotado pelo papa foi iniciar amplas reformas na estrutura do Vaticano, a fim de limitar a capacidade de atuação dos sacerdotes homossexuais.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Padre pede desculpas após causar polêmica por cantar paródia de “Show das Poderosas”; Assista



Publicado no Youtube, um vídeo que mostra um padre cantando uma paródia da música Show das Poderosas, da funkeira Anitta, durante uma cerimônia de formatura de Direito na Universidade Católica de Pernambuco, causou polêmica e motivou um pedido de desculpas por parte do religioso.O vídeo foi gravado durante a cerimônia inter-religiosa de ação de graças pela formatura de uma turma da faculdade pernambucana, e mostra o padre Hewerton de Castro Alves cantando uma versão modificada da música, fazendo referência a Jesus. Enquanto canta, o padre também gesticula fazendo, por exemplo, “chifrinhos” ao cantar o verso “quando começo a louvar, eu te enlouqueço, eu sei”. No fim da música, o padre ainda declarou: “um beijo para as minhas fãs que estão aqui”.Após a grande repercussão do vídeo na internet, sobretudo por críticas quando à postura do religioso, o padre foi chamado para uma conversa com o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido. Em seguida, segundo o UOL, o padre divulgou uma nota pedindo desculpas pelo ocorrido, e afirmando que a música é uma versão já conhecida e apresentada durante a Jornada Mundial da Juventude, durante a visita do Papa Francisco, em julho do ano passado.- Creio que, de fato, não fui feliz em cantá-la em um culto de formatura, mas a intenção sempre, de minha parte, foi de trazer os jovens para mais perto da igreja. A intenção não foi jamais de afrontar ou escandalizar pessoa alguma – afirmou o padre na nota.Antes de divulgar a nota sobre o caso, ele já havia também deletado sua página no Facebook, onde se descrevia como “um padre para os jovens”. A descrição da página afirmava: “Alegre, acessível, próximo. Suas missas são animadas, com homilias claras e inovadoras”.Apesar da polêmica e da nota de desculpas, a Arquidiocese de Olinda e Recife afirmou que o padre não foi afastado de sua função.Essa não é a primeira vez que uma paródia da música da MC Anitta causa polêmica por envolver temas religiosos. Em meados de 2013, uma versão intitulada “Culto das Senhoras”, causou polêmica ao fazer piada com os círculos de oração.

Assista à polêmica atuação do padre:

Código secreto deixado por idosa, há 18 anos, antes de falecer com câncer é decifrado e revela oração especial



Dorothy Ann é uma senhora que faleceu em 1996 em decorrência de um câncer no cérebro. Antes de sua morte, Ann já não conseguia falar, mas nas últimas semanas de sua vida preencheu mais de 20 cartões com sequências de letras maiúsculas. O “código” deixado por Dorothy Ann intrigou sua família por quase duas décadas, e agora está sendo decifrado como sendo uma oração.
No início da semana Janna Holm, neta de Dorothy, resolveu buscar a ajuda na internet para decifrar o código deixado pela avó, que ela acreditava serem acrônimos de letras de músicas, e ela buscava descobrir quais. Para testar decifrar o mistério, ela publicou imagens e transcrições de um dos cartões no site de discussões Ask MetaFilter e, para sua surpresa, em menos de 15 minutos um dos leitores do site decifrou parte do cartão como sendo um acrônimo da “oração do pai nosso”.
Em uma das respostas deixadas na publicação feita por Janna, o trecho “OFWAIHHBTNTKCTWBDOEAIIIHFUTDODBAFUOT AWFTWTAUALUNITBDUFEFTITKTPATGFAEA”, que se repete duas vezes no verso do cartão, foi identificado como sendo a oração ensinada por Jesus em Mateus 6:9-13.
“Our Father which art in heaven, Hallowed be thy name. Thy kingdom come. Thy will be done in earth, as it is in heaven. Give us this day our daily bread. And forgive us our debts, as we forgive our debtors. And lead us not into temptation, but deliver us from evil: For thine is the kingdom, and the power, and the glory, for ever. Amen”
Mateus 6:9-13 (King James Version)
“Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino. Seja feita a tua vontade, tanto na terra como no céu. O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores. E não nos induzas à tentação, mas livra-nos do mal; porque teu é o Reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém!”
Mateus 6:9-13 (Almeida Revista e Corrigida)
Surpresa com a resposta, Janna revelou que, apesar de nunca ter visto sua avó como uma mulher extremamente religiosa, é de uma família de tradição luterana, de modo que a hipótese de os cartões serem orações faz sentido.
Apesar de não ser possível ter absoluta certeza de que se tratam de orações, vários leitores do site se juntaram para formar várias hipóteses para trechos dos cartões, relacionando-os com orações e trechos bíblicos. Nesse esforço, um dos leitores desenvolveu um programa para transformar trechos da bíblia em acrônimos, e comparar com o texto dos cartões em busca de novos significados. Livros contendo orações e hinos de confissão luterana também estão sendo usados em busca de significados para o “código”, que intrigou uma família por 18 anos, e agora pode representar algum significado.
Veja as fotos dos cartões:
cartão-codigo-oração
cartão-codigo-oração-verso

Por Dan Martins, para o Gospel+

Jean Wyllys e a reviravolta no caso Caíque





Por João Cruzué

E agora Deputado, vai pedir desculpas públicas por ter culpado Pastores Evangélicos de incitar a violência homofóbica na sociedade cuja consequência foi a morte do jovem de 16 anos Kaique Augusto Batista dos Santos? Infelizmente ele morreu, mas não foi por agressão homofóbica, mas por suicídio em queda do viaduto sob efeito de álcool. 

