Deputada evangélica critica insistência do governo em impor ideologia de gênero “goela abaixo” Publicado por Tiago Chagas em 29 de outubro de 2015




A deputada federal Geovânia de Sá (PSDB-SC) fez um discurso em tom de crítica à estratégia do governo com relação à educação, sempre tentando burlar a decisão do Congresso Nacional quanto à ideologia de gênero.
Geovânia é vice-presidente da bancada evangélica e representa a região sul na diretoria do grupo de parlamentares evangélicos.
Dizendo-se “preocupada” com a citação de um trecho do livro “O Segundo Sexo”, da feminista Simone de Beauvoir, na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), em que a autora diz que “ninguém nasce mulher”, a deputada sugeriu contradição ao constatar que o tema da redação era justamente “a violência contra a mulher”.
“Todos sabem o quanto esse Parlamento trabalhou para não passar o Plano Nacional de Educação (que previa a implantação da ideologia de gênero no currículo escolar). Após [isso], os governos estaduais também trabalharam para não passar. Não passou nas Câmaras Municipais […] Mesmo assim, o governo colocou de goela abaixo no ENEM, para que as escolas do nosso país viessem a tratar essa questão nos seus currículos”, protestou Geovânia de Sá.
“Fiquei muito preocupada. Em que país nós estamos? O que é que nós queremos para as próximas gerações, para os nossos filhos, netos? Os valores estão invertidos. O que era certo passou a ser errado. O que era errado passou a ser certo. O STF discutindo agora a liberação das drogas… Enquanto mães, pais, estão desesperados em busca de uma saída para seus filhos [do vício], porque não têm onde recuperá-los, não existe recursos do governo federal”, lamentou a deputada.
Ao longo do discurso, ela lamentou que o país viva uma crise de proporções gigantescas, que tem implicado na redução de recursos destinados à educação, e que o governo e setores da sociedade ainda se dediquem a discutir a liberação das drogas.

Líderes evangélicos publicam manifesto pedindo a renúncia do deputado Eduardo Cunha Publicado por Tiago Chagas em 29 de outubro de 2015




Um grupo de lideranças evangélicas publicou um manifesto de repúdio à postura adotada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de se recusar a renunciar à função mesmo com as acusações de corrupção que enfrenta.
Para os autores do manifesto – que será protocolado na Câmara dos Deputados nesta quinta-feira, 29 de outubro, às 16h00 – Cunha precisa renunciar à presidência da Casa para abrir espaço para apuração das acusações.
“A corrupção corrói a confiança na democracia brasileira, deixando a população perplexa com as práticas ilícitas de gestores e de representantes, em diferentes instâncias, de todos os Três Poderes”, diz trecho do manifesto.
O documento, assinado por lideranças das mais diversas denominações protestantes, frisa que a necessidade de retidão no exercício da função pública é imperativa: “As ações do deputado Eduardo Cunha, atual presidente da Câmara dos Deputados e que se identifica como evangélico, merecem repúdio. As denúncias de corrupção e o envio de recursos públicos para contas no exterior inviabilizam a permanência do deputado Eduardo Cunha no cargo que ocupa, uma vez que não há coerência e base ética necessária a uma pessoa com responsabilidade pública”, aponta o manifesto.
Os líderes protestantes reconhecem que há diversidade doutrinária, política e cultural entre os evangélicos, mas recusa o rótulo que a sociedade começa a impor a esse grupo religioso, alegando que o histórico mostra que os atuais representantes evangélicos na política pertencem a uma “safra” equivocada.
“A comunidade evangélica brasileira é diversa tanto em suas tradições e práticas religiosas quanto ideológica e politicamente. Há, nos últimos anos, uma forte tendência, a partir da crescente visibilidade política de lideranças eleitas em diferentes níveis, de homogeneizar essa pluralidade e apresentá-la como se tais representantes fossem a voz dos evangélicos. Nós nos opomos enfaticamente a isto. E afirmamos que, frente a casos como o que protagoniza o atual presidente da Câmara dos Deputados, a corrupção não é a marca distintiva da política para os evangélicos. Ela é a marca de certa ‘safra’ de representantes”.
Ao final, o documento resume seu propósito, pedindo a renúncia de Cunha: “Como evangélicos que prezam a ética, a verdade e a justiça, concordamos quanto à insustentabilidade da permanência do deputado Eduardo Cunha na presidência da Câmara dos Deputados e posicionamo-nos a favor de sua imediata SAÍDA”.

