Filme irá contar a história de um pastor ex-gay que se diz “curado” da homossexualidade - Por Dan Martins em 14 de agosto de 2014

http://i2.wp.com/noticias.gospelmais.com.br/files/2014/08/filme-Michael-pastor-ex-gay.jpg?resize=567%2C561


A relação entre a homossexualidade e a igreja cristã é tida como um dos temas mais controversos da atualidade. Discussões sobre supostas origens e curas para a homossexualidade geram grandes discussões tanto no meio religioso quanto na esfera da política ou outros setores da sociedade. Essa discussão será o tema do novo filme estrelado pelo ator James Franco, intitulado “Michael”, que falará de um pastor ex-gay.
O longa metragem terá como tema central a vida de seu personagem-título, Michael Glatze, um pastor cristão do estado norte-americano do Wyoming que afirma ter sido curado de sua homossexualidade. Na trama, o pastor era antes extremamente ligado à cultura gay, e chega a criar uma revista direcionada para esse público, antes de passar pela suposta cura à sua antiga opção sexual.
O roteiro do filme é baseado no artigo “My Ex Gay Friend”, publicado na New York Times Magazine por Benoit Denizet-Lewis.
Além de James Franco, o filme terá também em seu elenco nomes como Zachary Quinto (Além da Escuridão – Star Trek), que fará o ex-namorado de Michael, Emma Roberts (Pânico 4), que viverá a atual namorada do pastor, e Chris Zylka (The Leftovers).
Segundo o Omelete, o filme será dirigido por Justin Kelly, e terá como produtores James Franco, Vince Jolivette, Michael Mendelsohn, Ron Singer e Scott Reed.
O filme ainda não ter previsão para ser lançado aos cinemas.

Africanos contrariam orientações sobre epidemia e lotam igrejas clamando pelo fim do surto do Ebola - Por Dan Martins em 14 de agosto de 2014





A epidemia do vírus ebola, que já matou cerca de 1.000 pessoas na África Ocidental, está levando um grande número de pessoas às igrejas dos países mais afetados pela doença. No último fim de semana as populações de Serra Leoa e Libéria lotaram igrejas na busca de serem liberto da epidemia.
Porém, as grandes aglomerações nas igrejas contrariam as orientações e alertas do governo para evitar grandes reuniões púbicas, a fim de conter a epidemia. O surto da doença fez com que Serra Leoa e Libéria foram declaradas zonas de emergência, visto que o Ebola que é uma doença altamente contagiosa e incurável. O vírus também afetou a população de Guiné e se espalhou pela Nigéria.
Apesar dos alertas para evitar aglomerações, um número cada vez maior de pessoas continua se reunindo nas igrejas, principalmente nas pentecostais, e os religiosos afirmam que o surto da doença não irá abalar sua fé.
- Todo mundo está com muito medo. No entanto, o ebola não abalará a nossa fé… porque nós já passamos por tempos difíceis – afirmou Jones Martee Seator da Igreja Luterana.
Devido às grandes aglomerações de pessoas, as igrejas de Morovia, capital da Libéria, colocaram baldes de plástico com água e cloro para que os fiéis pudessem desinfetar as mãos. Segundo o Charisma News, os pastores pediram também que os fiéis sigam as instruções dadas pelas autoridades sanitárias sobre a epidemia.
As medidas de quarentena imposta às comunidades infectadas têm afetado o comércio e o fornecimento de alimentos em alguns dos países mais pobres do mundo. Em Serra Leoa, o bispo Abu Aja Koroma da Igreja Flaming Bible, em Freetown, comentou o aumento dos preços dos bens de consumo afirmando que isso estava destruindo a economia do país. Diante de tal situação ele catalogou o ebola como ‘um demônio’.
Em seu sermão do último domingo, o bispo proclamou o arrependimento entre os fiéis “para evitar este flagelo em nosso país”.
A interpretação da doença por um viés religioso levou também, recentemente, líderes do Conselho de Igrejas da Libéria (LCC) a afirmarem que o vírus foi enviado por Deus como uma punição pelos “atos imorais” dos homossexuais.