Não teve os dentes arrancados por skinheads. Não foi golpeado com uma barra de ferro na perna. Não teve a cabeça arrebentada a pauladas. Infelizmente, o diário do moço mostra uma mensagem de despedida. Ele se jogou do Viaduto Nove de Julho, no Centro de São Paulo. Se ele tivesse Jesus na sua vida, a esta hora estaria vivo, cantando e brincando com sua família.

Os peritos da Polícia Civil já coletaram as evidências, conversaram com a mãe do moço e a versão que assopraram nos ouvidos dela não se susteve. O moço suicidou-se por depressão, consequência de desilusão amorosa.  

O Deputado Jean Wyllys tentou manipular a consciência da sociedade culpando pastores evangélicos que ele odeia, por pensarem de forma diferente da sua. Escolheu-os para bodes expiatórios. Uma atitude indigna de um parlamentar. Agora, tudo que acontece de ruim com um homossexual é culpa dos pastores evangélicos. Franz Kafka explica bem isso.

A culpa não é da Bíblia, mas dos charlatães que, em nome de uma fé que não têm, distorcem seu texto e seu contexto para usá-la contra a população LGBT, pregando o ódio e convocando a violência. Eles fazem isso por dinheiro e poder — ou você acha que realmente acreditam em alguma coisa? — e o resultado é um país que já se acostumou a assistir no Jornal Nacional à morte de mais um jovem gay, mais uma jovem lésbica, mais uma travesti ou uma pessoa transexual, vítimas do ódio irracional que os fundamentalistas promovem.” (Jean Wyllys).

O ponto que ele pensou ter ganhado da opinião pública nas costas dos evangélicos revelou-se inconsistente. Ele foi com tanta sede ao pote que o quebrou. De agora em diante, o que já se desconfiava passa a ter mais consistência: há uma manipulação escandalosa de dados e fatos para conseguir de qualquer maneira privilégios para a criação de uma casta permanente de intocáveis na Constituição e no Código Civil Brasileira.


Deputado, ainda não foi desta vez. O PLC 122 depois deste fiasco está morto e enterrado.

E pelo jeito, agora ficou ainda mais difícil. A continuar deste jeito, o ativismo gay que sobrevive e quer continuar vivendo às custas de verbas públicas e seus porta-vozes vão precisar de se desculpar publicamente por acusar levianamente evangélicos de ser a causa de insuflar a morte de homossexuais. É do culpa do fundamentalismo religioso, aliás, todos que creem que a Bíblia é a palavra de Deus são fundamentalistas.

Quanto mais violência, mais barulho. E quanto mais barulho, mais verba pública no bolso de quem quer viver pendurado nas tetas do Governo - sem trabalhar!

Os evangélicos amam todo homossexual, embora não concordem com a prática homossexual. Nenhuma Igreja Evangélica pergunta na porta de entrada qual é a opção sexual de uma pessoa para permitir o acesso. Em reuniões de culto público todos são bem vindos.

Jesus cura a depressão. Jesus perdoa os pecados e traz a paz de espírito. Desilusão amorosa não se cura com bebida nem suicídio: há um caminho bem melhor: Como se reconciliar com Deus.

Peça desculpas Excelência, o senhor falou muita besteira.

Fonte: Olhar Cristão

Outro jovem cristão é decapitado por islamita na Síria



                 Imagem ilustrativa.

Grupos islamitas assassinaram e decapitaram um jovem cristão e deixou outro ferido. O episódio que ocorreu no dia 8 de janeiro, sendo relatado esta semana pela Agencia Fides.
Os dois jovens, Firas Nader (29 anos) e Fadi Matanius Mattah (34 anos), viajavam a noite de Homs para a aldeia cristã de Marmarita. Um grupo de cinco jihadistas armados interceptou o veiculo e abriram fogo contra o automóvel. Ao chegar ao carro, os milicianos vendo que Fadi levava uma cruz em seu pescoço, lhe cortaram a cabeça.  Em seguida levaram o dinheiro e os documentos das vitimas, deixando Firas no chão ferido, acreditando que ele também estava morto. Firas testemunha ocular dos ataques, mesmo ferido conseguiu chegar a pé até a cidade de Almshtaeih onde encontrou segurança e foi levando para o hospital de Tartous. Alguns fiéis conseguiram recuperar o corpo de Mattah, levando-o a Marmarita, onde a comunidade cristã local, com grande dor e tristeza, expressaram a sua forte indignação por esse ato horrível.jovem-cristão-decaptado-síria
De acordo com uma declaração de “Ajuda à Igreja que Sofre” (AIS), a violência contra os cristãos na Síria, rapidamente deteriorou a situação do local, contaminando por milhares de facções islâmicas, está se tornando “uma das piores perseguições suportadas pelos cristãos nesta parte do terceiro milênio “.
De acordo com relatórios recentes, mais de 600.000 cristãos – um terço de todos os fiéis sírios – estão deslocando ou vivem como refugiados em países vizinhos. Os líderes cristãos confirmaram o êxodo em massa dos cristãos da Síria, o que poderia comprometer seriamente o futuro dos cristãos no país.
Portal Padom

REFLEXÃO EM 22/01/2014




Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, abrir-se-lhe-á.

