Ação humanitária de missionários resultou em mais de 200 mil conversões a Cristo no Tibete Por Tiago Chagas - 28 de junho de 2016




Um verdadeiro avivamento vem acontecendo silenciosamente no Tibete, região chinesa de predominância do budismo, mas com comunidades muçulmanas e cristãs. Apenas em 2015, 200 mil pessoas se converteram ao Evangelho.
A Missão Asian Access, que mantém evangelistas na região e um projeto humanitário, divulgou um relatório que traz uma estimativa de líderes cristãos locais de que aproximadamente 200 mil pessoas entregaram suas vidas a Jesus.
O presidente da Asian Access, Joe Handley, afirmou que a janela de oportunidade para ação surgiu quando um grande terremoto atingiu a região. Dessa forma, os missionários foram ao local e através da oferta de ajuda humanitária, tiveram chance de apresentar o Evangelho.
“Só no ano passado, [os líderes cristãos locais] estão estimando-se que mais de 200 mil pessoas entregaram suas vidas a Cristo, como resultado dos trabalhos da comunidade cristã na região”, afirmou Handley, de acordo com informações do Christian Today.
Em 2015, um sacerdote budista tibetano entregou sua vida a Jesus e tornou-se um líder cristão em sua comunidade. Sua decisão pelo Evangelho foi motivada pelo exemplo dos missionários, e poucos meses depois, o número de monges budistas que se converteram chegou a 62.
Para o líder da Asian Access, a mensagem de esperança e fé aliada à ajuda na prática mostrou aos tibetanos uma nova perspectiva de vida: “Eles não viram budistas, hindus ou outros grupos religiosos ajudando no meio dos escombros. Em vez disso, semana após semana, [foram] os seguidores de Jesus que sacrificaram o seu tempo e arriscaram suas próprias vidas para servir, se dispondo a ser as mãos e os pés de Jesus”.
Agora, de acordo com Handley, a missão é formar líderes cristãos locais para que a Igreja siga em frente na região: “A Asian Access só tem o privilégio de se colocar ao lado de pastores-chave como os que investiram na vida deste sacerdote tibetano. Investimos profundamente, construindo a sua capacidade para que eles possam alcançar suas comunidades”.
A entidade espera que a divulgação deste movimento de avivamento no Tibete estimule os cristãos ocidentais a doarem e investirem em missões: “Deus faz coisas incríveis quando você investe nas pessoas. É possível vê-las crescendo mais profundamente n’Ele, crescendo mais forte como líderes, aprendendo a reproduzir outros líderes e depois se espalhando pela região com os esforços de plantação de igrejas, de maneiras notáveis”, concluiu.

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.