Pastor Saeed Abedini está sendo ameaçado de morte na prisão por membros do Estado Islâmico





O pastor Saeed Abedini estaria sendo ameaçado de morte por membros do grupo extremista Estado Islâmico, que na mesma prisão iraniana em que ele cumpre pena. Abedini é iraniano, porém se tornou cidadão americano após ir morar nos Estados Unidos, onde se converteu. Ele foi preso em julho de 2012 acusado de espionagem por conta de suas constantes viagens aos Estados Unidos. Entretanto, especialistas afirmam que o real motivo da prisão era sua conversão ao cristianismo.
As informações são do Centro Americano para a Lei e a Justiça (ACLJ), segundo o qual o pastor relatou à sua família que teme por sua vida, e que outros presos lhe disseram que os prisioneiros do Estado Islâmico estariam traçando um plano matá-lo.
- Este é um desenvolvimento extremamente perigoso que ameaça a vida do pastor Saeed em grave risco – afirmou Jay Sekulow, líder da ACLJ.
A situação do pastor tem sido constantemente motivo de discussões na comunidade internacional. Recentemente vieram à tona informações de que o religioso foi vítima de tortura durante interrogatórios e chegou a ser espancado no hospital para onde foi levada para tratar os ferimentos decorrentes da tortura. Além de ter sido espancado e ter tido o tratamento negado no hospital, o pastor foi levado de volta à prisão e mantido acorrentado.
Desde a prisão do pastor, o Centro Americano para a Lei e a Justiça tem trabalhado em favor de sua libertação, mas ainda não obteve resultados e tem tentado apelar para as autoridades norte americanas, pedindo para que interfiram no caso.
- Pedimos ao presidente Obama e ao secretário Kerry, que intervenha de imediato para garantir a libertação do pastor Saeed e que garanta que ele seja protegido durante esta transferência para a liberdade. O pastor Saeed, que está se aproximando de seu segundo ano na prisão no Irã, deve ser devolvido a sua família sem demora – relatou Sekulow.



 Por Dan Martins em 14 de agosto de 2014

Cristãos iranianos possuem fé e alegria diante a perseguição




O Irã é muitas vezes visto como um país hostil, com líderes radicais e multidões de rebeldes. Mas há outra perspectiva deste país… Ali há pessoas que amam os Estados Unidos, Israel e principalmente a Jesus Cristo.
Quando alguém é batizado em uma igreja, as pessoas batem palmas e gritam como torcedores em um jogo na Copa do Mundo. Apesar de sofrer perseguição e muitas vezes tendo que correr por suas vidas, eles ainda tem uma fé contagiante e alegre, como é o caso Raizal.
“Quando crescia queria dizer que cria em Cristo. Cada vez mais seu nome estava em minha mente. Logo, comecei a gostar do cristianismo. Era muito doce para mim, os sentimentos, as historias, tudo. Por 15 anos, acreditei Nele e disse:’Quero ser cristão’“, relatou.
cristãos-iranianos-perseguiçãoMuitos refugiados deixaram o Irã e chegaram à Turquia onde eles podem obter o estatuto de asilo com as Nações Unidas. Alguns dizem que é como sair da escuridão.
Totalmente diferente do Irã. Eu tenho o privilégio de compartilhar a Palavra de Deus com os outros. Eu posso adorar ao Senhor livremente. Eu posso ir à igreja sem problema. É totalmente diferente”, disse Afshin.
Afshin frequentava a igreja liderada pelo pastor americano, Saeed Abedini, que permanece em uma prisão iraniana por quase dois anos. Após sua prisão, a igreja foi dissolvida. Então Afshin fugiu.
“Como resultado, eu deixei o Irã. Todos os dias era mais difícil e arriscado. Eu tive que mudar de casa porque eu tinha certeza de que um dia eles saberiam que a minha casa era uma igreja clandestina. Saberiam; inteligência reconheceria “, disse Afshin.
Outros, como Raizal e seu irmão Reza, fugiram para salvar suas vidas.
“Foi uma situação terrível lá. Eu não podia orar a Deus com todo meu coração por causa de todos os problemas. Se eu disser Jesus Cristo poderiam me matar “, disse Raizal.
“Tornou-se um problema para o meu trabalho e minha saúde. Eles tentaram me matar, então, eu tive que fugir “, disse Reza.
Apesar das constantes ameaças, perigos e riscos, estes crentes mantiveram a fé. Agora, eles encontraram uma casa igreja e uma família. Seu pastor lidera casas igrejas no Irã, Estados Unidos, Canadá, Alemanha e Malásia… Tudo via Skype.
“A igreja principal é a minha casa e através da Internet, me conecto com todos. Isso é como uma igreja cibernétic “, disse Rahman Salehsafari.
Será que em breve o avivamento no Irã?
Ele diz que será um grande avivamento na República Islâmica do Irã.
“Neste momento, pode-se ver os resultados do Espírito Santo. Em 1994, havia centenas de milhares de crentes, agora são três milhões. Você pode ver o trabalho do Espírito Santo nas pessoas “, disse Salehsafari.
Muitos se converteram ao cristianismo por meio de um sonho ou visão.