Mateus 7:7-8

Pensamento: Peça! Muitas vezes temos medo de pedir ajuda porque temos que admitir que não temos as respostas. Busque! Esforço, interesse e perseverança são necessários, e às vezes, difíceis de praticar. Bata! Numa era de campainhas, esta é uma ação esquecida. Mas Deus quer que usemos este princípio e entreguemos nossos corações a Ele. Então, vamos parar de resmungar, murmurar, querer e desejar. Vamos PEDIR ao nosso Pai e buscar a glória dele. 


Oração: Querido Pai que nos espera, me arrependo porque tantas vezes o Senhor só ouve os meus resmungos e preocupações. O Senhor tem sido tão generoso com seu amor. Ajude-me a manter meu coração no Senhor e Sua vontade hoje enquanto peço que o Senhor ministre às coisas que estão no meu coração. Através de Jesus eu oro. Amém.

 

UM PEDIDO DE AJUDA DA SÍRIA




Cara comunidade da Avaaz,



Nasci na Síria, e, neste momento, preciso da ajuda de todos. Em 24 horas, grandes potências mundiais se reunirão em uma conferência que pode dar início ao fim do sofrimento sírio se forem confrontadas com um pedido de cessar-fogo direto e humano, apoiado por milhões de pessoas de todas as partes do mundo. Clique para se juntar ao apelo de cessar fogo agora. A Avaaz vai transmitir online as vozes de vítimas da guerra Síria diretamente na conferência:

assine a peticao
Nasci em Homs, na Síria -- uma cidade sitiada, onde crianças e bebês são torturados e vêem bombas caírem sobre suas cabeças. É o inferno na terra e um lugar difícil de se ter esperança. No entanto, agora vejo uma chance para mudar isso, e escrevo este email para pedir a ajuda urgente de todos vocês.

Em 24 horas, pela primeira vez na história, grandes potências por trás desta guerra vão se reunir para negociar a paz. Eles dizem que querem atender as demandas do povo sírio e mostrar aos cidadãos de seus próprios países que estão fazendo alguma coisa. Faremos com que nossas vozes sejam ouvidas: vamos realizar uma pesquisa de opinião com cidadãos sírios, transmitir online seu apelo e apresentar as exigências da população diretamente para os países na mesa de negociação. E, além disso, vamos juntar um milhão de vozes para apoiar um pedido de cessar-fogo.

Foi preciso três anos de derramamento de sangue para que essa conferência pudesse acontecer, e agora temos pouco tempo para sermos ouvidos. Se unirmos nossas vozes, fizermos um apelo global pelo cessar-fogo, e comparecermos em massa na conferência – por meio de nossas assinaturas e do vídeo com as vítimas –, poderemos dar um fim a esta carnificina. Quanto mais de nós nos unirmos, mais atenção chamaremos, e maior pressão colocaremos sobre os envolvidos no processo de paz. Clique aqui e junte-se ao pedido de cessar-fogo na Síria agora:

http://www.avaaz.org/po/syria_ray_of_hope_loc/?bIzodcb&v=34567

Por muito tempo, o mundo inteiro não fez nada enquanto crianças eram mortas, milhares de pessoas desapareciam, cidades inteiras eram bombardeadas até virarem apenas escombros e dez milhões de refugiados deixavam suas casas (o equivalente a toda a população da Grécia!). Agora, finalmente, os envolvidos nesta guerra vão se reunir para negociar a paz, mas, se não mostrarmos a necessidade de mais humanidade, eles vão se enfurnar em disputas geo-políticas e não tomarão medidas reais para acabar com este terror.

Vamos ser honestos: essa é uma guerra contra civis. O regime de Assad não apenas usou armas químicas em grandes comunidades, como também ocupou regiões inteiras do país, como a em que eu nasci, bombardeando-as diariamente e impedindo a entrada de alimentos. Várias famílias na minha cidade natal estão morrendo de fome, enquanto grandes potências da região, o Irã e a Arábia Saudita, enviam armas e dinheiro para os combatentes de ambos os lados. Estes países transformaram uma revolução popular e pacífica em um pesadelo, uma guerra por procuração alimentada por radicais. Meu antigo lar agora é um campo de batalha, e meus vizinhos e amigos são as vítimas.