Protesto


Em outra manifestação contrária a Cunha, a também evangélica deputada Clarissa Garotinho (PR-RJ), exibiu um cartaz (foto) na Mesa Diretora, com mensagem alusiva às acusações que pesam contra o presidente da Câmara.
Clarissa é filha de Anthony Garotinho, desafeto de Cunha, e tem se queixado que o presidente da Câmara não dá espaço para seus discursos. “Ele não permitiu o tempo de caminhar. Estou há mais de três meses inscrita para falar. Ele sabe que não vou poupá-lo no meu discurso. Ele marcou [sessões] extraordinárias todas as vezes que fui sorteada”, queixou-se.

Versículos do Poder de Deus



http://www.bibliaon.com/

O poder de Deus não tem comparação: ele muda em um momento aquilo que eu e você não podemos mudar a vida inteira.
Quando experimentamos o poder de Deus nas nossas vidas, tudo é transformado. A maior demonstração do poder do Senhor foi a vitória de Jesus sobre a morte, que garante uma vida eterna em comunhão com Deus para todo aquele que acredita.
Se você clamar, poderá ver o poder de Deus atuando na sua vida, seja qual for a sua situação!

Pastor de igreja que sofreu atentado perdoa criminoso: “Estou orando por quem fez isto”

Publicado por Tiago Chagas em 28 de outubro de 2015 


O pastor que lidera a Igreja Batista Missionária New Life, que na última semana entrou para a lista de denominações evangélicas que têm sido alvo de ataques criminosos, disse que perdoa o incendiário que destruiu o templo onde ele e os fiéis se reuniam para celebrar.
David Triggs, 43 anos, disse que “perdoou e está orando por quem fez isto”, pois esse é o centro da mensagem do Evangelho: “Antes que eu pudesse dizer uma só palavra para qualquer um, já havia decidido perdoar a pessoa que fez isso. Nós pregamos que a base do ministério de Jesus é o perdão… Não podemos ensinar algo aos domingos e não viver isso”, afirmou.
A onda de ataques às igrejas evangélicas de comunidades negras dos Estados Unidos começou logo após o massacre perpetrado pelo racista Dylann Roof em na Igreja Metodista Episcopal Emanuel, de Charleston, Carolina do Sul.
Desde esse episódio, uma onda de atentados atingiu pelo menos seis igrejas em diferentes regiões dos Estados Unidos. O site liberal Huffington Post destacou que a postura de perdão adotada pelo pastor Burton tem sido uma situação corriqueira entre os fiéis que são atacados: “O perdão também foi a resposta de muitos membros das famílias e amigos dos nove adoradores mortos durante aquele estudo bíblico em Charleston”, informou o portal.
A restauração do templo nesse caso vai custar mais de US$ 20 mil, mas a congregação, de pequeno porte, não possui esse valor em caixa: “A justiça e o perdão estão intrinsecamente ligados […] A vida é curta demais para guardar sentimentos ruins em relação aos outros”, afirmou o pastor, ressaltando que o tempo para o perdão é sempre o “agora”, embora espere que o autor do atentado seja levado à Justiça para pagar sua dívida com a sociedade.