“Eu tive um sonho. Há muito tempo eu sonhei que Jesus estava sempre comigo. Em toda a minha vida, Ele me ajudava e não sabia quem era essa pessoa. De repente, Jesus estava lá e pediu para eu se aproximar dele. Foi o que eu fiz e ele me aceitou “, disse Reza.
Apesar de todas as dificuldades e ter que deixar sua terra natal, esses crentes exalam alegria. Muitos esperam um dia conseguir um estatuto de refugiado e imigrar para outros países. Enquanto isso deseja que os crentes no Ocidente orem pela Igreja no Irã.
Eu só imploro aos outros crentes, irmãos e irmãs ao redor do mundo para orar pelo Irã. Aos iranianos: Encontrem um novo Deus e familiarizar-se com Deus, com Jesus Cristo “, disse ele Afshin.  – cbn 


Portal Padom

Restauradores descobrem algo bizarro em estátua de 300 anos de Jesus Cristo







Estátuas religiosas, especialmente as que possuem séculos de idade, normalmente estão rodeadas por alguns segredos e lendas que só aumentam com o passar o dos anos. Já comentamos aqui no Mega Curioso sobre o mistério da estátua egípcia que rodava sozinha, lembram-se? Aliás, enigma que já foi solucionado.
Hoje, trazemos outro exemplo bastante bizarro e extremamente real: a estátua de “Señor de la Paciencia”, localizada na Igreja de San Bartolo Cuautlapan, no México.
A estátua do século 18 possui mais de um metro de altura e recentemente passou por um processo de restauração liderado por vários especialistas do Instituto Nacional de Antropologia e História do México. O que eles encontraram nessa réplica de Jesus Cristo é tão inesperado como igualmente chocante. O segredo bizarro dessa escultura de Jesus é que ela possui dentes humanos verdadeiros colocados dentro da boca! Veja uma imagem do raio X realizado na obra:


Ninguém sabe quem colocou os dentes dentro da boca da estátua (não existem registros históricos que mencionem esse fato), porém é muito provável que eles fossem algum tipo de doação de algum fiel. É relativamente comum que os paroquianos doem roupas, cabelos ou perucas para que sejam colocados em esculturas religiosas, principalmente no México.
A estátua do “Señor de la Paciencia” deve ter passado por algo parecido: algum fiel deve ter doado os dentes como último esforço para se aproximar de Deus – pelo menos, essa é uma das hipóteses. O curioso é que os dentes podem ser vistos por todos que se aproximam do “Señor de la Paciencia”, já que a boca da estátua está levemente aberta.
Esse não é, aparentemente, o único segredo do “Señor de la Paciencia”, já que a estátua de centenas de anos reside permanentemente na Igreja de San Bartolo Cuautlapan e sempre está vestida, exceto quando é retirada do local para ser carregada pelas ruas da cidade em dias santos festivos. Veja abaixo um vídeo (em espanhol) com comentário de Fanny Unikel, a restauradora responsável pela estranha descoberta:






 http://www.megacurioso.com.br

Dinheiro foi doado para o Templo de Salomão, não para alimentar os pobres, diz Macedo Edir Macedo afirma que na igreja a fome espiritual de ricos e pobres serão saciadas