Para mim, é difícil engolir uma negociação com um regime criminoso, mas se não apoiarmos o diálogo para conseguirmos um acordo de cessar-fogo, a guerra pode durar décadas. Essa conferência é a única esperança que temos, e, com a pressão certa, há uma chance de diminuir a tragédia. Precisamos começar a construir a paz urgentemente -- clique aqui para apoiar o cessar-fogo agora:

http://www.avaaz.org/po/syria_ray_of_hope_loc/?bIzodcb&v=34567

Eu me juntei à equipe da Avaaz há mais de um ano, quando a comunidade fez uma campanha de arrecadação de recursos e comprou equipamentos para ativistas sírios se comunicarem. Ainda me lembro do incrível sentimento de gratidão pela comunidade, que fez com que nosso pedido de ajuda chegasse ao resto do mundo. Mais uma vez estou pedindo sua ajuda urgente para meus compatriotas sírios, e para garantir que o mundo entenda que a maior parte do meu povo quer apenas comer, dormir com tranquilidade e construir um projeto que possa nos levar à paz e à democracia

Com esperança,

Mais e a equipe da Avaaz

PS - Muitas das campanhas da Avaaz foram criadas por membros da nossa comunidade. Crie a sua agora e obtenha a vitória sobre qualquer questão, seja ela local, nacional ou global: http://www.avaaz.org/po/petition/start_a_petition/?bgMYedb&v=23917

Na Síria, extremistas islâmicos matam cristãos para venderem sangue para sacrifícios por US$ 100 mil, diz freira




Um grupo muçulmano da Síria estaria vendendo sangue de cristãos para sacrifícios por US$ 100 mil, denunciou uma freira ortodoxa síria.
Hatune Dogan conduziu uma investigação independente sobre casos de torturas a cristãos e descobriu que os radicais islâmicos da síria praticam um ritual de lavagem das mãos com o sangue, como parte do “sacrifício a Alá”.
A freira fundou uma entidade de assistência humanitária chamada “Fundação da Irmã Hatune”, para auxiliar vítimas de perseguição religiosa e demais necessitados, e já atua em 35 países.
Segundo a denúncia feita pela freira em Viena, na Áustria, os radicais islâmicos sírios vendem a integrantes da jihad saudita pequenos frascos com sangue de cristãos por US$ 100 mil cada um, numa espécie de mercado negro da fé muçulmana.
De acordo com o La Gaceta, a freira obteve as informações de um homem que integrava o esquema de assassinato de cristãos. Com graves problemas psicológicos, ele se converteu ao cristianismo e denunciou a prática dos extremistas sírios.
Na Síria, são comuns os boatos de que os radicais islâmicos assam cristãos vivos em fornos ou matam e bebem o sangue por acreditarem que isso os dará salvação.
Durante a entrevista coletiva em que apresentou a denúncia, a freira mostrou fotos de um homem que havia sofrido torturas intensas por parte de muçulmanos. Os torturadores cortaram sua pele em partes do corpo, formando uma espécie de bolso, que eles enchiam de sal, para causar sofrimento.
A freira Hatune Dogan disse ainda que teve acesso a dezenas de vídeos de torturas a cristãos, incluindo uma decapitação de um homem convertido ao cristianismo. Nesse caso, os muçulmanos iraquianos que o executaram gritam segundos antes de matá-lo que aquele ato é um “sacrifício a Alá”.

Professora repreende aluna de seis anos que falou sobre Jesus e citou versículo da Bíblia durante aula





Uma aluna do Ensino Fundamental foi reprimida por sua professora ao falar sobre Jesus e citar a passagem bíblica de João 3:16 durante uma atividade de Natal. A informação só veio à tona agora, depois que a entidade Defensores da Fé e Liberdade denunciou o ocorrido.
Brynn Williams, 6 anos de idade, frequenta uma escola pública em Temecula, na Califórnia, Estados Unidos, e durante uma atividade de montagem de uma árvore de Natal, ela havia ficado responsável por colocar a estrela no topo.
A menina disse que sua família a havia ensinado que aquele objeto representava a Estrela de Belém, que tinha servido de guia para os três reis magos “encontrarem o menino Jesus, Salvador do mundo”.
Quando Brynn começava a complementar sua explicação citando João 3:16, a professora a interrompeu e mandou-a sentar, dizendo que “não a autorizava falar sobre a Bíblia ou compartilhar seus versos” durante as aulas.
A entidade Defensores da Fé e Liberdade divulgou um comunicado manifestando indignação com o ocorrido, e frisando que os Estados Unidos atravessam uma “epidemia” de intimidação a cristãos nas escolas públicas do país, o que vai na direção contrária à liberdade religiosa e de expressão garantidas na Constituição.
“Espero que a escola assuma o papel de aderir a uma política exemplar para este tipo de abuso que se torna cada vez mais comum aos estudantes que assumem sua religiosidade”, disse Robert Tyler, representante dos Defensores da Fé e Liberdade.
A escola respondeu ao comunicado afirmando que ainda investiga a denúncia e que quer esclarecer os fatos antes de estabelecer as medidas cabíveis ao caso, pois “leva muito a sério qualquer alegação de discriminação”.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Pastor Marco Feliciano quer R$ 1 milhão de indenização do Porta dos Fundos por causa de piadas no Especial de Natal