Comissão da Câmara aprova projeto sobre armas criticado pelo pastor Silas Malafaia


Publicado por Tiago Chagas em 28 de outubro de 2015 

A Comissão Especial da Câmara dos Deputados aprovou o relatório do Projeto de Lei 3722/2012, que revisa o Estatuto do Desarmamento e prevê a redução da idade mínima para o porte de armas.
O projeto, apoiado por especialistas no assunto, foi duramente criticado pelo pastor Silas Malafaia, que gravou umvídeo contra a flexibilização das regras para a aquisição de armas e disse que cobraria os parlamentares da bancada evangélica para votarem contra.
Segundo especialistas, nos países em que o porte de armas foi mantido para a população, os índices de criminalidade diminuíram, pois acredita-se que os assaltantes evitam abordar alguém que eles não sabem se poderá estar armado e reagir.
O projeto, apresentado em 2012, é de autoria do deputado Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC), e só voltou a tramitar na Câmara em 2014. O relator do projeto, deputado Laudívio Carvalho (PMDB-MG), fez alterações no texto, reduzindo a quantidade de munições permitida para cada cidadão que portar arma, de 50 por mês para 50 por ano, segundo informações do iG.
Dentre os favoráveis, há o discurso de que é importante para os cidadãos que o direito de se defender seja restaurado. O deputado João Rodrigues (PSD-SC) adotou tom mais radical: “Sabendo que se alguns cidadãos de bem estão armados, alguns bandidos serão eliminados, e é bom que se faça uma limpeza, porque chega da população não poder se defender”, disse.
Alessandro Molon (Rede-RJ) criticou a redução da idade mínima para o porte de armas: “Todos aqui já tiveram 21 anos e sabem que, nesta idade, os hormônios promovem mudanças no nosso organismo e nos faz ter reações mais impulsivas. Ampliar o acesso às armas vai trazer mais assassinatos e não reduzir o número de homicídios no País”.

Pesquisa mostra Igreja e Forças Armadas como instituições mais confiáveis para brasileiros




Imagen  ilustrativa

Uma nova pesquisa sobre a confiança dos brasileiros nas instituições apontou que as igrejas gozam de prestígio junto à população, até mais do que a própria Justiça. Os dados foram obtidos pela Confederação Nacional de Transporte (CNT), através da 129ª edição da pesquisa, realizada pelo instituto MDA.
Dentre os 2.002 entrevistados, 54,7% disseram confiar nas igrejas, colocando as denominações religiosas cristãs no topo da lista; enquanto 17% colocaram sua confiança nas Forças Armadas, o que dá aos militares o segundo lugar; e 7,6% na Justiça, em terceiro.
De acordo com informações do Jornal Opção, todas as cinco regiões do país foram pesquisadas, com levantamentos realizados em 24 estados e 136 municípios. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, o que elimina a possibilidade de empate nas primeiras colocações. A confiabilidade das respostas é de 95%, e o MDA fez auditoria em 20% da amostra.
A instituição que aparece em quarto lugar foi a Polícia, apontada por 5,9% dos entrevistados, e seguida da imprensa, em quinto lugar, que recebe a confiança de 4,5%.
Confira a avaliação de confiança de cada instituição, de acordo com o relatório da pesquisa:
Igreja
50,8% confiam sempre; 19,4% confia na maioria das vezes; 13,8% confia poucas vezes; 14,6% não confiam nunca e 1,4% não sabe ou não respondeu.
Forças Armadas26,1% confiam sempre; 24,2% confiam na maioria das vezes; 26,6% não confiam nunca; 20,3% não confiam nunca; 2,8% não sabe ou não respondeu.
Justiça37% confiam poucas vezes; 27,5% não confiam nunca; 20,1% confiam na maioria das vezes; 14,2% confiam sempre; e 1,2% não sabe ou não respondeu.
Polícia38,7% confiam poucas vezes; 28,6% não confiam nunca; 21% confiam na maioria das vezes; 10,7% confiam sempre; e 1% não sabe ou não respondeu.
Imprensa32% confiam poucas vezes; 26,1% não confiam nunca; 24,3% confiam na maioria das vezes; 16,1% confiam sempre e 1,5% não sabe ou não respondeu.
Congresso Nacional55% não confiam nunca; 31,2% confiam poucas vezes; 6,9% confiam na maioria das vezes; 3,2% confiam sempre; e 3,7 não sabe ou não respondeu.
Governo61,1% não confia nunca; 27% confia poucas vezes; 6,2% confia na maioria das vezes; 4,1% confiam sempre; e 1,6 não sabe ou não respondeu.

