Adolescente que ficou morto por 20 minutos diz ter visto Jesus antes de voltar à vida: “Milagre”







Um adolescente que sobreviveu a um mal súbito afirmou que viu Jesus Cristo antes que o trabalho de reanimação feito pelos médicos surtisse efeito.
Zack Clements, 17 anos, praticante de esportes na escola de ensino médio que frequenta, desmaiou repentinamente durante um treino de futebol americano, e foi levado às pressas para o hospital, onde foi submetido a técnicas de ressuscitação.
Quando os médicos conseguiram recuperar o pulso, o transferiram para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital especializado em crianças e adolescentes na cidade de Fort Worth, no Texas (EUA).
Os médicos não consigo explicar, mas uma família Texas é certeza que foi a mão de Deus que trouxe seu filho de volta à vida.
O jovem contou à reportagem da rede CBS que os médicos não têm explicação para o seu caso: “Eles disseram que eu estava sem um batimento no coração por 20 minutos”, afirmou Zack.
Sua recuperação tem sido difícil de acreditar, mas é ainda mais surpreendente a história que ele conta do que viu quando seu coração parou de bater: “Quando eu estava inconsciente durante esses 20 minutos, eu vi um homem que tinha o cabelo bagunçado e a barba grossa, e não demorou muito tempo para perceber que era Jesus”, disse ele.
“Eu fui até ele e ele colocou a mão no meu ombro e me disse que tudo ficaria bem e que eu não tinha que me preocupar”, acrescentou, ressaltando que sua família acredita que ele viveu um milagre.
O pai do adolescente, Billy Clements, disse que ele sabe que é uma história difícil para muitas pessoas aceitarem, mas que, para ele e sua família, é a única coisa que faz sentido: “Para ele acordar e dizer-nos algo que ele experimentou como aquilo… É, você não pode explicar. Não é humanamente possível para explicar”.
Teresa Clements, mãe do adolescente, diz que embora possa ser um mistério para a medicina, ela sabe que o fato de seu filho ter sido trazido de volta à vida é o resultado de uma intervenção divina: “Estou feliz que Ele decidiu me deixar ter meu bebê de volta”, afirmou.
A família está pedindo doações para pagar as contas médicas do adolescente. São necessários US$ 20 mil, e até o fechamento desta matéria, já conseguiram US$ 10 mil. Se desejar ajudá-los, clique aqui.


Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.