A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) gastou cerca de R$ 680 milhões para construir o Templo de Salomão. A mega igreja tem uma estrutura da altura de um prédio de 18 andares e sua suntuosidade chama atenção de quem passa pelo bairro do Brás, na zona leste de São Paulo.
Muitas pessoas usaram as redes sociais para dizer que este valor, arrecadado pelos fiéis da IURD, serviria para alimentar aos pobres dizendo que a igreja poderia aliviar a fome de milhões de pessoas.
Ao tomar conhecimento dessas críticas o bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal e idealizador do megatemplo, resolveu responder dizendo que o valor foi arrecadado para a construção e não para outro objetivo.
O líder religioso chegou a usar um exemplo para explicar que as ofertas levantadas tinham apenas um objetivo: construir o Templo de Salomão.
“Imagine se cada pessoa, membro da maior torcida de time de futebol do País, contribuísse para a compra do jogador mais promissor da atualidade. Você acha que esse time pegaria o dinheiro e o daria aos pobres? É claro que não! Porque as pessoas doaram a quantia, de acordo com a condição financeira de cada uma, com a única finalidade de ter o melhor jogador em seu clube.”
Da mesma forma que estes torcedores, os fiéis da IURD não levantaram recursos para acabar com a fome dos mais pobres, o que para Edir Macedo seria uma ajuda temporária e não efetiva para acabar com a dificuldade financeira.
“Se todo esse dinheiro fosse aplicado hoje em alimentos, amanhã eles não sentiriam fome novamente? E depois de amanhã? Será que o problema das pessoas se resume em um prato de comida apenas? Para matar a fome imediatamente sim, mas e em seguida?”, questiona.
O texto divulgado no Facebook oficial do religioso diz também que o Templo de Salomão é “uma Casa aberta a todos” e que vai saciar “a fome espiritual de ricos, pobres, letrados ou não”.

http://noticias.gospelprime.com.br

REFLEXÃO PARA 13/08/2014






Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.

1 Coríntios 6:19-20

 

 

Pensamento: Nós somos o templo de Deus! Deus vive em nós. O que fazemos com os nossos corpos faz parte do nosso louvor a Ele. Somos chamados não só para nos abster de impureza, mas também para glorificar a Deus nos nossos corpos e honrar o sacrifício pelo qual nossa santidade foi comprada. 



Oração: Pai, confesso que às vezes perco de vista quão precioso meu corpo é ao Senhor. Com a idade e outros desafios que me lembram diariamente que meu corpo é um vaso de podridão, acho difícil acreditar que posso glorificar ao Senhor com ele. Por favor, através do Seu Espírito em mim, revivifique em mim uma reverência e apreciação mais profundas da Sua presença em mim. No nome de Jesus, meu sacrifício redentor, eu oro. Amém. 


 http://www.iluminalma.com.br
 

LIVRO DE EZEQUIEL CAP. 24 VERS.10







Ezequiel 24:10

“Amontoa muita lenha, acende o fogo, consome a carne, e tempera-a com especiarias, e ardam os ossos.”
 


Amontoa muita lenha - Ajuntamento de pessoas. Somente religião. Sem proveito.

Acende o fogo - Batismo com o Espírito Santo.

Cozinha a carne - Mortificação da carne. Morte do eu. Provas e aflições.

Engrossam o caldo - Tempera com especiarias - Fala da doutrina revelada que dá consistência ao alimento (palavra) e preserva o corpo (igreja).

Ardam os ossos - Os ossos mantém o homem em pé (ereto).


                            Arder os ossos fala de humildade do homem se dobrar diante do Senhor. Fala também de obediência, deixar-se moer.

CONCLUSÃO - A obra de Deus não é só um ajuntamento de pessoas (amontoar lenha), não é apenas gente reunida. Isto é religião. Mas a Obra é:

                        1- Estar cheio do Espírito Santo

                        2- Provados

                        3- Doutrinado

                        4- Dominado- Humilde – Obediente
 
 Amém.

