A vaidade da Sabedoria.- Palavra dada no dia 27/07/2016





12 Virei-me para contemplar a sabedoria, e a loucura, e a estultícia (Estultícia é a qualidade ou particularidade de quem se comporta com estupidez, de maneira tola ou imbecil.)
; pois que fará o homem que seguir ao rei? O mesmo que já se fez! 
  
13 Então vi eu que a sabedoria (qualidade, caráter de quem ou do que é sábio. )
 é mais excelente do que a estultícia, quanto a luz é mais excelente do que as trevas.
   
14 Os olhos do sábio estão na sua cabeça, mas o louco anda em trevas; contudo percebi que a mesma coisa lhes sucede a ambos.
   
15 Pelo que eu disse no meu coração: Como acontece ao estulto, assim me sucederá a mim; por que então busquei eu mais a sabedoria; Então respondi a mim mesmo que também isso era vaidade.
   
16 Pois do sábio 
, bem como do estulto, a memória não durará para sempre; porquanto de tudo, nos dias futuros, total esquecimento haverá. E como morre o sábio, assim morre o estulto! 
  
17 Pelo que aborreci a vida, porque a obra que se faz debaixo do sol me era penosa; sim, tudo é vaidade e desejo vão. 



(sábio
adjetivo substantivo masculino
  1. 1.
    que ou aquele que sabe muito, que tem extensos e profundos conhecimentos; erudito.)






 ( Ao homem que o agrada, Deus dá sabedoria, conhe­cimento e felicidade. Quanto ao pecador, Deus o encarrega de ajuntar e armazenar riquezas para entregá-las a quem o agrada. Isso também é inútil, é correr atrás do vento.)
Eclesiastes 2:26  

Versículos do Dia - 27/07/2016







Com o silêncio fiquei mudo; calava-me mesmo acerca do bem, e a minha dor se agravou. Salmos 39:2-2

De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim. Tiago 3:10-10

Mara Maravilha volta a criticar Daniela Mercury: “Ingrata, soberba, sem noção” Por Tiago Chagas - 24 de julho de 2016 6 Compartilhar no Facebook Tweet no Twitter






noticias.gospelmais.com.br/

A cantora Mara Maravilha voltou a criticar Daniela Mercury por causa de sua postura, classificando-a como soberba.
Daniela Mercury, ao longo dos últimos anos, vem se tornando uma das personas menos quistas no meio evangélico, por conta de suas declarações agressivas contra as igrejas e lideranças evangélicas, desde que assumiu um relacionamento homossexual.
A entrevista em que Mara reiterou suas críticas a Daniela Mercury foi concedida ao programa Superpop, da RedeTV!, na última semana.
A evangélica afirmou que considera Mercury uma pessoa “sem noção”: “Não é porque ela tem uma opção ‘a’ ou ‘b’ sexual, não influencia em nada. Não só acho ela ingrata como soberba, sem noção. Pode estar na Globo, em capa de revista. Ela está na minha média abaixo de cinco. Prefiro a Ivete [Sangalo]. Que ela vá à Mercury”, ironizou Mara Maravilha.
ingratidão de Daniela Mercury a que se refere Mara Maravilha estaria ligada a troca de favores profissionais na época que a cantora era apresentadora de TV em programas infantis.
No mesmo programa, a cantora evangélica aproveitou para reformular uma declaração feita anos atrás sobre a homossexualidade, quando usou o termo “aberração” para se referir a gays e lésbicas: “Eu não considero a homossexualidade uma aberração, considero atitudes sensuais em público, seja de homo, hetero ou casais: homem e mulher, mulher e mulher, homem e homem [como aberrações]… Essa intimidade sendo exposta em público. Tenho homossexuais que frequentam minha casa, são meus amigos. A homofobia vem com a agressão no falar, no olhar, e na parte física também. Sou contra qualquer tipo de agressão”, esclareceu.

Inimizades

Daniela Mercury vem semeando inimizades nos últimos anos, a título de promover a agenda LGBT, como a defesa do aborto e da legalização de privilégios pretendidos pela comunidade gay.
Um de seus alvos principais é o pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), mas suas acusações não se restringem aos líderes. Em agosto de 2013, afirmou que os cristãos em geral são “machistas que usam a Bíblia desvalorizar as mulheres”.

Terrorista que matou 84 pessoas na França era gay; Malafaia questiona: “Porque a imprensa esconde?”



noticias.gospelmais.com.br


O terrorista que protagonizou o atentado na cidade francesa de Nice, Mohamed Lahouaiej Bouhlel, era um muçulmano homossexual e mantinha um relacionamento com um homem de 73 anos de idade.
Mohamed atropelou e matou 84 pessoas, além de ferir outras 200, no dia 14 de julho, feriado nacional do Dia da Bastilha. O Estado Islâmico assumiu a autoria do atentado no da seguinte.
As investigações sobre a vida de Mohamed – que foi morto a tiros pela polícia – descobriram que ele era viciado em sexo e mantinha perfis em sites de namoro com interesse em pessoas de ambos os sexos.
De acordo com informações do portal Daily Mail, em uma minuciosa varredura feita nos objetos encontrados no caminhão, a polícia descobriu detalhes da vida sexual do terrorista, e no celular de Mohamed havia provas de seu envolvimento com o idoso.
O homem de 73 anos foi identificado e interrogado pelos policiais, que tentavam desvendar segredos da vida pessoal do terrorista, que no dia do atentado, havia usado drogas e ingerido bebida alcoólica, o que é proibido pelo islamismo.
Duzentos policiais estão agora trabalhando exclusivamente em inquéritos relacionados a dados em seu telefone, que estava cheio de mensagens, vídeos e fotos, incluindo imagens de homens e mulheres com quem ele recentemente tinha dormido.

Omissão

O fato de Mohamed ser homossexual vem sendo omitido pela grande parte da imprensa internacional, que assim como no caso do terrorista de Orlando, pouco destaque deu às descobertas feitas pelas investigações.
O pastor Silas Malafaia usou seu perfil no Twitter para comentar as descobertas e criticar a parcialidade da imprensa quando o assunto se refere a crimes cometidos por homossexuais.
“Porque a imprensa esconde? Os assassinos das barbáries de Orlando e Nice, eram gays. Imaginem se fossem evangélicos? 1ª página muitos dias. Uma garota do candomblé, tomou uma pedrada, nunca ninguém provou que [o intolerante] era evangélico, 10 dias nas primeiras páginas dos principais jornais. Essa é imprensa, na maioria, parcial. Um pastor faz uma bobagem, vários dias na 1ª página. Se for um gay, absurdamente a notícia é escondida”, criticou.

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.