A representação do pastor Marco Feliciano (PSC-SP) contra a produtora Porta dos Fundos, por conta do vídeo Especial de Natal, exige do grupo de humoristas uma indenização por danos coletivos no valor de R$ 1 milhão.
O pastor diz em sua representação que os valores serão destinados aos hospitais da Santa Casa de Misericórdia, segundo informações do jornalista Leandro Mazzini, do Coluna Esplanada, no portal Uol.
Feliciano afirmou que se “sentiu ofendido na sua condição de cristão” e por isso pede “medidas cíveis e criminais” contra o Porta dos Fundos, que preferiu não se pronunciar oficialmente.
Essa representação contra o Porta dos Fundos não foi a primeira recebida pelo Ministério Público em relação ao vídeo Especial de Natal.
Na última semana, o diretor da Associação Nacional Pró- Vida e Pró-Família, Hermes Nery Rodrigues, já havia protocolado uma notificação contra os humoristas, justificando que a iniciativa era em “defesa dos valores morais e éticos da família” e contra as “práticas de abusos” no vídeo que faz piada sobre o nascimento, vida, ministério e crucificação de Jesus.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Um lar para Snowden - agora no mundo todo!

Essa campanha se tornou global e está pegando fogo! Nos ajude a alcançar um milhão de assinaturas compartilhando essa petição com todos e clique aqui para aumentar a pressão enviando mensagens diretas para os principais prefeitos e governadores do país pedindo que eles ofereçam asilo a Snowden! !

Cara comunidade,



Edward Snowden arriscou tudo para expor o esquema de espionagem ilegal dos Estados Unidos, e agora está correndo o risco de ser preso em uma solitária a vida inteira a menos que o Brasil lhe conceda asilo. Vamos enviar nesta semana o maior pedido de asilo da história para a presidente Dilma e vencer uma batalha pela democracia mundial:


assine a peticao
O maior denunciante do mundo está isolado no inverno russo, correndo o risco de ser preso em uma solitária, ser alvo de humilhações e maus-tratos e até enfrentar pena de prisão perpétua se os agentes norte-americanos colocarem as mãos nele. Mas nesta semana poderemos ajudá-lo a conseguir um porto seguro.

Edward Snowden expôs o estarrecedor e ilegal esquema de espionagem que o governo dos EUA controla e que espia a todos nós. O asilo temporário na Rússia está quase acabando e Snowden não tem para onde ir. Mas a presidente Dilma continua bastante irritada com a espionagem americana e, segundo especialistas, ela pode se contrapor à pressão dos EUA para considerar dar asilo a Snowden!

Vai muito além de um homem em particular. Se o ato de Snowden – contar a verdade – for recebido com repressão, estaremos enviando a mensagem errada a governos abusivos e denunciantes no mundo todo. Se 1 milhão de nós nos mobilizarmos agora, poderemos enviar à presidente Dilma a maior mensagem de apoio cidadã na história. Clique abaixo para garantir a segurança de Snowden e defender a democracia em todo o mundo:

https://secure.avaaz.org/po/snowden_post_action_brazil/?bIzodcb&v=34411

O prazo do visto russo de Snowden está acabando. Urubus estão voando em círculos para levá-lo de volta aos EUA, onde provavelmente ele será julgado de forma injusta. Mas a presidente Dilma já demonstrou sua insatisfação com o programa de espionagem PRISM, cancelou uma viagem aos EUA como protesto e está trabalhando para proteger os cidadãos brasileiros contra a espionagem. Para apoiar Snowden, ela precisa saber que terá a força necessária para resistir à pressão dos EUA.

Aqueles contrários ao asilo para Snowden dizem que ele infringiu leis e colocou a segurança mundial em risco. Alguns até mesmo o chamam de traidor, e dizem que deixá-lo fugir sem punição poderia incentivar outros a fazer o mesmo. Mas, apesar de Snowden ter contrariado a lei, ele fez isso para revelar um sistema imenso e ilegal em si, espionagem mundial em escala industrial. Este é exatamente o tipo de ação heroica que faz do mundo um lugar melhor e mais seguro para todos.
E Snowden não é qualquer denunciante; suas revelações já mudaram o mundo para melhor. Alemanha e Brasil iniciaram discussões para aumentar as proteções à privacidade dos cidadãos. O assunto foi debatido abertamente nas Nações Unidas, e um tribunal dos EUA decidiu que algumas formas de espionagem da NSA são ilegais. Hoje, o presidente Obama vai mudar as táticas de espionagem da NSA, em reação às denúncias feitas por Snowden!

A presidente Dilma precisa do nosso apoio para suportar a pressão dos EUA. Vamos mostrar que pessoas do mundo todo apoiarão o Brasil se o país tomar essa decisão corajosa. Junte-se ao maior pedido de asilo do mundo, em nome de Snowden:

https://secure.avaaz.org/po/snowden_post_action_brazil/?bIzodcb&v=34411

Com mais de 30 milhões de membros em todo o mundo – incluindo 6 milhões no Brasil –, juntos temos tomado medidas eficazes para proteger a nossa internet de leis esdrúxulas propostas por nossos governantes. Agora, podemos apoiar o homem que sacrificou tanto para nos proteger de um esquema enorme de espionagem internacional.