Embriagado, pastor cai de moto, agride policial federal com soco e termina preso



Ninguém despreze a tua mocidade; mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza. 1 Timóteo 4:12


Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé e no amor que há em Cristo Jesus. 2 Timóteo 1:13




Um pastor foi preso na fronteira entre o Brasil e a Argentina após agredir um policial federal durante uma abordagem.
O homem, de 41 anos, não teve sua identidade revelada, embora a Polícia Federal tenha divulgado que além das funções de ministro religioso, o pastor também atua como juiz de paz.
Todo o incidente começou após o pastor cair sozinho da moto que ele pilotava na ponte Tancredo Neves, em Foz do Iguaçu (PR). Na queda, o pastor machucou o pé.
O policial se aproximou para ver o que havia acontecido e constatou que o pastor estava embriagado. Enquanto aguardava o serviço de socorro médico de emergência, o pastor ameaçou um bombeiro e agrediu o policial que atendeu a ocorrência com um soco.
Após ser contido, ele foi encaminhado ao Hospital Municipal de Foz, onde voltou a se recusar a fazer o teste do bafômetro, e foi atendido sob escolta dos policiais.
Após receber alta, foi conduzido à delegacia da Polícia Federal para prestar depoimento. De acordo com informações do portal G1, o pastor foi atuado por desacato, resistência à prisão, agressão e embriaguez ao volante.
No entanto, a filha do pastor também terminou presa por desacatar os agentes da aduana, e precisou pagar uma fiança de R$ 1.000 para ser liberada.



 Publicado por Tiago Chagas em 11 de agosto de 2014

Extremistas muçulmanos do ISIS têm decapitado crianças cristãs no Iraque, relata testemunha





 Qualquer que odeia a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele. 1 João 3:15


Os extremistas muçulmanos do grupo Estado Islâmico (ISIS) tem decapitado crianças cristãs de forma sistemática e indiscriminada na cidade de Mosul, ao norte do Iraque.
A imprensa cristã internacional tem destacado o genocídio promovido pelos extremistas como um “novo nível de terrorismo”, com execuções em massa.
O portal Christian Headlines afirmou que o respeitado empresário caldeu-americano Mark Arabo foi testemunha ocular do massacre e narrou as cenas de terror, onde os militantes do ISIS penduraram homens, estupraram e mataram mulheres e decapitaram as crianças das famílias cristãs.
“Eles estão decapitando sistematicamente crianças, mães e pais… Na verdade, há um parque em Mosul que eles tem usado para decapitar crianças e colocar suas cabeças em uma vara” disse Arabo à CNN. “Este é um genocídio em todos os sentidos. Eles estão matando todos os cristãos que vêem”, acrescentou.
No começo da atual escalada de violência na região, os militantes do ISIS anunciaram que sua ofensiva visava o extermínio dos cristãos no país. Como resultado da ameaça, milhares de cristãos fugiram da região em busca de refúgio, e os poucos que permaneceram em áreas controladas pelos extremistas são forçados a se converterem ao islamismo ou são assassinados.
O empresário comparou a ação dos extremistas a um “holocausto cristão”, em referência ao genocídio de judeus promovido pelo regime nazista durante a Segunda Guerra Mundial.
Há relatos de que em algumas áreas, uma terceira via é ofertada aos cristãos do Iraque: pagar um alto imposto ao ISIS para não precisar negar a Cristo e se tornar muçulmano. Porém, o empresário Mark Arabo conta que isso na verdade é uma extorsão: “Depois de pagar a multa, eles [extremistas] tomam as esposas e filhas [dos cristãos] e as transformam em suas esposas. Então, ao final das contas, ou se converte [ao islamismo] ou morre. O mundo não tem visto um mal assim por gerações”, concluiu.