Autoridades admitem que Estado Islâmico tem infiltrado terroristas entre refugiados para matar cristãos


Publicado por Tiago Chagas em 27 de outubro de 2015 

Voluntários de acampamentos de refugiados na Jordânia descobriram um plano do Estado Islâmico para sequestrar e/ou matar cristãos nesses locais. Os jihadistas oriundos do Iraque e da Síria estariam conspirando para se infiltrar em campos de refugiados sob o disfarce de imigrantes em fuga da perseguição nesses países, com o propósito de causar mal aos cristãos.
Recentemente um ex-jihadista se converteu ao Evangelho num campo de refugiados e revelou o plano do Estado Islâmico para matar cristãos. Ele testemunhou a forma como os trabalhadores cristãos no campo de refugiados tratam seus compatriotas, independentemente de sua religião, o que o levou a deixar de lado sua “missão” terrorista.
Agora, os funcionários da Organização das Nações Unidas (ONU), que gerenciam os acampamentos, já admitem que o plano vem sendo posto em prática, segundo informações do Christian Today.
Em depoimento às autoridades, o novo convertido ao Evangelho disse que o grupo extremista também enviou soldados aos campos para sequestrar mulheres refugiadas e vendê-las como escravas sexuais. A ideia do Estado Islâmico seria varrer o cristianismo do mapa.
“As gangues muçulmanas vêm como refugiados, mas eles têm suas agendas. Eles são como uma máfia”, afirmou um funcionário da ONU. “As pessoas estão mesmo sendo mortas dentro dos campos, e os refugiados têm medo de dizer se viram alguém ser morto. Se você questioná-los, eles vão dizer, ‘não sei, eu estava dormindo'”
Refugiados que testemunharam alguns dos assassinatos resolver para ficar em silêncio por temer serem escolhidos como a próxima vítima.
A descoberta do plano do Estado Islâmico para matar cristãos em campos de refugiados deu origem a preocupações de que assassinos disfarçados possam ganhar visto de entrada para o Reino Unido, que prometeu acolher 20 mil refugiados cristãos do Oriente Médio. Agora, as autoridades britânicas temem que os jihadistas poderiam entrar em seu território e infligir terror.

UFC: antes de nova luta, evangélico Vitor Belfort diz que “casamento é entre homem e mulher”

Publicado por Tiago Chagas em 26 de outubro de 2015 

O lutador de MMA Vitor Belfort, evangélico, opinou sobre a união civil de pessoas do mesmo sexo e disse que a seu ver, o casamento é algo que representa o amor entre um homem e uma mulher, e as possibilidades de reprodução que isso abre.
A afirmação, contundente, foi dada em entrevista recente para a coluna Gente Boa, escrita pela jornalista Cleo Guimarães, para o jornal O Globo.
O atleta foi questionado sobre o que pensa sobre o casamento gay, numa entrevista que nada tinha a ver com o assunto, já que atualmente Belfort promove sua próxima luta pelo UFC, contra o norte-americano Dan Henderson, em São Paulo, no dia 07 de novembro.
“Qual a sua posição sobre o casamento gay?”, questionou a jornalista. Belfort foi claro e objetivo: “Eu tenho o direito de achar que o matrimônio é feito entre o homem e a mulher, mas respeito o direito de quem pensa diferente. Não aguento mais ver líderes evangélicos falando de forma agressiva sobre isso. Eu amo o ser humano, gente! Amo! Respeito todos eles e também quero ser respeitado”, afirmou, colocando ponto final no tema.
Sobre sua carreira no esporte, que meses atrás enfrentou grande polêmica por causa da reposição hormonal de testosterona, posteriormente proibida pela direção do UFC, Belfort disse que não se arrepende: “Nem todo corpo responde da mesma forma. O segredo é entender que nem sempre muito é melhor. Exagerei no meu corpo e ele não aturou”, resumiu.
A respeito da preparação para a luta desempate contra Henderson, Belfort revelou que não faz abstinência sexual: “Eu não faço sexo, faço amor em casa, com a minha esposa maravilhosa (Belfort é casado com Joana Prado, a ex-dançarina ‘Feiticeira’, mãe de seus três filhos). Quando você tem uma vida matrimonial, tudo te dá energia. Eu amo minha mulher e vivo para ela”, concluiu.