Com esperança e determinação,

Joseph, Christoph, Michael, Sayeeda, Ricken e toda a equipe da Avaaz

PS - Muitas das campanhas da Avaaz foram criadas por membros da nossa comunidade. Crie a sua agora e consiga a vitória em qualquer questão, seja ela local, nacional ou global: http://www.avaaz.org/po/petition/start_a_petition/?bgMYedb&v=23917

REFFLEXÃO dia 20/01/2014







Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações,sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança.

Tiago 1:2-3

 

Pensamento: "Agüente firme!" Há poucos traços mais importantes do que a perseverança. As realizações mais importantes na vida acontecem por causa da perseverança. "Sorte" ocorre quando temos perseverado o suficiente para que aquele "momento mágico" aconteça - em outras palavras, não acredito em sorte. Edison disse da melhor forma: as maiores realizações na vida, as descobertas maiores do mundo, suas próprias invenções fantásticas são "1% inspiração e 99% suor". "Agüente firme!" e verás a glória de Deus se realizar em você mesmo, não por causa de sorte, mas, por causa da graça, amor e providência de Deus!


Oração: Ó Deus Imutável e Inabalável, através de amigos o Senhor me deu, e pelo poder do seu presente, o Espírito Santo, ajude-me a perseverar em tribulação, e prove o meu caráter com perseverança testada. Conceda-me a coragem e a durabilidade para que minha vida possa brilhar com a sua força duradoura. Oro isso no nome daquele que foi fiel até a morte, Jesus Cristo meu Senhor. Amém.

“Deus me disse para lhe doar um dos meus rins”; afirma mulher que doou o órgão a um desconhecido







O norte-americano Duke Guy, de 58 anos de idade, lutava a cerca de 30 anos contra uma doença renal, que o colocou na longa lista de espera por um transplante, quando recebeu de uma desconhecida a notícia de que Deus a havia mandado doar a ele um de seus órgãos.
Sarah Farkas conta que estava ciente da necessidade de Guy por um transplante através de pedidos de oração na igreja e que ao incluiu um pedido específico de um doador de rim para ele, ouviu a voz de Deus dizendo para ela ser a doadora.
- Foi muito, muito claro. Foi uma pergunta. Ele disse: “Por que você não doa um dos seus?” – afirmou Farkas, que revela ter em seguida caído para frente de joelhos, inundada de sentimentos de carinho e paz.
De acordo com o site mLive, Sarah conta que nunca havia pensado em ser uma doadora viva, e que por algumas semanas refletiu sobre o fato e conversou sobre isso com alguns amigos, antes de falar com o homem que receberia seu rim. Foi em um domingo, na igreja, que ela revelou a Duke Guy aquilo que havia ouvido em sua oração.
- Isso vai parecer loucura, mas eu acho que Deus me disse para dar-lhe um dos meus rins – disse ela a Guy, que ficou surpreso com a afirmação.
Ele conta que ficou chocado e grato, mas um pouco hesitante e temeroso de colocar suas esperanças nessa possível doadora.
- A minha primeira pergunta foi: “Qual é o seu tipo de sangue?”. Quando ela disse que não sabia, eu não fiquei animado porque pensei: “Quais são as chances?” – revelou Guy, que havia sido diagnosticado em 1982 com nefropatia, uma doença que danifica as unidades de filtragem dos rins.
Porém, apesar das possibilidades aparentemente pequenas, Sarah Farkas começou a realizar uma série de exames, para verificar se ela era uma doadora compatível. O primeiro obstáculo vencido foi quando ela descobriu que tinha o tipo de sangue O negativo; o mesmo que Guy, que só poderia receber um rim de alguém com sangue tipo O.
Ela, então, passou por “tipagem de tecido”, que analisa seis antígenos importantes no transplante de órgãos. A combinação foi perfeita. Mesmo entre irmãos, isso acontece apenas em 25 por cento dos casos. Para duas pessoas sem relações de parentesco, as chances são de uma em 100 mil, de acordo com o National Institutes of Health.
Então, após uma série de exames e uma longa etapa de preparação, o transplante aconteceu no último de 15, 7 meses depois daquela primeira conversa na igreja.
Grata, a esposa Duke Guy, Deb, conta que ficou espantada por alguém se voluntariar a passar por isso por causa de seu marido.
- É uma grande cirurgia. Isso significa alguns meses fora do trabalho. Como você agradecer a alguém por isso? É incompreensível – afirmou Deb.
Após a cirurgia, Farkas disse que não se arrependeu de abrir mão de um rim.
- É uma honra que Deus tenha me escolhido para ser parte de um milagre. Porque realmente é um milagre. E eu ainda não sei como processar, emocionalmente, o pensamento de que Deus ama Duke tanto que ele deu-lhe um novo rim – afirmou a doadora.
Por Dan Martins, para o Gospel+

REFLEXÃO DE 19/01/2014




Tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles; porque esta é a Lei e os Profetas.