Monte vira local de peregrinação de evangélicos à busca de curas e milagres






A tradição evangélica pentecostal de ir ao monte orar ganhou destaque essa semana com o caso do “Monte da Cordinha”, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, onde fiéis vão ao local nas madrugadas em busca de curas.
Localizado à beira da rodovia Cândido Portinari, o monte ficou conhecido por esse nome devido a uma corda amarrada às árvores que improvisa um corrimão e ajuda os fiéis que vão ao local “encontrar Deus” a escalar o terreno íngreme.
Ao todo, existem 12 clareiras abertas ao longo do monte. Nestes espaços, bancos improvisados com pedras, madeira e bambu acolhem os fiéis que se organizam para orar, ler a Bíblia Sagrada e conversar sobre a fé cristã.
O jornal Folha de S. Paulo publicou uma reportagem sobre essa tradição evangélica pentecostal e destacou que muitos fiéis levam sacos de dormir e passam dias e noites no local orando por curas e milagres.
“Quando fui, tinham medo que eu pudesse cair e despencar de lá, mas fui com um propósito e cheguei”, contou Francine de Arruda da Silva, 38 anos, enfermeira que há dez anos convivia com o diagnóstico de síndrome do pânico.
Tomando medicação controlada, Francine vivia contrariada com sua rotina, pois os remédios a deixavam com tontura: “Não queria ficar viciada em remédio. Então, resolvi ir ao monte pedir pela minha saúde e desci curada”, testemunha a fiel.
Um dos pastores que costumam reunir grupos para as vigílias no monte é Givaldo Lima. À reportagem da Folha, o pastor afirmou que o “Monte da Cordinha é abençoado”. A fama do local tem atraído cada vez mais fiéis de diversas denominações pentecostais.
O professor Edin Sued Abu Manssur, que leciona Sociologia da Teologia na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, afirmou que a prática religiosa de ir orar nos montes “é comum entre os pentecostais e tem raízes bíblicas”, e afirmou que esses locais não são raros: “Há vários locais desse tipo na região do ABC paulista, por exemplo”, descreveu.


 Publicado por Tiago Chagas em 11 de agosto de 2014

Aplicativo promete colocar “o poder de Deus em seu smartphone e calar o diabo”; Assista






A Bíblia Sagrada diz que a luta do cristão é contra as potestades do mal, e nesse contexto, um líder cristão resolveu usar a tecnologia dos smartphones contra satanás e lançou um aplicativo que promete “calar o diabo”.
Kyle Winkler, líder de um ministério que usa programas de rádio e TV para difundir ensinamentos bíblicos, resolveu que um aplicativo seria uma ótima ferramenta para ajudar o fiel em suas orações contra a opressão do mal.
“O Shut Up, Devil! é um aplicativo que possui um recurso inovador e que coloca o poder da Palavra de Deus no seu bolso”, explica o líder cristão.
A ferramenta funciona da seguinte maneira: ao sentir qualquer tipo de opressão, como medo ou ansiedade, o usuário abre o aplicativo e digita no campo de busca o sentimento negativo pelo qual está sendo oprimido, e logo, uma lista de versículos bíblicos e comentários sobre aquele tema é exibida.
É possível ainda programar o aplicativo para mandar notificações de hora em hora (ou com intervalos maiores) lembrando o usuário de fazer uma oração ou a leitura de um versículo da Bíblia Sagrada.
O criador do aplicativo diz que dessa forma o fiel estará sempre “na ofensiva” na batalha contra o mal, e assim, vencerá ao diabo.
A justificativa da ideia é simples: “O smartphone quase sempre está com você, e assim, você estará pronto para resistir ao diabo quando e onde ele atacar”, diz Kyle, segundo infromações do Charisma News.
A inspiração para a criação do aplicativo foi tirada do livro “Silence Satan” (“Cale Satanás”, em tradução livre) escrito pelo próprio Kyle e que será publicado no próximo mês de setembro pela editora Charisma House.
Assista no vídeo abaixo um tutorial em inglês sobre o aplicativo que promete calar o diabo (se necessário, utilize a ferramenta de legendas que o YouTube oferece):









Publicado por Tiago Chagas em 11 de agosto de 2014

Mulher suspeita de matar a filha de seis anos afirma que espancava a criança para Deus melhorar sua vida

http://i0.wp.com/noticias.gospelmais.com.br/files/2014/08/mulher-espacanva-filha-para-Deus-mudar-sua-vida.jpg?resize=616%2C548


Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; mas qualquer que matar será réu de juízo. Mateus 5:21


