Escritora compara Igreja a personagens de The Walking Dead: “Sobreviventes”; Entenda Publicado por Tiago Chagas em 1 de outubro de 2015



A série de TV The Walking Dead foi usada como ilustração por uma palestrante e escritora para definir o momento que a Igreja cristã atravessa ao redor do mundo.
Mikaela Kate escreveu um artigo traçando paralelos entre o grupo liderado por Rick Grimes e os seguidores de Jesus, a começar pela luta diária pela sobrevivência em “circunstâncias inimagináveis”.
“A cada dia uma escolha se coloca diante deles. Será que eles vão optar por lutar pelo bem do grupo, ou eles vão lutar entre si, pensando apenas em si mesmos?”, questionou Kate em seu texto, publicado no site Charisma News. “A sobrevivência parece trazer à tona o melhor e o pior das pessoas, embora os zumbis são claramente os ‘caras maus’, os seres humanos ainda acabam entrando em combate um contra o outro”, escreveu, resumindo a série.
Segundo ela, o mesmo acontece com a Igreja: “O ciúme, egoísmo e o desejo pelo controle muitas vezes impede seus membros de realizarem qualquer meta que foi fixada”.
A escritora destaca que “muitas vezes estamos ocupados em debater teologia, política e nossa posição sobre essas questões”, e que isso tira o foco do objetivo principal: “Encontramo-nos sacrificando relacionamentos pela a questão de ser ‘direito’ e que por isso não vamos ceder. Às vezes nem sequer realmente ouvimos um ao outro”, lamento.
Parafraseando o apóstolo Paulo em Efésios, Kate disse que os seguidores de Cristo enfrentam uma guerra contra o mal e esse é um inimigo real e perigoso, e que portanto, o foco deve ser esse, e não as disputas mesquinhas e políticas: “Buscamos ser a melhor igreja no bloco, em vez de nos unirmos pelo bem da nossa comunidade, cidade e nação”.
“Eu não estou dizendo que eu sou perfeita ou que minha igreja tem tudo planejado. Eu estou dizendo que meu coração tem sido desafiado a procurar a unidade pela batalha maior que está diante de nós”, concluiu.

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.