Mateus 7:12

 

 

Pensamento: A Lei Régia -rege por causa da sua genuinidade, durabilidade e valor. Imagine quão diferente nosso mundo seria se colocássemos este princípio em prática - não somente na nossa "vida religiosa", mas também na nossa vida diária - com a nossa família... com nossos colegas no serviço e com nosso chefe, ...com os nossos subordinados, ...com as pessoas na rodovia e nos bairros onde passamos, ...com as pessoas que nos servem. Como seria um mundo diferente se praticássemos a Lei Régia! Vou começar a mudar meu mundo hoje. E você? 


Oração: Nosso Pai Generoso, o Senhor tem me abençoado com tantas bênçãos ricas e maravilhosas. Nunca conseguirei expressar de maneira adequada a gratidão que o Senhor merece. Uma coisa que quero que o Senhor saiba, querido Pai, é que agradeço em particular a maneira que o Senhor lidou comigo com graça, e não somente com justiça ou julgamento. Dê-me o poder para fazer o mesmo com as pessoas que encontro na minha vida esta semana. No nome de Jesus eu oro. Amém.

ONG cristã relança programa de abstinência sexual que era apoiado por Miley Cyrus, Joe Jonas e Demi Lovato




Recentemente, a ONG cristã LifeWay Christian Resource promoveu o relançamento do programa de abstinência sexual True Love Waits (“O Amor Verdadeiro Espera”, em tradução livre), que ficou famoso em todo o mundo por ter tido como “garotos propaganda” em seu início celebridades como Joe Jonas (do grupo Jonas Brothers), Miley Cyrus, Demi Lovato e Selena Gomez.
De acordo com os coordenadores do projeto, um dos motivos para o relançamento do projeto foram os índices apontados em pesquisas recentes feitas nos Estados Unidos, que mostraram que a grande maioria dos solteiros cristãos, em torno de 80%, não praticam o celibato.
Com propostas semelhantes ao programa brasileiro “Eu Escolhi Esperar”, o True Love Waits existe a mais de 20 aos e foi um dos pioneiros no tema e tem como objetivo promover discussões sobre a forma e o período ideal para praticar o sexo. Um dos maiores símbolos do programa é seu anel de pureza, que foi muito divulgado por Joe Jonas, Miley Cyrus, Demi Lovato e Selena Gomez no início de suas carreiras.
- As pessoas precisam ver claramente como o impacto do Evangelho e a escolha da pureza podem ser mais benéficas que as suas decisões sexuais – explica Ben Trueblood, diretor de um dos ministérios da LifeWay.
De acordo com o The Christian Post, líderes da LifeWay explicaram que querem, com esse relançamento, reforçar o principal objetivo do True Love Waits, que é “conduzir as pessoas a ir de encontro com o amor a Jesus e não apenas se convencer de que devem mudar algum comportamento sexual em particular”.
- Eu quero que as pessoas saibam que elas são puras porque Jesus quer purificá-las do pecado, e não porque devem ter um comportamento perfeito, ou se gabar por nunca ter relações sexuais ou olhar para pornografia – resumiu o pastor Clayton King, um dos criadores do projeto.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Inri Cristo é destaque em jornal britânico e afirma: “Eu posso ser louco, mas não burro”




Recentemente, o jornal britânico Daily Mail publicou uma reportagem na qual traçou o perfil do religioso Inri Cristo, de 65 anos, que há 35 afirma ser a reencarnação de Jesus Cristo. Alvo de muitas críticas, que o classificam como doente mental por suas afirmações, Inri Cristo afirma que pode até ser louco, mas que não é burro.
De acordo com o jornal, o líder religiosos, que vive no Gama (DF), já foi preso mais de 40 vezes e foi expulso dos Estados unidos, do Reino Unido e da Venezuela devido a “seus pontos de vista controversos”. Entre suas opiniões que geraram tais controvérsias, estão suas visões peculiares sobre o capitalismo, o aborto e até mesmo o Natal.
- É um dia em que os filhos dos ricos podem mostrar os presentes que receberam enquanto as crianças pobres só recebem uma migalha. Por isso, é um dia muito triste para quem vê as coisas com os olhos que eu vejo – afirma Inri Cristo sobre o Natal.
Afirmando ser uma reencarnação de Cristo, o religioso vive em seu complexo eclesiástico na periferia de Brasília acompanhado de dezenas de seguidores, em sua maioria mulheres, e afirma ter “centena de seguidores” por todo o mundo, incluindo Reino Unido e França. Sua missão, segundo afirma, é “preparar os eleitos, os sobreviventes do apocalipse nuclear que inevitavelmente acabará com este mundo caótico, para a formação de uma nova sociedade terrena, que vai se esforçar para cumprir a vontade do Criador”.
Para cumprir seu propósito, Inri tem sua própria igreja, a Soust (Suprema Ordem Universal da Santíssima Trindade), em um local que ele chama de “Nova Jerusalém”.
O jornal britânico explicou ainda que ele conta que desde a infância ouvia uma voz poderosa que falava em sua cabeça, mas que só experimentou a “revelação” de que era o Cristo reencarnado durante um jejum religioso em Santiago do Chile, em 1979. Inri conta que tal experiência aconteceu quando Deus lhe disse: “Eu sou o seu pai. O Deus de Abraão, de Isaac e de Jacó”.
Questionado sobre as afirmações de que ele seria louco, devido à sua vida nada convencional, Inri Cristo é enfático ao negar tais acusações com firmeza.
- Eu posso ser louco, mas não burro. Loucura é diferente da demência. Ela é a mãe dos filósofos, dos profetas e dos inventores – afirma.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Pastor acusado de assassinar a esposa tenta fugir para a Europa para se casar com namorado