A mãe de uma menina de seis anos que foi encontrada morta na cidade de Santa Tereza do Oeste (PR), confessou a responsabilidade pela morte da filha na última semana e afirmou que batia na menina a cerca de um ano como parte de um plano espiritual para melhorar sua vida. Vanessa Ramos do Nascimento, de 25 anos, afirma que foi orientada por uma amiga a aplicar castigos físicos nas filhas porque assim Deus “mudaria sua história”.
De acordo com o delegado Edgar Santana, a mãe da criança afirmou em depoimento na última semana que sua amiga a mandava bater na criança como forma de “corrigi-la” para que Deus pudesse mudar sua vida.
- Ela dizia que Deus tinha um plano na minha vida e que Deus ia mudar a minha história, que eu ia ter marido, prosperidade e toda essa história, só que para eu receber isso tinha um plano espiritual que eu tinha que fazer. E esse plano era corrigir os meus filhos e que se eles fizessem alguma coisa errada tinham que ser castigados. Eles tinham que apanhar – contou Vanessa.
Ela afirmou ainda que a última a bater na criança antes de sua morte foi a amiga, que teria afirmado ter sido orientada por Deus a fazer isso porque a mãe não tinha pulso o suficiente para corrigir a criança.
- Ela dizia que eu batia com dó e que não estava dando certo o tratamento. Disse que Deus que mandou ela assumir o serviço, porque eu não sabia bater, que eu batia com dó – afirmou.
A menina foi encontrada morta no porta malas de um carro, e a mãe afirma que a colocou para dormir no local como parte de um ritual para purificá-la.
- Segundo o relato da mãe, a criança estava com ‘algo ruim’ e para purificá-la a menina teria que dormir no porta-malas do carro. Horas depois, quando retirou a criança, já sem vida, a mãe disse acreditar que a menina ressuscitaria. Dois dias depois, ao perceber que a criança estava mesmo morta, a mãe e a amiga resolveram enterrá-la – relatou o delegado.
A mãe afirma que ao encontrar a criança morta pensou em chamar as autoridades, mas que decidiu enterrá-la com medo de ser presa, visto que a meninas estava com o corpo coberto pelas marcas deixadas pelos castigos físicos aos quais foi submetida.
- Eu falei não, vou chamar o Instituto Médico Legal (IML), só que como a menina estava toda marcada se a gente chamasse o IML eu ia ser presa – disse a mãe em depoimento.
De acordo com o G1, o crime foi descoberto após Jeferson Ramalho, pai da criança, registrar um Boletim de Ocorrência (B.O) sobre o desaparecimento da menina e da ex-mulher. Ao iniciar as investigações, a polícia recebeu informações de que a criança poderia ter sido sequestrada, mas ao realizar as buscas descobriu que a mãe estava escondida em um sítio no interior do estado. Ao ser levada para a delegacia, ela confessou o crime.
Segundo o delegado, apesar de confessar o crime e apontar onde o corpo da menina estava enterrado, a mãe não demostrou arrependimento e apenas queria saber como proceder para passar menos tempo na cadeia.
- Em nenhum momento ela citou que estava arrependida, só queria saber a quantidade de pena que ela iria ter que cumprir e se havia alguma circunstância atenuante, como se ela confessasse e contribuísse com a investigação, mas em nenhum momento demonstrou qualquer remorso em face da morte de sua filha – conta o delegado.
As duas mulheres estão presas e vão responder pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver


 Por Dan Martins em 11 de agosto de 2014

Uma “marca do diabo” teria aparecido na pele de um menino de quatro anos, segundo seus pais