Ação militar na Nigéria mata 150 terroristas do Boko Haram e resgata 36 mulheres e crianças

Publicado por Tiago Chagas em 26 de outubro de 2015

Uma ação militar conjunta resultou na morte de 150 jihadistas do grupo terrorista Boko Haram, informou o governo da Nigéria.
A ação contou com contingente do Exército nigeriano, patrulheiros e caçadores do estado de Adamawa, no nordeste do país.
O confronto aconteceu na última semana, e além da apreensão de armas e outros equipamentos, foram resgatadas 36 mulheres e crianças que eram mantidas em cativeiro, segundo informações do jornal The Punch.
“Recuperamos quatro fuzis AK-47, sete granadas, seis artefatos explosivos caseiros e 15 revólveres”, revelou o porta-voz do grupo de combatentes civis, Bukar Jimeta.
A mobilização foi organizada e executada após o governo reunir informações de inteligência que apontavam para mais um ataque terrorista na região. Dessa forma, os militares e os voluntários agiram preventivamente.
Young Morris, chefe do grupo de caçadores, também comemorou o sucesso da operação, que permitiu a recuperação de 155 cabeças de gado que haviam sido roubadas pelos terroristas. Os animais foram levados à base do Exército em Magadali, de acordo com informações do site da revista Veja.
As ações contra o Boko Haram foram intensificadas pelo novo presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, um muçulmano, eleito para o cargo no primeiro semestre de 2015. Ele estabeleceu o mês de dezembro desse ano para que o grupo extremista seja desmantelado, e vem contando com apoio militar e de inteligência dos Estados Unidos.
Estimativas das autoridades nigerianas apontam para mais de 17 mil mortes pelas mãos do Boko Haram, desde sua ascensão, em 2009, com a proposta de formar um califado no país e exterminar os cristãos, que são maioria da população.

Estados Unidos anuncia resgate de 70 reféns do Estado Islâmico e morte de terroristas no Iraque


Publicado por Tiago Chagas em 26 de outubro de 2015 

O comando militar dos Estados Unidos anunciou que 70 reféns do Estado Islâmico foram resgatados em uma operação realizada na última semana no Iraque. A ação também resultou na morte do primeiro soldado norte-americano em combate com os terroristas.
Parte dos reféns libertados pelos Estados Unidos fazem parte de uma força paramilitar curda, chamada depeshmergas, que combate o Estado Islâmico, de acordo com informações da agência EFE.
Peter Cook, porta-voz do Pentágono, disse que a ação militar foi realizada por solicitação do governo regional do Curdistão Iraquiano. O embate com os terroristas aconteceu próximo à cidade de Hawija, no norte do país.
“[A operação foi] deliberadamente planejada e lançada após se conhecer que os sequestrados tinham pela frente uma iminente execução em massa”, explicou Cook, revelando que as tropas norte-americanas usaram helicópteros no apoio aos soldados curdos, que foram ao cativeiro por terra.
Na troca de tiros, um soldado norte-americano morreu. O porta-voz destacou, no entanto, que um “número significativo” de jihadistas foram mortos no confronto, e aproximadamente cinco deles foram presos. “Os ‘peshmergas‘ tomaram a liderança e os americanos tiveram um papel de apoio”, explicou Cook.
Essa ação segue um padrão determinado pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que não quer que os soldados do país combatam os terroristas do Estado Islâmico pelo solo, agindo apenas através de bombardeios aéreos, ou no apoio a ações militares de forças opositoras aos extremistas muçulmanos.