Na última semana a justiça norte-americana fixou uma fiança de cem mil dólares para o pastor Richard Lee Shahan, que está preso sob acusação de ter assassinado sua esposa a facadas. A fiança foi determinada após os promotores do caso afirmarem que pastor tentou fugir do país para se casar com seu namorado.
O juiz determinou ainda que, se a fiança for paga, o pastor deve permanecer em prisão domiciliar e usar uma tornozeleira de monitoramento eletrônico.
O pastor foi preso no aeroporto de Nashville ao tentar embarcar em um avião para a Alemanha, e foi colocado sob custódia no condado de Jefferson.
De acordo com Leigh Gwathney, um dos promotores do caso, informações obtidas através de mais de 3.000 e-mails de Shahan indicam que ele estava planejando deixar o país para nunca mais voltar. Segundo Gwathney, ele estava indo para o Cazaquistão via Alemanha e, finalmente, planejava se mudar para o Reino Unido.
- Ele planejava se tornar um cidadão lá e começar uma nova vida com seu namorado, com quem tinha a intenção de se casar – explicou Gwathney.
Os advogados Wendell Sheffield e John Lentine, que defendem Richard Shahan no caso, contestam as afirmações dos procuradores de que Shahan tentava sair do país e questionaram se o Estado tem alguma “prova direta” do envolvimento de Shahan na morte de sua esposa.
- Eles estão fazendo tudo que podem para tentar fabricar um caso de assassinato – afirmou Lentine.
Os advogados afirmam ainda que Shahan planejava sair em uma viagem missionária, e pedem que a fiança não tenha um valor superior a trinta mil dólares. Porém, os promotores estão inflexíveis em relação à fiança, alegando o risco de fuga.

Por Dan Martins, para o Gospel+



 Porque se levantarão falsos cristos, e falsos profetas, e farão sinais e prodígios, para enganarem, se for possível, até os escolhidos. Marcos 13:22

 E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. Mateus 24:11

Igreja Católica confirma ter excomungado 384 sacerdotes em 2 anos por abuso sexual contra crianças





Números confirmados pelo Vaticano durante um painel das Nações Unidas, em Genebra, na última sexta-feira, revelam que 384 sacerdotes foram excomungados da Igreja Católica em 2 anos por abusar sexualmente de crianças.
Segundo dados da Associated Press o Vaticano excomungou 260 sacerdotes em 2011 e 124 em 2012, após o escândalo que explodiu na Europa. Além disso, bispos têm encaminhado centenas de casos para o Vaticano.
Os números foram confirmados pelo Vaticano na sexta-feira, e foram baseadas nas estatísticas publicadas em seus livros anuais de referência. Especialistas sobre abuso sexual na Igreja Católica dizem que os números representam um aumento de anos anteriores, mas não são surpreendentes, dado o escândalo que se desdobrou em uma organização global com mais de 412 mil sacerdotes.
Em 2001, o cardeal Joseph Ratzinger, que se tornou o Papa Bento XVI em 2005, determinou que todos os casos de abuso fossem enviados ao seu escritório na Congregação para a Doutrina da Fé, em Roma. Após escândalos de abuso sexual surgirem novamente nos Estados Unidos, em 2002, os bispos norte-americanos enviaram cerca de 700 casos de abuso para o Vaticano durante os próximos anos, afirmou Nicholas P. Cafardi, ex-reitor da Escola de Direito da Universidade de Duquesne, que escreveu um livro sobre a resposta da Igreja ao abuso sexual.
- Desde o escândalo americano, você teve casos expostos na Irlanda e na Austrália e em uma série de outros países. Os casos poderiam ser décadas atrás. É, certamente, um grande número, mas quando você olha a estrutura e o tempo envolvidos, é menos impressionante – afirmou.
Os casos de abuso por padres podem ser julgadas tanto na igreja como os tribunais civis. Porém a grande maioria dos casos não chega a ser processados por autoridades civis, muitas vezes porque estão fora do prazo de prescrição. Sob o direito canônico da Igreja, a excomunhão é a penalidade mais severa.
De acordo com o jornal The New York Times, a onda de sacerdotes excomungados mostra a resposta ao apelo daqueles que defendem as vítimas e pediram uma mudança na abordagem de décadas anteriores, quando os padres acusados de abuso eram rotineiramente transferidos para paróquias desavisados ou enviados para novas dioceses ou países.
Porém, nasce também um questionamento se a excomunhão por si só é o melhor método para proteger as crianças, pois aqueles sacerdotes que tenham sido destituídos por abuso infantil podem se mudar para locais onde ninguém sabe suas histórias.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.