Os pais de um menino de quarto anos de idade ficaram assustados quando descobriram no peito do filho o que acreditam ser uma “marca do diabo”. Sharon Lewis, de 37 anos, conta que viu a estranha marca na pele do filho, Samuel, quando foi dar banho nele. Sem encontrar uma explicação, a marca tem confundido os pais, professores e até o médico da criança.
- É um pesadelo. Algumas pessoas disseram que é o símbolo de Mammon, o sinal do primeiro filho do Diabo, isso que tem sido muito perturbador – afirma Sharon, segundo o site britânico Newsteam.
A mãe do menino afirma que não havia nenhuma marca no filho quando ela deu banho nele e o colocou para dormir, e nem mesmo quando o vestiu para a escola na manhã seguinte. Então, ela e seu marido, avistaram o símbolo à noite quando tirava o uniforma da escola do filho.
- Eu tirava o uniforme e lá estava: dois círculos concêntricos com uma cruz no meio. Perguntei ao Samuel se tivesse batido em algo na escola ou caído, mas ele disse ‘não’ – relata a mãe, que buscou ainda outras explicações para a estranha marca.
- Samuel sofre de uma doença rara dos “ossos de vidro” e assumimos que ele tinha dormido com um brinquedo ou algo pressionando contra ele. Mas ele disse que não tinha. Nós tiramos os lençóis e não encontramos nada – explicou.
Temendo se tratar de uma infecção da pele ou erupção cutânea, Sharon levou ao médico, que também não conseguiu encontrar nenhuma explicação para a marca. Ela conta que foi também à escola conversar com os professores do filho, mas ninguém conseguia explicar o surgimento da marca.
- O médico disse que não era uma erupção, a marca não estava ferida e não houve vermelhidão ao redor. Ele admitiu que não tinha a menor ideia do que se tratava. Ficamos confusos e com medo – afirma a mãe do menino, que então publicou uma foto a marca no Facebook, perguntando às pessoas o que poderia ser aquilo.
Os pais do menino contam que o símbolo ficou evidente na pele do filho por três semanas, e que eles chegaram a entrar em contato com um site especializado em marcas corporais misteriosas e abduções alienígenas.
- Você vê esse tipo de coisa em filmes de terror e ficção científica. Mas não imagina que irá acontecer a famílias como nós. Agora nós dormimos com a luz acessa e Samuel muitas vezes vem para a cama comigo e Robby – afirma Sharon, que diz também que algumas vezes acorda à noite ouvindo “solavancos”.



 Por Dan Martins em 11 de agosto de 2014

Ebola se alastra - ALERTA





Veja o abaixo-assinado urgente lançado pelo médico Ahmed Tejan-Sie, que vive nos EUA mas cresceu em Serra Leoa. Preocupado com o avanço do vírus Ebola e com casos se espalhando rapidamente pelo mundo, ele pede que os testes de vacinas e remédios contra a doença sejam acelerados.

FDA (agência de remédios e alimentos dos EUA): Adote medidas para acelerar a pesquisa de remédios e vacinas para tratar a febre hemorrágica do Ebola

Ahmed Tejan-Sie MD
Uma epidemia regional de febre hemorrágica causada pelo vírus Ebola está atingindo países como Serra Leoa, Libéria e Guiné, na África. Além do impacto devastador nas pessoas comuns e nos médicos e enfermeiros que enfrentam a doença, os prejuízos econômicos nestes países são estimados em bilhões de dólares. Particularmente em Serra Leoa, a região mais afetada pelo Ebola é a principal área agrícola do país. Famílias não conseguem colher as plantações e vender seus produtos porque muitas vezes os adultos morreram com a doença.
A febre hemorrágica causada pelo Ebola atualmente não tem cura. Mas muitas vacinas e remédios estão em fase de desenvolvimento. Um dos mais promissores é o medicamento TKM-Ebola produzido pela Tekmira Pharmaceuticals. O remédio mostrou-se efetivo para destruir o vírus em primatas, e novos testes clínicos para garantir que ele é seguro para seres humanos estão sendo realizados desde o começo do ano. Em julho, a FDA (agência que regula os setores de remédios e alimentos nos EUA) congelou os testes, apesar de 14 voluntários já terem recebido o remédio e mostrado tolerância a ele.
Levando em conta que pelo menos uma vítima levou a doença da Libéria para a Nigéria em um voo, as chances de uma pandemia global é cada vez mais provável. Tendo isso em vista, é imperativo que o desenvolvimento destes remédios seja acelerado pela FDA e o primeiro passo deve ser liberar os testes da indústria farmacêutica com o TKM-Ebola. Há um precedente para agilizar os testes com remédios para o Ebola em casos de emergência - no ano passado, um pesquisador foi exposto ao vírus e recebeu uma vacina experimental.
Por favor assine esta petição para pedir rapidez na elaboração do remédio TKM-Ebola e outros medicamentos e vacinas anti-Ebola que exijam aprovação da FDA.
Atualização 8/06/2014 - Eu estou pedindo também que a FDA acelere os testes clínicos para o medicamento Zmapp produzida pela Mapp Biopharmaceuticals. Este remédio experimental foi usado em enfermeiros americanos e deveria ser enviado para testes para saber se pode ou não ser usado para beneficiar o resto do mundo.

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.