REFLEXÃO PROVÉRBIOS 17




É melhor um bocado seco, e com ele a tranqüilidade, do que a casa cheia de iguarias e com desavença.

O servo prudente dominará sobre o filho que faz envergonhar; e repartirá a herança entre os irmãos.


O crisol é para a prata, e o forno para o ouro; mas o Senhor é quem prova os corações.


O ímpio atenta para o lábio iníquo, o mentiroso inclina os ouvidos à língua maligna.


O que escarnece do pobre insulta ao seu Criador, o que se alegra da calamidade não ficará impune.


A coroa dos velhos são os filhos dos filhos; e a glória dos filhos são seus pais.


Não convém ao tolo a fala excelente; quanto menos ao príncipe, o lábio mentiroso.


O presente é, aos olhos dos que o recebem, como pedra preciosa; para onde quer que se volte servirá de proveito.


Aquele que encobre a transgressão busca a amizade, mas o que revolve o assunto separa os maiores amigos.


A repreensão penetra mais profundamente no prudente do que cem açoites no tolo.


Na verdade o rebelde não busca senão o mal; afinal, um mensageiro cruel será enviado contra ele.


Encontre-se o homem com a ursa roubada dos filhos, mas não com o louco na sua estultícia.


Quanto àquele que paga o bem com o mal, não se apartará o mal da sua casa.


Como o soltar das águas é o início da contenda, assim, antes que sejas envolvido afasta-te da questão.


O que justifica o ímpio, e o que condena o justo, tanto um como o outro são abomináveis ao Senhor.


De que serviria o preço na mão do tolo para comprar sabedoria, visto que não tem entendimento?


Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão.
O homem falto de entendimento compromete-se, ficando por fiador na presença do seu amigo.


O que ama a transgressão ama a contenda; o que exalta a sua porta busca a ruína.


O perverso de coração jamais achará o bem; e o que tem a língua dobre vem a cair no mal.


O que gera um tolo para a sua tristeza o faz; e o pai do insensato não tem alegria.


O coração alegre é como o bom remédio, mas o espírito abatido seca até os ossos.


O ímpio toma presentes em secreto para perverter as veredas da justiça.


No rosto do entendido se vê a sabedoria, mas os olhos do tolo vagam pelas extremidades da terra.


O filho insensato é tristeza para seu pai, e amargura para aquela que o deu à luz.


Também não é bom punir o justo, nem tampouco ferir aos príncipes por eqüidade.


O que possui o conhecimento guarda as suas palavras, e o homem de entendimento é de precioso espírito.


Até o tolo, quando se cala, é reputado por sábio; e o que cerra os seus lábios é tido por entendido.


Provérbios 17:1-28





Reflita a cada dia um versículo de proverbios e coloque em pratica, você vai se sentir melhor.
Deus é amor e o amor ameniza todos os males, pois perdoar é Divino permanecer no ódio é diabolico.
Quando você odeia seu irmão você o prende em um cárcere escuro; mas você também estará preso; pois você é o carcereiro.
Liberte-se perdoando. Dê o seu perdão a quem te magoou e serás liberto.
Deus te ama e quer o seu melhor.
A bondade transforma o mundo.
Este é o maior mandamento de todos :
 O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. João 15:12

Deus abençoe a todos os leitores do blog e obrigada por estarem aqui.


Por Célia A. Goulart




Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.